Banner Portal
Percepções de estudantes universitários sobre a prática avaliativa de seus professores
Imagem: Universidade de Nápoles Federico II, fundada em 1224. - Google / Licença Creative Commons.
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Ensino superior
Ensino
Didática
Relação professor aluno

Como Citar

SILVA, Fabrício Oliveira da; VIEIRA, André Ricardo Lucas. Percepções de estudantes universitários sobre a prática avaliativa de seus professores. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 10, n. 00, p. e024021, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v10i00.8667226. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8667226. Acesso em: 17 jun. 2024.

Resumo

Introdução: A prática avaliativa na universidade constitui uma das principais preocupações dos estudantes, sobretudo num contexto em que a avaliação ainda é o elemento central para possibilitar a progressão dos estudantes no curso universitário. Objetivo: Neste sentido, este artigo busca compreender, pelo olhar dos discentes, como os professores realizam práticas avaliativas na universidade. Metodologia: A pesquisa é de natureza quantitativa e revela os resultados de um questionário do tipo survey, de 36 questões, aplicado a 997 estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS, de 28 distintos cursos de graduação da referida instituição. Os estudantes, em sua maioria são do sexo feminino; se autodeclaram pretos; são solteiros; não possuem filhos; moram com pais e/ou familiares em residências próprias ou de parentes, em Feira de Santana; e não desenvolvem atividade remunerada. Resultados: Sobre o desenvolvimento das avaliações, os estudantes disseram que os professores explicam como as mesmas serão realizadas, mas que nem sempre explicam os critérios que serão utilizados para a correção dos instrumentos avaliativos. Revelam que pouco os professores devolvem as avaliações com comentários. Conclusão: Há, ainda, a percepção dos estudantes de que a forma como eles se relacionam com os professores interfere no desenvolvimento de suas aprendizagens na universidade. 

https://doi.org/10.20396/riesup.v10i00.8667226
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

BOALER, J. Mathematical Mindsets. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 2015.

BUTLER, R. Task-involving and ego-involving properties of evaluation: Effects of different feedback conditions on motivational perceptions, interest and performance. Journal of Educational Psychology, 1987, v. 79p. 474–482.

BUTLER, R. Enhancing and undermining intrinsic motivation: The effects of task-involving and ego-involving evaluation on interest and performance. British Journal of Educational Psychology, 1988 v.58, 1–14.

DEMO, P. Avaliação sob o olhar propedêutico. Campinas: Papirus, 1996.

ELAWAR, M. C., & CORNO, L. A factorial experiment in teachers’ written feedback on student homework: Changing teacher behavior a little rather than a lot. Journal of Educational Psychology, 1985 v.77 (2), 162–173.

HAYATI, D; KARAMI, E.; SLEE, B. Combining qualitative and quantitative methods in the measurement of rural poverty. Social Indicators Research, v.75, p.361-394, Springer, 2006.

LUCKESI, C. C. O que é mesmo o ato de avaliar a aprendizagem? Porto Alegre: ARTMED. Ano 3, n. 12, fev./abr. 2000. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/2511.pdf. Acesso em: 26 set. 2021.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar. 14 ed. São Paulo: Cortez, 2002.

SANT'ANNA, I. M. Por que avaliar? Como avaliar? Critérios e Instrumentos. Rio de Janeiro: Vozes, 1995.

SILVA, F. O. da; RIBEIRO, M. L.; ALMEIDA, L. R. de M. A avaliação “é a bola girando na roda”: reflexões sobre práticas avaliativas na universidade. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 4, n. 3, p. 664–684, 2018. DOI: 10.20396/riesup.v4i3.8652413. Disponível em:

https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8652413. Acesso em: 29 set. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Fabrício Oliveira da Silva, André Ricardo Lucas Vieira

Downloads

Não há dados estatísticos.