Banner Portal
Políticas públicas de avaliação na educação superior
Imagem: Universidade de Nápoles Federico II, fundada em 1224. - Google / Licença Creative Commons.
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Políticas educacionais
Educação superior
Avaliação
Universidade pública
Políticas públicas

Como Citar

EVALD, Marcia Giraldez; FIGUEIREDO, Gustavo de Oliveira. Políticas públicas de avaliação na educação superior : os desafios da recontextualizção na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 10, n. 00, p. e024005, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v9i00.8661573. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8661573. Acesso em: 17 jun. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: O artigo discute resultados de uma pesquisa na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que teve como objetivos analisar o discurso das políticas públicas de avaliação para o ensino superior no Brasil e compreender como elas são recontextualizadas na prática da instituição. Metodologia: Fundamentado na abordagem histórico-dialética analisou como as reformas neoliberais têm interferido na formulação e desenvolvimento das práticas de avaliação na universidade pública. Os conceitos de Stephen Ball sobre recontextualização e ciclo de políticas nos auxiliaram na compreensão do hiato entre o texto da política e sua realidade na prática. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com setores e instâncias estratégicas responsáveis pela avaliação na universidade, com ênfase no Centro de Ciências da Saúde, incluindo diretores dos cursos de Medicina, Odontologia, Nutrição e Enfermagem. Resultados: Os dados foram interpretados com apoio da técnica de análise de conteúdo e os resultados agrupados em cinco dimensões de análise: 1. Relações entre neoliberalismo, globalização e educação superior; 2. Reformas universitárias e políticas educacionais no Brasil; 3. A diversidade das múltiplas abordagens teóricas sobre avaliação; 4. O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior; 5. Desafios na prática de avaliação na UFRJ. Ficou evidente a tensão entre o discurso da avaliação participativa e a realidade hierarquizada das práticas de avaliação como dispositivos para implementar tecnologias de regulação, controle e desempenho. Conclusão: Embora seja inegável a importância do trabalho que é desenvolvido pela universidade, as práticas de avaliação são pouco participativas e não estão relacionadas a um processo de aprendizado e desenvolvimento institucional.

https://doi.org/10.20396/riesup.v9i00.8661573
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

BALL, Stephen John. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. Currículo sem Fronteiras. v. 1, n. 2, p. 99-116, jul./dez, 2001. ISSN 1645-1384. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol1iss2articles/ball.pdf. Acesso em: 15jan. 2018.

BALL, Stephen John; MAGUIRE, Meg; BRAUN, Anette. How Schools do Policy: Policy Enactments in Secondary Schools. New York: Routledge, 2012. ISBN 9780429228803

BALL, Stephen John. Sociologia das políticas educacionais e pesquisa crítico-social: uma revisão pessoal das políticas educacionais e da pesquisa em política educacional. In: BALL, S. J.; MAINARDES, J. (org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, p. 21-53, 2011. Disponível em: https://biblat.unam.mx/hevila/CurriculosemFronteiras/2006/vol6/no2/2.pdf. Acesso em: 5 jan 2018

BALL, S. John. Profissionalismo, gerencialismo e performatividade. Cadernos de Pesquisa, v. 35, n. 126, p. 539-564, set./dez. 2005. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742005000300002. Acesso em: 01 fev. 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2004. ISBN 9789724411545

BRASIL. Lei n. 9394, de 20 dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira. BRASIL. Lei n. 10.861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior — SINAES e dá outras providências. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/70320/65.pdf. Acesso em: 24 nov. 2017

CARVALHO, Agenor. Manoel. et al. A gestão da educação superior no Brasil frente aos instrumentos de avaliação e regulação: burocracia ou eficácia? In: Colóquio Internacional de Gestão Universitária, 14., 2014, Florianópolis. Anais. Florianópolis: INPEAU, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/132045. Acesso em: 26 jul. 2017.

DEMO, Pedro. Avaliação Qualitativa. São Paulo: Cortez, 1987. ISBN 9786588717691

DIAS SOBRINHO, José. Qualidade, Avaliação: do SINAES a Índices. Avaliação. Campinas. v. 13, n. 3, p. 817-825, nov. de 2008. Disponível em http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/284. Acesso em: 01 fev. 2019.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação institucional: marcos teórico e políticos. Avaliação. Campinas, v. 1, n. 1, p. 15-24, jul. 1996. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/722. Acesso em: 04 fev. 2019.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao Sinaes. Avaliação. Campinas, v. 15, n. 1, p. 195-224, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772010000100011&lng=en&nrm=iso. Accesso em: 06 fev. 2019.

FLICK, Uwe. Uma introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Bookman, 2004 ISBN 9788536304144

GESSER, Verônica.; RANGHETTI, Diva. Spezia. Currículo Escolar: das concepções histórico epistemológicas a sua materialização na prática dos contextos escolares. Curitiba: Editora CRV, 2011. ISBN 9788580422405

GIROUX, Henry. Armand. American nightmare: facing the challenge of fascism. San Francisco: City Lights Books, 2018. ISBN 9780872867536

GIROUX, Henry. Armand. Terror of the Unforeseen. Los Angeles: LARB Provocations, 2019. ISBN 9781940660493

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 28. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009. ISBN 9788526295230

MOREIRA, Antônio. Flávio. A cultura da performatividade e a avaliação da pós-graduação em educação no Brasil. Educação em Revista. Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p. 23-42. dez. 2009.

OLIVEIRA, Dalila Andrade. Regulação das políticas educacionais na América Latina e suas consequências para os trabalhadores docentes. Educação e Sociedade. Campinas, vol. 26, n. 92, p. 753- 775. 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0101-73302005000300003. Acesso em: 03 mai. 2017.

POLIDORI, Marlis Morosoni; MARINHO-ARAUJO, Claisy M.; BARREYRO, Gladys Beatriz. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v.14, n. 53, p. 425-436, out./dez. 2006. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3995/399537945002.pdf. Acesso em: 05 maio 2017

REAL, Giselle. Cristina. Martins. Avaliação e qualidade no Ensino Superior: os impactos do período 1995-2002. Educação e Pesquisa, v. 35, n. 3, p. 573-584, set./dez. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v35n3/11.pdf. Acesso em: 03 set. 2017.

SAUL, Ana Maria. Avaliação emancipatória: desafio à teoria e à prática de avaliação e reformulação de currículo. São Paulo: Cortez, 1985. ISBN 9788524901218

SOUSA-SANTOS, Boaventura. A universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da universidade. São Paulo: Cortez, 2011. ISBN 9788524910593

TEIXEIRA, Luciana. et al. O processo de avaliação da educação superior no Brasil: uma abordagem teórica e crítica. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NAS AMÉRICAS, 13, 2013. Florianópolis. Anais. Florianópolis: INPEAU. 2013. Disponível em:

https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/114871. Acesso em: 23 out. 2017.

TEIXEIRA JUNIOR, Paulo. Roberto.; RIOS, Monica. Piccione. Gomes. Dez anos de SINAES: um mapeamento de teses e dissertações defendidas no período 2004 - 2014. Avaliação, Campinas, v. 22, n. 3, p. 793-816, dez. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141440772017000300793&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 24 out. 2017

TREVISAN, Monica. de Sousa.; SARTURI, Rosane. Carneiro. O estado da arte do SINAES: levantamento de teses e conceitos. In: SIMPÓSIO AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Porto Alegre. Anais. Porto Alegre: UFRGS. 2016 Disponível em: http://www.ufrgs.br/avalies2016/anaisdo-evento/artigos-1/156331.pdf. Acesso em: 24 out. 2017

UFRJ. Estatuto Interno da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualizado em 28 jun. 2018. Rio de Janeiro: UFRJ, 2018. Disponível em: www.ufrj.br. Acesso em: 27 nov. 2018.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Marcia Giraldez Evald, Gustavo de Oliveira Figueiredo

Downloads

Não há dados estatísticos.