Aprender didática

um relato de experiência na licenciatura de educação física

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v13i3.8664025

Palavras-chave:

Didática, Formação de professores, Educação física

Resumo

O presente relato de experiência aborda um semestre de aula em uma instituição privada de ensino superior da cidade de Sorocaba, interior paulista. Objetivou-se operar com a disciplina inspirados na produção filosófica de Gilles Deleuze para problematizar o conceito de aprendizagem. O processo de avaliação se deu por um trabalho final que correspondia ao acompanhamento de cinco horas aula de Educação Física em qualquer nível da educação básica, e produção de um texto de 5 páginas com o seguinte tema: “o que te fez pensar?”. Muitos dos trabalhos correspondiam a um nível descritivo mais superficial sobre os acontecimentos. Outros, porém, apresentaram complexos dilemas sobre o que é a educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Pedro Goes Lopes, Serviço Social da Indústria

Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Professor de Educação Física pelo SESI - Serviço Social da Indústria, campus Boituva.

Rubens Antonio Gurgel Vieira, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em andamento em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Docente de Educação Física pela Faculdade de Educação Física da  Associação Cristã de Moços (ACM) de Sorocaba.

 

Referências

BALL, Stephen. Reformar escolas/reformar professores e os terrores da performatividade. Revista Portuguesa de Educação, vol. 15, núm. 2, 2002.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs, vol. 2. 2ª edição. São Paulo: Editora 34, 2012.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs vol. 1. 2ª edição. São Paulo: Editora 34, 2011.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O Anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia 1. Tradução de Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Ed. 34, 2010.

FARIA, Marcelly Camacho Torteli. Um estudo do conto confissões de uma viúva moça, de Machado de Assis: experimentar o feminino. In: GRUPO TRANSVERSAL (Org.). Educação Menor: conceitos e experimentações. 2. ed. Curitiba: Appris, 2015. p. 141-159.

GALLO, Silvio. As múltiplas dimensões do aprender. Congresso de Educação Básica: Aprendizagem e Currículo. Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de Florianópolis. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC. 07/02/2012.

GALLO, Silvio. Deleuze & a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

MACEDO, Elizabeth. Currículo como espaço Currículo como espaço-tempo de fronteira cultural. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 32, p. 285-372, maio/ago. 2006.

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física cultural: inspiração e prática pedagógica. 1 ed. Jundiaí, São Paulo: Paco, 2018.

PASSOS Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. (Org.). Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

SCHÉRER, René. Aprender com Deleuze. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 26, n. 93, p. 1183-1194, Set./Dez. 2005.

SILVA, Cintia Vieira da. Corpo e pensamento: alianças conceituais entre Deleuze e Espinosa. Campinas, São Paulo: Editora da Unicamp, 2013

WILLIANS, James. Pós-estruturalismo. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

Downloads

Publicado

2022-01-20

Como Citar

Lopes, J. P. G., & Vieira, R. A. G. . (2022). Aprender didática: um relato de experiência na licenciatura de educação física. Filosofia E Educação, 13(3), 2769–2789. https://doi.org/10.20396/rfe.v13i3.8664025