A brief history of scientific ocean drilling programs / Breve história dos programas científicos

  • Michael Passow University of Columbia
  • Hélder Pereira Escola Secundária de Loulé
  • Leslie Peart Deep Earth Academy
Palavras-chave: Perfuração oceânica. Formação profissional de professores. Pesquisa no mar.

Resumo

Recentemente, o Brasil aderiu ao Integrated Ocean Drilling Program, que realiza expedições científicas em todo o mundo. Isso permitiu que cientistas brasileiros pudessem participar na exploração do fundo do oceano nas imediações de uma fossa oceânica ao largo da Costa Rica. A perfuração do fundo do oceano para fins científicos foi proposta pela primeira vez em 1957 e começou na década de 60 do século XX. Em 1968, naquela que foi apenas a sua terceira expedição, o “Glomar Challenger” recuperou amostras de rochas e sedimentos dos dois lados da dorsal média-oceânica no Atlântico Sul, e revelou a expansão dos fundos oceânicos. Antes da capacidade de perfurar o fundo do oceano a grandes profundidades, os cientistas apenas tinham à sua disposição testemunhos obtidos com amostradores de tipo “pistão”. Os microfósseis obtidos a partir desses testemunhos têm permitido fazer muitas descobertas sobre as oscilações climáticas da Terra. Nas expedições realizadas atualmente pelo “JOIDES Resolution”, pelo “Chikyu”, e pelas plataformas de perfuração das missões específicas, continuam a surgir descobertas impressionantes que têm contribuído para melhorar a compreensão da história geológica do nosso planeta. Nos últimos anos, vários educadores têm acompanhado os cientistas durante as expedições, e criaram vários materiais educativos e de divulgação destinadas a estudantes e ao público em geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michael Passow, University of Columbia
Professor de Ciências na Dwight Morrow High School, Englewood, New Jersey, USA. Diretor das Oficinas Earth2Class para Professores, do LamontDoherty Earth Observatory da Univ. Columbia e ex-Presidente da National Earth Science Teachers Association.
Hélder Pereira, Escola Secundária de Loulé
Professor de Biologia e Geologia na Escola Secundária de Loulé, Portugal. Participante de duas expedições IODP a bordo do JOIDES Resolution.
Leslie Peart, Deep Earth Academy
Diretora de Educação na Deep Earth Academy, o programa educacional do Consortium for Ocean Leadership. Organizou os programas School of Rock, e desenvolveu recursos online para estudantes e professores.

Referências

Apresentações sobre o IODP e a “School of Rock” 2009 efectuadas durante o Ano Internacional do Planeta Terra (2007-2009) . URL: http://www.es-loule.edu.pt/biogeo/sor2009/IODP@IYPE_Lisbo-nEvent09.pdf

Apresentação sobre microfósseis. URL: http://www.esloule.edu.pt/biogeo/sor2009/Microfosseis_os_contadores_de_historias_dos_oceanos.pdf

http://www.esloule.edu.pt/biogeo/sor2009/SOR@IYPE_LisbonEvent09.pdf

O estudo dos fundos oceânicos - Parte I. URL: http://www.esloule.edu.pt/biogeo/sor2009/O_estudo_dos_fundos_oceanicos_Parte_I.pdf

O estudo dos fundos oceânicos - Parte II. URL: http://www.esloule.edu.pt/biogeo/sor2009/O_estudo_dos_fundos_oceanicos_Parte_II.pdf

Página web da Expedição 339: Mediterranean Outflow. URL: http://joidesresolution.org/node/2053 e respectivo blogue. URL: http://joidesresolution.org/blog/52

Projecto LABoratório Oceano (LABO) (sítio com muitos recursos sobre o estudo do oceano) . URL: http://www.esloule.edu.pt/cfp/moodle/course/view.php?id=17

Vídeo “Core on Deck! The Journey of how the Samples travel from the Rig Floor to the Core Lab”. URL: http://www.youtube.com/watch?v=wC9lDPvvze0

Publicado
2015-06-25
Como Citar
Passow, M., Pereira, H., & Peart, L. (2015). A brief history of scientific ocean drilling programs / Breve história dos programas científicos. Terrae Didatica, 9(2), 65-73. https://doi.org/10.20396/td.v9i2.8637392
Seção
Artigos