Banner Portal
A educação como direito humano e o ensino tecnológico em tempo de pandemia
PDF

Palavras-chave

Direitos humanos
Pedagogia multimodal
Ensino tecnológico

Como Citar

Amaral, M. F. do, Nunes , R. H., & Amaral, K. . J. (2021). A educação como direito humano e o ensino tecnológico em tempo de pandemia: limites e contradições . Filosofia E Educação, 12(3). https://doi.org/10.20396/rfe.v12i3.8660479

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo desenvolver reflexão sobre a problemática gerada com a pandemia do Covid-19, sua relação com ensino tecnológico enquanto um direito humano, assim como os limites e contradições. Revelam-se algumas situações que comprometem o acesso à educação de qualidade como um direito de todos, tais como: dificuldades de domínio do professor para com a ferramenta Teams; questões ideológicas, falta de flexibilidade como verdade absoluta e dificuldade de acesso do aluno ao sistema on-line. Isso pode comprometer a garantia da educação como direito humano, em tempos de pandemia: Covid-19.

 

 

https://doi.org/10.20396/rfe.v12i3.8660479
PDF

Referências

BAKHTIN, Mikhail (1929). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: HUCITEC, 1992a.

BAKHTIN, Mikhail (1979). Estética da criação verbal. SP: Martins fontes, 1992b.

BOAVENTURA SOUSA SANTOS. A crise da pedagogia do vírus. Coimbra/Portugal: Edições Almedina, 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em 10. dez. 2019.

BRASIL. LDBEN Lei 9394/96. Lei de diretrizes e bases da educação nacional. – Brasília. Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, (PNE). Disponível em: http://www.observatoriodopne.org.br/uploads/reference/file/439/documento-referencia.pdf. Acesso em: 18.jul.2018.

BRASIL/ FUNDEB. Fundef. O que é o Fundef. Disponível em: http://qese.edunet.sp.gov.br/fundef/saiba_mais.htm. Acesso em: 28.mai.2017.

DIONÍSIO, Ângela Paiva. Gêneros textuais e multimodalidade. In KARWOSKI, Acir Mário; GAYDECZKA, Beatriz; BRITO, Karim Siebeneicher. Gêneros textuais – reflexões e ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2011

FÁVERO. Osmar. (org.) A educação nas constituintes brasileiras 1823-1988. São Paulo. Autores Associados, 2005.(Coleção Memória da Educação).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia – saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

MARCUSCHI, Luiz Antônio; XAVIER, Antonio Carlos (orgs.). Hipertexto e gêneros digitais – novas formas de construção de sentido. São Paulo: Cortez, 2010.

MÉZÁROS. István. A educação para além do capital; tradução Isa Tavares. 2. Ed. – São Paulo: Boitempo, 2008 (Mundo do trabalho).

NUNES, Augusto R; SOARES, Leopoldo Rocha. Direito, direitos humanos e educação: do direito proclamado à deontologia social de um paradigma epistemológico e político emancipatório no Brasil. In NUNES, César Augusto; GOMES, Catarina (orgs.). Direitos Humanos: Educação e Democracia. Campinas: Brasílica, 2019.

NUNES, César. Educação em Direitos Humanos no Brasil Atual: Fundamentos Políticos e Práticas Pedagógicas Possíveis. In NUNES, César Augusto; GOMES, Catarina (orgs.). Direitos Humanos: Educação e Democracia. Campinas: Brasílica, 2019.

SAVIANI, Dermeval. Vicissitudes e perspectivas do direito à educação no Brasil: abordagem histórica e situação atual. Educ. Soc. [on-line]. 2013, vol.34, n.124, pp.743-760. ISSN 0101-7330. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302013000300006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302013000300006&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 01.mai.2017.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Filosofia e Educação

Downloads

Não há dados estatísticos.