A construção da genealogia de Foucault a partir de Nietzsche

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v14i2.8663610

Palavras-chave:

Foucault, Genealogia, Nietzsche

Resumo

Este artigo tem como objetivo abordar o tratamento dado por Foucault ao tema da produção dos sujeitos e objetos do conhecimento.  A partir de conceitos fundamentais de Foucault como saber, poder, prática e discurso, procuro ressaltar a influência que os textos de Nietzsche dedicados ao conhecimento tiveram sobre a abordagem genealógica foucaultiana. Passando por alguns textos de teor metodológico de Foucault, pretendo mostrar como a sua genealogia é marcada por uma crítica do conhecimento em que se questiona, a partir de uma perspectiva nietzschiana, o estatuto da relação entre sujeito e objeto e os modos de constituição da verdade são questionados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo de Oliveira Figueiredo, Universidade de São Paulo

Mestrando em Filosofia pela Universidade de São Paulo.

Referências

BERRY, S. Foucault, marxism, and critique. Boston: London Routledge & Kegan Paul, 1983.

DREYFUS, Hubert L. RABINOW, Paul. Michel Foucault, uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2016.

FOUCAULT, M. Aulas sobre a vontade de saber: curso no Collège de France (1970-1971). São Paulo: WMF Martins Fontes, 2014

FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. Rio de Janeiro: Editora Nau, 2005.

FOUCAULT, M. Ditos e escritos IV: Estratégia, poder-saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade: curso no Collège de France (1975-1976). São Paulo: Martins Fontes, 2000.

FOUCAULT, M. História da sexualidade I: A vontade de saber. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

FOUCAULT, M. Nascimento da biopolítica: curso no Collège de France (1978-1979). São Paulo, Martins Fontes 2008.

FOUCAULT, M. Nietzsche, a genealogia e a história. In: Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1998.

FOUCAULT, M. Nietzsche, Freud e Marx: theatrum philosoficum. São Paulo: Princípio, 1997.

FOUCAULT, M. O que é a crítica?. Conferência “Qu’est-ce que la critique?” proferida por Michel Foucault na Sociedade Francesa de Filosofia em 27 de maio de 1978. Rio de Janeiro: Lug Editora, 2019.

FOUCAULT, M. O sujeito e o poder. In: Michel Foucault, uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.

MACHADO, R. A genealogia do poder. In: Ciência e saber. Rio de Janeiro: Graal, 1981.

MICHÉLE, B. The politics of truth: from Marx to Foucault. Cambridge: Polity Press, 1991.

NIETZSCHE, F. A gaia ciência. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

NIETZSCHE, F. A vontade de poder. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008.

NIETZSCHE, F. Genealogia da moral: uma polêmica. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

NIETZSCHE, F. Sobre a utilidade e a desvantagem da história para a vida: segunda consideração extemporânea. São Paulo: Editora Hedra, 2017.

NIETZSCHE, F. Sobre verdade e mentira. São Paulo: Editora Hedra, 2007.

VEYNE, P. Foucault revoluciona a História. In: Como se escreve a história. Lisboa: Edições 70, 2008.

VEYNE, P. Foucault: seu pensamento, sua pessoa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

Downloads

Publicado

2022-09-05

Como Citar

Figueiredo, R. de O. (2022). A construção da genealogia de Foucault a partir de Nietzsche. Filosofia E Educação, 14(2), 257–274. https://doi.org/10.20396/rfe.v14i2.8663610