Políticas públicas para a formação de professores e contextos emergentes na educação superior

  • Marilene Gabriel Dalla Corte Universidade Federal de Santa Maria
  • Rosane Carneiro Sarturi Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Educação superior. Políticas públicas. Formação de professores. Contextos emergentes. Qualidade.

Resumo

Este texto refere-se a políticas de formação de professores e a repercussão em contextos emergentes na educação superior, a partir do desenvolvimento de programas como o Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), Programa de Capacitação de Conselheiros Municipais de Educação (PRÓ-CONSELHO) e Observatório de Educação (OBEDUC). Objetiva-se, nesse sentido, analisar as políticas públicas de formação de professores (inicial e permanente), desenvolvidas pelo Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria, e os contextos emergentes na educação superior. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, a partir do estudo de caso, sendo que a análise de dados está embasada na coleta e construção de dados a partir de marcos regulatórios e relatórios alusivos a Programas de Governo já mencionados implementados pelo Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria (CE/UFSM). Os estudos vem contribuindo para a compreensão das políticas públicas voltadas para a formação de professores (inicial/permanente) em íntima inter-relação com contextos emergentes na educação superior; o reconhecimento e a compreensão da cultura organizacional e dos processos de gestão dos programas analisados a partir das experiências desenvolvidas pelo CE/UFSM e sua repercussão na qualidade da formação inicial e permanente de professores; uma reflexão crítica acerca da compreensão e o envolvimento dos professores/gestores sobre contextos emergentes na educação superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilene Gabriel Dalla Corte, Universidade Federal de Santa Maria
Doutora em Educação. Professora Adjunta do Departamento de Administração Escolar, do Centro de Educação, da Universidade Federal de Santa Maria. Coordenadora Substituta do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Gestão Educacional da Universidade Federal de Santa Maria – PPPG/UFSM. Pesquisadora junto ao Programa Observatório da Educação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior- CAPES/Brasil, desenvolvido pelo Grupo de pesquisa ELOS/Cnpq/UFSM. Líder do GESTAR - Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Gestão Educacional. Coordenadora Geral do Pró-Conselho – UFSM.
Rosane Carneiro Sarturi, Universidade Federal de Santa Maria
Pós-Doutora em Educação. Professora Adjunta do Departamento de Administração Escolar, do Centro de Educação, da Universidade Federal de Santa Maria. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Gestão Educacional da Universidade Federal de Santa Maria – PPPG/UFSM. Coordenadora do Programa Observatório da Educação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível Superior- CAPES/Brasil, desenvolvido pelo Grupo de pesquisa ELOS/Cnpq/UFSM, ao qual é Líder.
Publicado
2016-01-18
Como Citar
Dalla Corte, M. G., & Sarturi, R. C. (2016). Políticas públicas para a formação de professores e contextos emergentes na educação superior. Revista Internacional De Educação Superior, 1(2), 160-181. https://doi.org/10.22348/riesup.v1i2.7430
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)