Banner Portal
A Paideia grega: aproximações teóricas sobre o ideal de formação do homem grego.
PDF

Palavras-chave

Educação. Ética. Política. Sociedade.

Como Citar

BORTOLINI, Rosane Wandscheer; NUNES, César. A Paideia grega: aproximações teóricas sobre o ideal de formação do homem grego. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 10, n. 1, p. 21–36, 2018. DOI: 10.20396/rfe.v10i1.8651997. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8651997. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

A compreensão originária da paidéia grega sempre acompanha a formação de educadores e de pesquisadores em Educação. Trata-se de um tema que nos remete às origens da Educação e da compreensão do discurso filosófico e político sobre a Educação e suas dimensões. Apresenta-se a paidéia como princípio fundante voltado para o entendimento da formação social, política e cultural do povo grego a partir da problemática em torno da constituição histórica e filosófica dessa matriz Educacional. O objetivo foi abordar sobre os ideais de alguns filósofos e educadores que contribuíram para o pensamento do modelo grego de educação, entre outros aspectos, para a elaboração conceitual caracterizando e contextualizando-os em seu tempo e espaço histórico. Este artigo foi desenvolvido por pesquisa de caráter bibliográfico. Entre as contribuições desse estudo, estão os conceitos e fundamentos da arete e da paidéia, que direcionaram ou foram direcionados a pensar uma educação para a vida na pólis, portanto, para a vida em sociedade de maneira universalizada, por meio de uma educação com base na cientificidade, na virtude, na política. A essência da educação grega está na sua própria cultura e organização política que vai sendo evidenciada pela sociedade em praticamente três milênios.

https://doi.org/10.20396/rfe.v10i1.8651997
PDF

Referências

CAMBI, Franco. História da pedagogia. Trad. Álvaro Lorencini. São Paulo: Ed. UNESP, 1999.

FONSECA, Maria de Jesus. A Paideia Grega revisitada. Revista: Millenium, 9, 1998. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/esf9_mjf.htm ; acessado em 15 de julho de 2017.

GROSS, Renato. Paidéia: as múltiplas faces da Utopia em Pedagogia. Campinas, SP: Tese de doutorado, UNICAMP, 2005. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/252977/1/Gross_Renato_D.pdf; Acessado em 18 de julho de 2017.

JAEGER, Werner. PAIDEIA: a formação do homem grego. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

MESQUIDA, P. et WANDSCHEER, R. A Paidéia freireana: a utopia da formação como prática da liberdade. Artigo cientifico: ISBN 857292147-8; 2005

NUNES, César Apareccido. Da Filosofia do Amor ao Amor à Filosofia. Librum Edições & Editora Brasílica, Campinas, 2017, p.1-69.

NUNES, César Apareccido. As origens da articulação entre filosofia e educação: matrizes conceituais e notas críticas sobre a Paideia crítica. In: LOMBARDI, José Claudinei. (Org). Pesquisa em Educação: história, filosofia e temas transversais. Campinas, SP: Autores Associados, 2000, (Coleção HISTEDBR).

OLIVEIRA, José Silvio de. A Paidéia Grega: a formação do omnilateral em Platão e Aristóteles. Tese de Doutorado, São Carlos, UFSCar, 2015. https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/2370/6763.pdf?sequence=1&isAllowed=y acessado em 16 de julho de 2017.

PLATÃO. A República. São Paulo: Nova Cultural, 2004.

PLATÃO. Diálogos: o Banquete, Fédon, Sofistas, Político. São Paulo: Nova Cultural, 1991.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórico-Crítica. Editora Autores Associados, Campinas, 2006.

WANDSCHEER, Rosane. Paidéia e Utopia na Pedagogia da Libertação de Paulo Freire. Dissertação de Mestrado, Curitiba, PUCPR, 2007. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=82373; acessado em 14 de julho de 2017.

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.