Banner Portal
O lugar legado à filosofia diante da Reforma do Ensino Médio e as orientações da BNCC
O Número temático intitulado “A Epistemologia da Educação na América Latina e no Caribe: desafios e perspectivas” pretende documentar, compartilhar reflexões, resultados de pesquisas e experiências pedagógicas, que contribuam justamente para dinamizar o tema proposto, e identificar problemática em que poderíamos cooperar para colocar a Epistemologia da Educação a serviço das discussões das agendas curriculares e das reformas educacionais nos países da região que visem impacto social e educacional de forma inclusiva.
PDF

Palavras-chave

Filosofia
Ensino médio
Política educacional

Como Citar

NASCIMENTO, Franc Lane Carvalho do; LIMA, Maria Nathália Bastos. O lugar legado à filosofia diante da Reforma do Ensino Médio e as orientações da BNCC. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 14, n. 3, p. 190–208, 2024. DOI: 10.20396/rfe.v14i3.8672860. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8672860. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Este trabalho analisa a importância da  disciplina Filosofia no Ensino Médio em vista das atuais políticas públicas educacionais brasileira. Abordamos a  Filosofia no Ensino Médio de acordo a Lei n.13.415/17 que alterou o Artigo 36 da Lei n. 9. 394/96 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDBEN, Lei n.11.648 de 2008, Resolução de n° 04 de 2010, as denominadas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular – BNCC/2017. Nesta pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo, conclui-se que os referidos documentos oficiais revelam além das alterações quanto ao lugar legado da Filosofia na formação integral do aluno, por ser colocada em segundo plano, a desvalorização  de um conhecimento crítico e reflexivo com vistas a emancipação humana, pois a proposição do ensino está mais centrado em uma concepção de conservação da ordem  dominante.

https://doi.org/10.20396/rfe.v14i3.8672860
PDF

Referências

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Currículos e Educação Integral. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com _docman&view=download&ali as=15548-d-c-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192/. o>. Acesso em 23 de dezembro de 2022.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional n. 9394 de 20 de dezembro de1996. Brasília, 1996. Disponívelem:<https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>.Acesso em 24 de dezembro de 2022.

______.Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDBEN. Brasília : Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017. 58 p.

______. Base Nacional Comum Curricular - BNCC. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC _20dez_site.pdf. Acessado em 24 dezembro de 2021.

CALADO, S. dos S; Ferreira, S.C dos R. Análise de documentos: método de recolha e análise de dados. Disponível em: Htpp://www.educ.fc.ul.pt/docentes/ichagas/mil/analisedocumentos.pdf. Acesso em 13 de janeiro de 2023.

CESAR, Renata Paiva. O ensino de Filosofia no Brasil. Revista Pandora Brasil- Nº 38 – Janeiro de 2012 - ISSN 2175-3318 “Filosofia, educação e virtude: o caminho para a felicidade" Textos de Renata Paiva Cesar”

FERRETTI, Celso. ‘A BNCC e a Reforma do Ensino Médio conduzem a um empobrecimento da formação’. Depoimento. [06 de abril, 2018]. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz. Entrevista concedida a André Antunes. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br Acesso em: 23/12/2021

GODOY, Maria Elizabeth Bueno de; MENEZES, Luiz Maurício Bentim da Rocha. Filosofia, tragédia e ensino do homem grego. Conjectura: Filos. Educ., Caxias do Sul, RS, v. 24, e019014, 2019.

GONÇALVES, Hortência de Abreu. Manual da Metodologia de pesquisa cientifica. São Paulo: Avercamp, 2005.

IANNI, O. Dialética e capitalismo: ensaio sobre o pensamento de Marx. Petrópolis: Vozes, 1988.

MOURA, Dante Henrique e FILHO, Domingos Leite Lima. Reforma do ensino médio: subordinação da formação de classe trabalhadora ao mercado de trabalho periférico. Revista Retratos da Escola, Brasilia, v. 11, n. 20, p.109-129, jan/jun. 2017.

NASCIMENTO, Franc-Lane Sousa Carvalho do, MORAIS, Joelson de Sousa e MAGALHÃES, Nadja Regina Sousa. Políticas públicas para a formação de professores: reflexos no desenvolvimento profissional na educação básica. Comunicações Piracicaba | v. 28 | n. 2 | p. 201-227 | maio-ago. 2021 DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v28n2p201-227

SANTOS, Wanderley G. dos. A democracia impedida: o Brasil no século XXI. Rio de Janeiro: FGV ed., 2017.

SALVADOR, A. D. Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica. Porto Alegre: Sulina, 1986.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2024 Filosofia e Educação

Downloads

Não há dados estatísticos.