Justificando um conflito pelo Aquífero Guarani

perspectivas da teoria da guerra justa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v14i2.8667614

Palavras-chave:

Água subterrânea, Lei internacional, América do Sul

Resumo

Este artigo trata da justificativa de conflitos hídricos, analisando uma hipotética guerra pelos recursos do Aquífero Guarani. Em desacordo, um arcabouço teórico seria necessário para justificar a guerra. Em primeiro lugar, a versão de Walzer da Teoria da Guerra Justa (JWT) é apresentada como a referência mais consolidada. A seguir, é discutida a crítica de Waddington à JWT no que diz respeito aos recursos hídricos, delineando as particularidades de um recurso natural e estabelecendo que o "peso moral da escassez de água" deve ser considerado. Em seguida, é introduzido o conflito hipotético entre os países. Por fim, é defendido o pragmatismo na avaliação de conflitos envolvendo água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Augusto Gonçalves Nobre, Universidade de São Paulo

Pós-doutorado no Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo, Brasil.

Beatriz Martins Camões, Università degli Studi di Genova

Mestrando em Estado de Direito Global e Democracia Constitucional na Università degli Studi di Genova.

Referências

BRAZIL. Decreto Legislativo n. 52, de 03 de maio de 2017, Brasília, May 2017. Available in: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decleg/2017/decretolegislativo-52-3-maio-2017-784714-acordo-152560-pl.html. Access in: February 10, 2021.

LAZAR, Seth. War. Stanford Encyclopedia of Philosophy. Palo Alto, May 2016. Available in: https://plato.stanford.edu/archives/spr2020/entries/war/. Access in: February 8, 2021.

MARICONDA, Pablo. Galileu e a ciência moderna. Cadernos de Ciências Humanas - Especiaria, Ilhéus, v. 9, n. 16, p. 267-292, 2016.

MCMAHAN, Jeff. The Ethics of Killing in War. Ethics, Chicago, v. 114, n. 4, p. 693-733, 2004. DOI: https://doi.org/10.1086/422400

SINDICO, Francesco; HIRATA, Ricardo; MANGANELLI, Alberto. The Guarani Aquifer System: From a Beacon of hope to a question mark in the governance of transboundary aquifers. Journal of Hydrology: Regional Studies, v. 20, n. 1, p. 49-59, 2018. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ejrh.2018.04.008

UNITED NATIONS. Charter of the United Nations. 1945. Available in: https://www.un.org/en/sections/un-charter/un-charter-full-text. Access in: February 10, 2021.

VILLAR, Pilar. International cooperation on transboundary aquifers in South America and the Guarani Aquifer case. Revista Brasileira de Política Internacional, Brasília, v. 59, n. 1, p. 1-20, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7329201600107

WADDINGTON, Conway. Reconciling Just War Theory and Water-Related Conflict. International Journal of Applied Philosophy, Ft. Pierce, v. 26, n. 2, p. 197-212, 2012. DOI: https://doi.org/10.5840/ijap201226215

Downloads

Publicado

2022-09-05

Como Citar

Nobre, A. G., & Camões, B. M. (2022). Justificando um conflito pelo Aquífero Guarani: perspectivas da teoria da guerra justa. Filosofia E Educação, 14(2), 234–244. https://doi.org/10.20396/rfe.v14i2.8667614