A concepção sobre “natureza” e “meio ambiente” para distintos atores sociais

Autores

  • Joseane Aparecida Euclides dos Santos Universidade de São Paulo
  • Rosely Aparecida Liguori Imbernon Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/td.v10i2.8637372

Palavras-chave:

Educação ambiental. Natureza. Meio ambiente.

Resumo

Neste trabalho buscou-se identificar a construção e significados de “Natureza” e “Meio ambiente” apre­sentada por alunos ingressantes e graduandos do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza (LCN) da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH/USP; participantes do projeto de extensão Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI) da EACH/USP; alunos do curso preparatório para o vestibular da organização não governamental Educação e Cidadania para Afrodescendentes e Carentes (EDUCAFRO) e professores da rede pública de ensino do estado de São Paulo. A metodologia adotada consistiu em questionário dissertativo aplicado aos participantes. Os resultados indicam que não há consenso no tocante à significação da “natureza” e “meio ambiente”. Porém, notou-se que há uma forte tendência em associar “natureza” a ecossistemas naturais, numa percepção focada nas definições da ecologia, enquanto no caso de “meio ambiente” a percepção está focada no espaço, associando-o à vida urbana, à antroposfera.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joseane Aparecida Euclides dos Santos, Universidade de São Paulo

Graduanda em Licenciatura em Ciências da Natureza, Escola
de Artes, Ciências e Humanidades - EACH - Universidade
de São Paulo - USP

Rosely Aparecida Liguori Imbernon, Universidade de São Paulo

Professor Associado da Escola de Artes, Ciências e Humanidades - EACH - Universidade de São Paulo - USP

Referências

BELTRANE, R.J.A. 2008. A Concepção de Natureza entre Estudantes do Curso de Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, Univ. Fed. Santa Catarina. 65p. (Dissert. Mestr.).

BEZERRA, T. M. O, Gonçalves A. P. C. 2007. Concepções de Meio Ambiente e Educação Ambiental por Professores da Escola Agrotécnica Federal de Vitória de Santo Antão - PE. Biotemas, 20(3):115-125.

BIBLIA, Português 1994 Bíblia Sagrada. Bíblia Online URL: http://www.bibliaonline.com.br/acf/gn/1.

BRAGA, M., GUERRA, A, REIS, J.C. 2004. Breve História da Ciência Moderna. Vol. 2: Das Máquinas do Mundo ao Universo. Máquina séc XVI a XVII. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Ed.

CAMPONOGARA, S., KIRCHHOF, A.L.C, RAMOS, F.R.S. 2007. Reflexões Sobre o Conceito de Natureza: Aportes Teóricos Filosóficos. Fund. Univ. Fed. Rio Grande. Rev. Eletr. Mestr. Educ. Amb., 18(Janeiro a junho).

CARVALHO, I.C.M. 2004. Educação ambiental: A formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez.

CASTELNOU, A.M.N. 2006. Cidade e Natureza: Uma introdução ao Tema. Piracicaba, Impulso, 17(44):17-30.

COIMBRA, J.A.A.O. 1985. Outro Lado do Meio Ambiente. CETESB. Esecetesb. São Paulo, CETESB, SP, 110 p.

COSTA, S.S. 2007. Compensação Ambiental: Uma alternativa de recursos para a implementação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. Brasília, Univ. Brasília. 165p. (Dissert. Mestr.).

DUBOS, R.J. 1981. Namorando a Terra. São Paulo. Ed. Melhoramentos, 1981. 120p.

FALCÃO, E.B.M, BARROSO, M.F, BELO, C.L.A. 2004. Representações de natureza e caracterização do perfil cultural dos estudantes de Física da UFRJ. In: Enc. Pesq. Ens. Física, 9, São Paulo, 2004. Anais... São Paulo: Soc. Bras. Física.

FALCÃO, E.B.M., ROQUETE, G.S. 2007. As Representações sociais de natureza e sua importância para a educação ambiental: uma pesquisa em quatro escolas. Ensaio. Pesq. Educ. Ciências, 9:1.

FIUGUEIREDO, T. 2008. Sentir, Pensar e Agir. A Educação Ambiental na Perspectiva Biocêntrica. Pelotas: Rev. Pens. Biocêntrico, (9).

FOLTZ, B.V., FRODEMAN, R. ed. 2004. Rethinking nature: essays in environmental philosophy. Bloomington: Indiana Univ. Press. p.149-164.

GONÇALVES, C.W.P. 1998. Os (des)caminhos do meio ambiente. São Paulo: Contexto, 1998.

GONÇALVES, M. 2006. Filosofia da natureza. Jorge Zahar Editor Ltda. Rio de Janeiro. 2006

LOUREIRO, C.F.B. O movimento Ambientalista e o pensamento crítico: uma abordagem política. 2. ed. Rio de Janeiro: Quartet, 2006.

MCCORMICK, J. 1992. Rumo ao Paraíso: a história do movimento ambientalista.Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1992.

MEDEIROS, M.G. 2002. Natureza e Naturezas na Construção Humana: Construindo Saberes das Relações Naturais e Sociais. Bauru: Ciência e Educação, 8(1):71-82.

MORAES, R. 2003. Uma Tempestade de Luz: A compreensão Possibilitada pela Análise Textual Discursiva. Ciência e Educação, 9(2):191-211

MORIMOTO, C., SALVI, R.F. 2009. As Percepções do Homem Sobre a Natureza. In: 12 Encuentro de Geógrafos de América Latina, Caminando en una América Latina en transformación, Montevidéu, 2009.

MOSCOVICI, S. 1978. A representação social da psicanálise. Zahar ed. Rio de Janeiro.

OLIVEIRA, A.M.S. 2002. Relação homem/natureza no modo de produção capitalista. Scripta Nova, Revista Electrónica de Geografía y Ciencias Sociales, Univ. Barcelona, VI(119):18.

PINA, A.T.M, LUZ, A.C.R, BARROS, M.F.G., SANTIAGO, P.C., SILVA, L.P. 2004. Concepções de Meio Ambiente de alunos de uma Escola de Ensino Fundamental de Belém. In: Enc. Nac. Didática e Prática de Ensino, 12, Curitiba. Anais... Curitiba: PUCPR.

PORTO, C.M., PORTO, M.B.D.S.M. 2008. A Evolução do Pensamento Cosmológico e o Nascimento da Ciência Moderna. Rev. Bras. Ens. Física, 30(4):4601-4601.

REIGOTA, M. 2001. O meio ambiente e representação social. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2001. 87p. (Col. Questões da nossa época, v. 41).

RONGAGLIO, C. 2009. A ideia da natureza como patrimônio: um percurso histórico. Ed. UFPR. Desenvolvimento e Meio Ambiente, (19):111-128.

SANTOS, J.A.E., RODRIGUES, J., IMBERNON, R.A.L. 2009. As diferentes concepções de natureza, meio ambiente e ciências da natureza para alunos do ciclo básico da Escola de Artes, Ciências e Humanidades – EACH-USP. Rev. Metáfora Educacional,(7):15-26.

SILVA, I.M., CARDOSO, I.B.F., FALCÃO, E.B.M. 2007. Estudantes de Graduação em Ciências Biológicas e suas representações de Natureza: Uma reflexão para análises em Ecologia Humana. In: Congr. Ecologia do Brasil, Caxambu, 2007. Anais... Caxambu.

SOARES, M.L.A. 2008. Da evolução da concepção de Natureza e de Homem na ambiência de uma Educação Ambiental Crítica. In: ANPED. Caxambu, 2008. Constituição Brasileira, Direitos Humanos e Educação. Rio de Janeiro, ANPED.

SOUZA, R. 2004. Visões de Natureza x Vertentes Ideológicas do Ambientalismo: Contribuição ao Debate Sobre a Sustentabilidade no Brasil. In: Enc. Assoc. Nac. Pós-Grad. Pesq. Amb. Sociedade, 2, Indaiatuba, 2004. Anais... Indaiatuba, ANPPAS.

VIO, A.P.A. 2001 (coord.). Direito Ambiental de áreas protegidas. O regime jurídico das unidades de Conservação. Rio de Janeiro: Ed. Forense Univ. 547p.

Downloads

Publicado

2015-06-23

Como Citar

SANTOS, J. A. E. dos; IMBERNON, R. A. L. A concepção sobre “natureza” e “meio ambiente” para distintos atores sociais. Terræ Didatica, Campinas, SP, v. 10, n. 2, p. 151–159, 2015. DOI: 10.20396/td.v10i2.8637372. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8637372. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.