Banner Portal
A formação de professores/as e o estágio supervisionado no curso de Pedagogia
PDF

Palavras-chave

Formação de professores
Estágio supervisionado
Curso de Pedagogia

Como Citar

VIEIRA, Maria Nilceia de Andrade; ALVARENGA, Elda; LOBOS, Juliana Paoliello Sanchez. A formação de professores/as e o estágio supervisionado no curso de Pedagogia : diálogos possíveis. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 12, n. 1, 2020. DOI: 10.20396/rfe.v12i2.8659406. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8659406. Acesso em: 18 jun. 2024.

Resumo

No percurso histórico do curso de Pedagogia e no conjunto de seus desafios, este artigo discute a dimensão formativa do estágio supervisionado e problematiza a formação inicial no contexto do Programa de Residência Pedagógica e do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). A pesquisa, de abordagem qualitativa e de cunho bibliográfico-documental, tem como aportes produções acadêmicas e documentos oficiais brasileiros. As análises evidenciam transformações no aparato normativo da formação e indicam qe os programas em tela podem produzir um estreitamento curricular que se distancia da complexidade dos processos de fornmação e das vivências dos/as futuros/as professores/as. 

https://doi.org/10.20396/rfe.v12i2.8659406
PDF

Referências

ANDRADE, Rosana Cássia Rodrigues; RESENDE, Marilene Ribeiro. Aspectos legais do estágio na formação de professores: uma retrospectiva histórica. Educação em Perspectiva, Viçosa, v. 1, n. 2, p. 230-252, p. 230-249, jul./dez. 2010. Disponível em: <https://educacaoemperspectiva.ufv.br/index.php/ppgeufv/article/view/77/35>. Acesso em: 10 set. 2018.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL PELA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO (Anfope). Documento Final do XVIII Encontro Nacional da ANFOPE. Niterói, 2018. Disponível em: <http://www.anfope.org.br/wp-content/uploads/2018/11/XIX-Encontro-2018.pdf>. Acesso em: 31 mar. 2020.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO (Anped). Manifestação das entidades educacionais sobre a política de formação de professores anunciada pelo MEC. Rio de Janeiro, 2017. Disponível em: <http://www.anped.org.br/news/manifestacao-das-entidades-educacionais-sobre-politica-de-formacao-de-professores-anunciada>. Acesso em: 04 fev. 2020.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO (Anped). A política de formação de professores no Brasil de 2018: uma análise dos Editais capes de residência pedagógica e Pibid e a reafirmação da Resolução CNE /CP 02/2015. Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: <http://www.anped.org.br/sites/default/files/images/formacaoprofessores_anped_final.pdf>. Acesso em: 04 abr. 2020.
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO (Anped) et al. Entidades se posicionam contrárias à padronização e controle impostos pelo Programa de Residência Pedagógica! Não à BNCC! [Rio de Janeiro], 2018. Disponível em: <http://www.anped.org.br/news/entidades-se-posicionam-contrarias-padronizacao-e-controle-impostos-pelo-programa-de-residencia>. Acesso em: 28 mar. 2020.
BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.
BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. Tradução de Michel Lhud e Yara Frateschi Vieira. 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2009.

BRASIL. Constituição [da] República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.
BRASIL. Decreto-Lei nº 1.190, de 4 de abril de 1939. Dá organização à Faculdade Nacional de Filosofia. Brasília, DF, 1939. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1930-1939/decreto-lei-1190-4-abril-1939-349241-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 24 nov. 2019.
BRASIL. Decreto nº 7.219, de 24 de junho de 2010. Dispõe sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID e dá outras providências. Brasília, DF, 2010. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/Decreto/D7219.htm>. Acesso em: 22 jan. 2018.
BRASIL. Lei nº 6.494, de 7 de dezembro de 1977. Dispõe sobre os estágios de estudantes de estabelecimentos de ensino superior e de ensino profissionalizante do 2º Grau e Supletivo e dá outras providências. Brasília, DF, 1977. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6494.htm>. Acesso em: 10 out. 2018.
BRASIL. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 12 out. 2018.
BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes e dá outras providências. Brasília, DF, 2008. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm>. Acesso em: 10 out. 2018.
BRASIL. Lei n.º 13.005, de 25 de junho de 2014. Institui o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 26 de junho de 2014. Brasília, DF. 2014. Disponível em: <http://pne.mec.gov.br/>. Acesso em: 27 jun. 2019.
BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução nº 9, de 10 de outubro de 1969. Brasília, DF, 1969. Disponível em: <http://cev.org.br/biblioteca/resolucao-n-9-10-outubro-1969/>. Acesso em: 05 ago. 2019.
BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução nº 2, de 19 de fevereiro de 2002. Institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de formação de professores da Educação Básica em nível superior. Brasília, DF, 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CP022002.pdf>. Acesso em: 12 out. 2018.
BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n.º 1, de 15 de maio de 2006. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília, DF, 2006. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf>. Acesso em: 22 abr. 2015.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Edital MEC/CAPES/FNDE. Brasília, 2007. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/Edital_PIBID.pdf>. Acesso em: 22 mar. 2020.
BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, DF, 2015. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cnecp-002-03072015-pdf/file>. Acesso em: 28 out. 2015.
BRASIL. Política Nacional da Formação de Professores. Brasília, DF, 2017. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=74041-formacao-professor-final-18-10-17-pdf&category_slug=outubro-2017-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 4 dez. 2017.
BRASIL. Parecer CNE/CP 027/2001, aprovado em 02 de outubro de 2001. Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 9/2001, que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em Cursos de Nível Superior. Brasília, DF, 2001a. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/027.pdf>. Acesso em: 12 out. 2018.
BRASIL. Parecer CNE/CP 28/2001, aprovado em 02 de outubro de 2001. Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 9/2001, que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em Cursos de Nível Superior. Brasília, DF, 2001b. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/028.pdf>. Acesso em: 12 out. 2018.
BRASIL. Parecer CNE/CP 744/1997, aprovado em 3 de dezembro de 1997. Define orientações para cumprimento do artigo 65 da Lei 9.394/96. Prática de Ensino. Brasília, DF, 1997. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/1997/pces744_97.pdf>. Acesso em: 12 out. 2018.
BRASIL. Portaria nº 2.167, de 19 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica – BNC – Formação. Diário Oficial da União, Brasília, p. 142, 2019. Disponível em: <http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=20/12/2019&jornal=515&pagina=142>. Acesso em:
CALDERANO, M. A. Docência compartilhada entre universidade e escola: formação inicial e continuada através do estágio curricular. Relatório de Pesquisa Pós-Doutoral, São Paulo: FCC/CNPq, 2014. Disponível em : <http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/textosfcc/issue/download/305/67>. Acesso em: 10 set. 2018.
CÔCO, Valdete; VIEIRA, Maria Nilceia de Andrade; GIESEN, Karina de Fátima. Formação inicial para a docência na educação infantil: indicadores da produção acadêmica. Revista FAEEBA, Educação e Contemporneidade, Salvador, v. 27, n. 51, p. 69-84, jan./abr. 2018. Disponível em: <https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/4967>. Acesso em: 25 jun. 2018.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (Capes). Portaria nº 46, de 11 de abril de 2016a. Aprova o Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – Pibid. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/15042016-Portaria-46-Regulamento-PIBID-completa.pdf>. Acesso em: 12 out. 2018.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (Capes). Portaria nº 84, de 14 de junho de 2016. Revoga a Portaria nº 46, de 11 de abril de 2016b. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/15062016-Revogacao-da-Portaria-n-46-2016.pdf>. Acesso em: 12 0ut. 2018.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - Capes. Edital Capes nº 061/2013. Dispõe sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Brasília, 2013. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/Edital_061_2013_PIBID.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2020.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - Capes. Edital Capes nº 6/2018: Programa de Residência Pedagógica. Brasília, 2018. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/editais/01032018-Edital-6-2018-Residencia-pedagogica.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2020.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - Capes. Programa de Residência Pedagógica. Disponível em: <https://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-residencia-pedagogica>. Acesso em: 12 mar. 2020.
DIAS, Rosimeri de Oliveira. Formação inventiva como possibilidade de deslocamentos. In: DIAS, Rosimeri de Oliveira (Org.). Formação inventiva de professores. Rio de Janeiro: Lamparina, 2012.
FOUCAULT, Michel. A Governamentalidade. In: FOUCAULT, Michel. Estratégia, poder-saber: ditos e escritos. vol. IV. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. p. 281-305.
FÓRUM NACIONAL DOS COORDENADORES DO PIBID (FORPIBID). INFORME FORPIBID Nº 04-2018: Eles passarão e 'nós' passarinho, 26 de fevereiro de 2018. Disponível em: <http://www.pibid.ufv.br/wp-content/uploads/Informe-04-18.pdf>. Acesso em: 15 mar. 2020.
FÓRUM NACIONAL DOS COORDENADORES DO PIBID (FORPIBID). INFORME FORPIBID Nº 10/2016: os riscos de desconstrução do PIBID, 24 de outubro de 2016. Disponível em: <https://www2.unesp.br/Home/prograd/pibid/informe-10-2016.pdf>. Acesso em: 15 mar. 2020.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Cortez, 1996.
FREITAS, Luiz Carlos. Residência Pedagógica do MEC: manifesto das entidades. 6 de março de 2018. Disponível em: <https://avaliacaoeducacional.com/2018/03/06/residencia-pedagogica-do-mec-manifesto-das-entidades/>. Acesso em: 21 de out. 2018.
FREITAS, Helena Costa Lopes de. 30 Anos da Constituição: Avanços e retrocessos na formação de professores. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 12, n. 24, p. 511-527, nov./dez. 2018. Disponível em: <http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/912>. Acesso em: 23 mar. 2020.
GINZBURG, Carlo. Sinais: raízes de um paradigma indiciário. In: GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: Morfologia e História. 1ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
NÓVOA, Antonio. Educação e formação ao longo da vida: entrevista. São Paulo: CRE Mario Covas, entrevista concedida por e-mail em out. 2004. Disponível em: <http://www.crmariocovas.sp.gov.br/>. Acesso em: 8 ago. 2013.
PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.
SANTOS, Ana Jéssica Corrêa; CRUZ, Shirleide Pereira da Silva. PIBID - uma análise das portarias: avanços ou recuos? EDUCERE, CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 8., Curitiba, 2017. Anais eletrônicos... 2017. Disponível em: <http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/24938_13085.pdf>. Acesso em: 17 out. 2018.
SANTOS, Ana Jéssica Corrêa. Pibid e o professor iniciante: analisando as suas relações. Brasília: UnB, 2018. Disponível em: <https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/32720/1/2018_AnaJ%C3%A9ssicaCorr%C3%AAaSantos.pdf>. Acesso em: 23 mar. 2020.
SAVIANI, Dermeval. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, v. 14, n. 40, p. 143-155, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12.pdf>. Acesso em: 25 jan. 2020.
SCHEIBE, Leda; DURLI, Zenilde. Curso de Pedagogia no Brasil: Olhando o Passado, Compreendendo o Presente. Educação em Foco, n. 17, p. 79-110, 2011. Disponível em: <http://revista.uemg.br/index.php/educacaoemfoco/article/view/104>. Acesso em: 25 jan. 2020.
VARGAS, Gardia; GOBBATO, Carolina, BARBOSA, Maria Carmen Silveira. Das singularidades da docência com crianças de 0 a 3 anos às especificidades dos saberes docentes na formação inicial. Cadernos de Pesquisa em Educação - PPGE/UFES Vitória, ES, ano 15, v. 20, n. 47, p. 46-67, jan./jul. 2018. Disponível em: <http://periodicos.ufes.br/educacao/article/view/21328>. Acesso em: 10 set. 2018.

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.