Banner Portal
Balanço da produção do conhecimento em Educação Física no Maranhão: exemplo de uma pesquisa em rede
PDF

Palavras-chave

Produção do conhecimento. Educação Física. Maranhão

Como Citar

ARAUJO, Silvana Martins de; VIEIRA, Ana Paula; NUNES, Aline Silva Andrade. Balanço da produção do conhecimento em Educação Física no Maranhão: exemplo de uma pesquisa em rede. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 8, n. 3, p. 231–261, 2016. DOI: 10.20396/rfe.v8i3.8647199. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8647199. Acesso em: 19 abr. 2024.

Resumo

Nossa pesquisa procurou mapear a produção científica de mestres e doutores que atuam nos cursos de Educação Física do Maranhão, coletando e analisando informações sobre suas características epistemológicas, segundo as referências utilizadas na produção das teses e dissertações encontradas. Constatou-se que essa produção aborda temáticas distintas, incorrendo num ecletismo teórico ou numa indefinição epistemológica.
https://doi.org/10.20396/rfe.v8i3.8647199
PDF

Referências

BALANCIERI, R et al. Ciência da Informação. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-19652005000100008. Acesso em: 10 out. 2015.

BORBINHA, J. Redes de colaboração: alguns elementos para análise e reflexão. 2004. Disponível em <http://eprints.rclis.org/10979/1/Borbinha.pdf>. Acesso em: 10 out. 2015.

BRACHT, V. Educação Física & ciência: cenas de um casamento (in)feliz. 2ª Ed. Ijuí: Unijuí, 2003.

BRACHT, V. Educação física/ciências do esporte: que ciência é essa?”. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Maringá, v.14, n.3, p. 111-1118, mai, 1993.

CYRINO, E, S; NARDO J. N. Educação física ou cinesiologia, ou cineantropologia, ou ciência da motricidade humana? Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v.18, n.3, p. 207-211, mai, 1997.

E-MEC. Instituições de Educação Superior e Cursos Cadastrados. Disponível em: http://emec.mec.gov.br. Acesso em: 23 abr. 2015.

GAMBOA, S. S. As condições da produção científica em educação: do modelo de áreas de concentração aos desafios das linhas de pesquisa. ETD - Educação Temática Digital. Campinas, v.4, n.2, p.78-93 , jun. 2003.

LIMA, H, L A. Pensamento epistemológico da educação física brasileira: das controvérsias acerca do estatuto científico. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v.21, n.2/3, p. 95-102, jan/mai. 2000.

NASCIMENTO, A. C. S. Editoração de periódicos científicos no campo da Educação Física. Proteoria. 2004. Disponível em: http:// www.proteoria.org. Acesso em: 20 maio 2015.

PAIVA, F, S, L de. Campo da educação física. In.: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, P, E. Dicionário crítico da educação física. Ijuí: Unijuí, 2ª ed. p. 54-56, 2008.

ROCHA JÚNIOR, C. P. A construção do campo da educação física e seus obstáculos. In: Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 13., 2003, Caxambú. Anais... Campinas: CBCE, 2003. CD-ROM.

SOUZA, J. P. M; GAMBOA, S. S. Educação Física como ciência da prática. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 16., 2009,

Salvador. Anais do XVI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e III Congresso Internacional de Ciências do Esporte. Salvador: CBCE, 2009. p. 1 - 10.

UNDB. Educação Física – Licenciatura. Corpo Docente. Disponível em: http://www.undb.edu.br/cursos/corpodocente.php?area=5 Acesso em: 09 maio 2015.

VIEIRA, A. P; ZIMBRES, S. F; ARAUJO, S. M. Formação profissional em Educação Física: apresentando o novo projeto pedagógico da UFMA. EFDeportes-Revista Digital, Buenos Aires, fev. de 2009. Año 13, Nº 129. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd129/formacao-profissional-em-educacao-fisica-o-novoprojeto-pedagogico-da-ufma.htm. Acesso em 16 de jun. de 2015.

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.