Banner Portal
O que dizem estudantes da Unesp sobre experiência com ensino remoto emergencial
Imagem: Universidade de Nápoles Federico II, fundada em 1224. - Google / Licença Creative Commons.
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Ensino remoto emergencial
Graduação
Covid-19

Como Citar

TAVEIRA, Flavio Augusto Leite; ALVES, Natália Torres Colombo; PERALTA, Deise Aparecida. O que dizem estudantes da Unesp sobre experiência com ensino remoto emergencial: uma mirada benjaminiana. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 10, n. 00, p. e024018, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v10i00.8667598. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8667598. Acesso em: 21 jul. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: O presente estudo tem por objetivo discutir narrativas de estudantes de duas disciplinas, de dois cursos de graduação, de uma das unidades da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, acerca de suas experiências com o Ensino Remoto Emergencial (ERE). Metodologia: O ERE foi proposto em razão da pandemia da Covid-19 e se caracterizou por interações com finalidades pedagógicas por meio de aulas síncronas e assíncronas em plataformas digitais. Participaram deste estudo 59 estudantes regularmente matriculados nos cursos de Licenciatura em Matemática e Bacharelado em Zootecnia. Os dados foram constituídos por meio de um formulário online, no qual os estudantes foram convidados a escrever sobre suas experiências com ERE no ano letivo de 2020, e analisados na perspectiva das Mônadas de Walter Benjamim. Resultados: Pelas respostas ao formulário foi possível caracterizar descrições de experiências, diagnósticos e expectativas dos estudantes sobre ERE, bem como reflexões sobre desempenho nas atividades didáticas propostas, acerca da própria aprendizagem e do isolamento social. Conclusão: A maioria dos 59 estudantes consultados reconhece que o ERE cumpre o propósito de diminuir perdas em relação ao conteúdo das disciplinas, previstos nas matrizes curriculares dos cursos, mas as desigualdades sociais, evidenciadas pela falta de infraestrutura física e tecnológica, se fizeram presentes nas experiências com as atividades de ensino realizadas remotamente.

https://doi.org/10.20396/riesup.v10i00.8667598
PORTUGUÊS
ENGLISH (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

ARRUDA, Eucidio Pimenta. Educação Remota Emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede - Revista De Educação a Distância, Porto Alegre, v.7, n.1, p. 257-275, 2020. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/621. Acesso em: 08 out. 2020.

BARBOSA, Roberta de Oliveira. Experiências de formação docente: entre recomendações técnicas e ações comunicativas. 122f. Dissertação (Mestrado em Ensino e Processos Formativos) – Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, 2021.

BENJAMIN, Walter. Experiência e pobreza [1933]. In: BENJAMIN, W. O anjo da história. Org. e Trad. João Barrento. p. 85-90. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

BRASIL, Ministério da Educação do. Conselho Nacional de Educação. Nota de Esclarecimento. Brasília, 2020. Disponível em: http://consed.org.br/media/download/5e78b3190caee.pdf. Acesso em 08 out. 2020.

CONRAD, Sebastian. O que é a história global? Lisboa: Edições 70, 2019.

CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADE ESTADUAIS PAULISTAS. Comunicado CRUESP nº. 03/2020. 2020. Disponível em: https://sites.usp.br/cruesp/wp-content/uploads/sites/620/2020/05/Cruesp_Comunicado03.pdf. Acesso em: 08 out. 2020.

DE MORAIS, Guilherme Augusto Louzada Ferreira. O conceito de experiência, de Walter Benjamin, análogo às narrativas heroicas clássicas. Letras Escreve, Macapá, v. 7, n. 3, p. 385-402, 2018. Disponível em: https://periodicos.unifap.br/index.php/letras/article/view/3167. Acesso em: 08 out. 2020.

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. Portaria Unesp nº 122, de 27 de março de 2020. Define as diretrizes para o desenvolvimento e a adaptação das disciplinas da Graduação para atividades não presenciais em virtude da pandemia do Coronavírus (Covid-19). 2020a. Disponível em: < https://www.adunesp.org.br/images/Portaria_Unesp_122-2020_1.pdf. Acesso em: 08 out. 2020.

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. Portaria Unesp nº 128, de 23 de abril de 2020. Dá nova redação à Portaria Unesp 122-2020, que definiu diretrizes para o desenvolvimento e a adaptação das disciplinas da Graduação para atividades não presenciais em virtude da pandemia do Coronavírus (Covid-19). 2020b. Disponível em: http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/doflash/prototipo/2020/Abril/24/exec1/pdf/pg_0047.pdf. Acesso em: 08 out. 2020.

FACULDADE DE ENGENHARIA DE ILHA SOLTEIRA. Portaria GD nº 2, de 12 de junho de 2020. Define os critérios mínimos estabelecidos para a utilização do Ensino Remoto Emergencial (ERE) adotado pela Faculdade de Engenharia, UNESP Câmpus de Ilha Solteira. Ilha Solteira: FEIS, 9 p., 2020. Disponível em: https://www.feis.unesp.br/Home/Instituicao/administracao/cpe548/portaria_gd22020_criterios_minimos_ere.pdf. Acesso em: 08 out. 2020.

GOODSON, Ivor Frederick; PETRUCCI-ROSA, Maria Inês. "Oi Iv, como vai? Boa sorte na escola!” notas (auto)biográficas constitutivas da história de vida de um educador. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, Salvador, v. 5, n. 13, p. 91-104, 28 jun. 2020. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/7506. Acesso em: 17 nov. 2021.

HABERMAS, Jürgen. Teoria do Agir Comunicativo 1: racionalidade da ação e racionalização social. São Paulo: Martins Fontes, 2012a.

HABERMAS, Jürgen. Teoria do Agir Comunicativo 2: sobre a crítica da razão funcionalista. São Paulo: Martins Fontes. 2012b.

LIMA, Claudemir Monteiro de. A percepção de professores e coordenadores pedagógicos sobre a implantação curricular do novotec integrado: entre o sistema e o mundo da vida. 253f. Dissertação (Mestrado em Ensino e Processos Formativos) – Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, 2021.

LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A cultura-mundo. Resposta a uma sociedade desorientada. Lisboa: Edições 70, 2010.

PACHECO, José Augusto. Inovar para mudar as escolas. Porto: Porto Editora, 2019.

PETRUCCI-ROSA, Maria Inês et. al. Narrativas e Mônadas: potencialidades para uma outra compreensão de currículo. Currículo sem Fronteiras, v.11, n.1, pp.198-217, Jan/Jun 2011.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Flavio Augusto Leite Taveira, Natália Torres Colombo Alves, Deise Aparecida Peralta

Downloads

Não há dados estatísticos.