Estudo da política de educação profissional na Bahia orientada para a inclusão social

explicitação metodológica

  • Rosemary Lopes Soares da Silva Secretaria da Educação (Bahia)
Palavras-chave: Metodologia qualitativa, Pesquisa educacional, Políticas públicas

Resumo

Explicitar as técnicas e procedimentos, os conceitos e categorias com as quais a interpretação dos documentos relativos a Política da Educação Profissional Técnica de Nível Médio –,  implementada na Bahia / Brasil, especificamente, a partir da abordagem quadripolar que conferiu a densidade teórico-metodológica para o estudo do objeto na relação com os polos epistemológicos, teóricos, técnicos e morfológicos. Nesta perspectiva,  a realização de uma pesquisa não é o cumprimento de “ritualismo metodológico” com um “modismo teórico” para não repetir o que comumente acontece nas pesquisas em educação, de maneira progressivamente mais intensa, de tentativas ecléticas que juntam aleatoriamente técnicas, métodos e referenciais teóricos sem uma clara compreensão dos fundamentos epistemológicos dos diversos caminhos do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosemary Lopes Soares da Silva, Secretaria da Educação (Bahia)

Doutora em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Coordenadora Pedagógica na Coordenação de Estudos e Experimentações Educacionais da Diretoria de Formação e Experimentação dos Profissionais da Educação do Instituto Anísio Teixeira da Secretaria da Educação (Bahia).

Referências

BAHIA. Plano de Educação Profissional da Bahia. Trabalho, Educação e Desenvolvimento Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Superintendência de Educação Profissional SUPROF. 2008. Disponível em:< www.cdes.gov.br/.../apresentacao-plano-de-educacao-profissional-da-ba. > Acesso em 22/03/2013.

BAHIA. Superintendência de Educação Profissional. Política Pública de Educação Profissional da Bahia: a educação profissional como política social e como política pública: visão sistêmica. Salvador: SUPROF, 2014.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal: introdução e tradução do russo Paulo Bezerra. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. M.; VOLOCHÍNOV, V. N. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2014.

BRUYNE, P. Dinâmica da pesquisa em ciências sociais: os polos da prática metodológica. Rio de Janeiro: Francisco Alvez, 1977.

CIAVATTA, Maria. Mediações históricas de trabalho e educação: gênese e disputas na formação do trabalhador. Rio de Janeiro: Lamparina, 2009.

CHEPTULIN, A. A dialética materialista: categorias e leis da dialética. São Paulo: Alfa- omega, 2004.

DOS SANTOS, Theotônio. Teoria da dependência: balanços e perspectivas. Florianópolis: Insular, 2015.

FREITAS, L. C. Crítica da organização do trabalho pedagógico e da didática. Campinas, SP: Papirus, 2012.

SANCHEZ, S. G. Elementos para uma leitura do objeto. In: Epistemologia da Pesquisa em Educação: estruturas lógicas e tendências metodológicas. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Unicamp, Campinas/SP, 1987, p. 11-18.


KONDER, L. O que é dialética. São Paulo: Brasiliense, 2004.

KOSIK, K. Dialética do concreto. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

MARX, Karl. O capital: critica da economia política. Livro I: o processo global da produção do capital. São Paulo: Boitempo, 2013a.

MARX, Karl. Obras Seletas de Karl Marx (Locais do Kindle 32-33). Centaur. Edição do Kindle, 2013b.


MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo, 2000.

SAVIANI, D. Escola e democracia. Campinas: São Paulo. Autores Associados, 2008.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-critica: primeiras aproximações. Campinas: São Paulo: Autores Associados, 2005.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação v. 12 n. 34 jan. /abr. 2007.

SAVIANI, D. História da ideia pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2013.
Publicado
2019-12-31
Como Citar
Silva, R. L. S. da. (2019). Estudo da política de educação profissional na Bahia orientada para a inclusão social. Filosofia E Educação, 11(2), 251-280. https://doi.org/10.20396/rfe.v11i2.8657447