Banner Portal
Traçando caminhos ao “geociências virtual”: reflexões sobre comunidades online de aprendizagem
PDF

Palavras-chave

Comunidade de geociências. Comunidade online. Aprendizagem online.

Como Citar

HORNINK, Gabriel Gerber; GALEMBECK, Eduardo; COMPIANI, Maurício. Traçando caminhos ao “geociências virtual”: reflexões sobre comunidades online de aprendizagem. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 22–33, 2015. DOI: 10.20396/td.v9i1.8637407. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8637407. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

O artigo insere-se nas discussões sobre os ambientes virtuais como espaço de comunicação, interação e trabalho colaborativo para o ensino-aprendizagem. Esse último aspecto será aprofundado, destacando-se as comunidades educacionais e científicas envolvidas com a aprendizagem e o desenvolvimento online, em especial aquelas relacionadas as geociências. Pretende-se discutir sobre como as interações sociais em rede e as ferramentas culturais digitais (FCD) podem contribuir para o desenvolvimento de comunidades online, assim como apresentar os resultados do site Geociências Virtual (GV), o qual se propõe a ser espaço de colaboração. O GV propicia o compartilhamento de mídias digitais e espaço de interação e diálogo, possibilitando ampliar as relações entre os interessados, construir conhecimentos e catalizar a criação de novas comunidades e oportunidades para as geociências, como também contribuir para as discussões sobre as comunidades no ciberespaço, como parte de um processo cíclico entre as mudanças culturais e o desenvolvimento de novas FCD.

https://doi.org/10.20396/td.v9i1.8637407
PDF

Referências

ANDRADE, P.F. 2003. Aprender por projetos, formar educadores. In: VALENTE, J.A. Org. 2003. Formação de educadores para o uso da informática na escola. Campinas: NIED/UNICAMP.

AXT, M. 2004. Comunidades virtuais de aprendizagem. Informática na Educação: teoria & prática, 7(1):111-116.

BAKHTIN, M.M. 1986. Speech Genres and Other Late Essays. Trad. V. W. McGee. Austin: University of Texas Press. 177p.

CASTELLS, M. The internet Galaxy: Refletions on the Internet, Business and society. Oxford: Oxford University Press. 2003. 304.

DELANTY, G. 2006. Community: Comunidad, educación ambiental y ciudadanía.[traduccion al espanhol Eva Verloop] Barcelona: Editora Graó. p. 279

COMPIANI, M. (Coord.). et al. 2006. Conhecimentos escolares relacionados à ciência, à sociedade e ao ambiente em microbacia urbana, Projeto Petrobras Ambiental, n° 2006/834, Campinas.

COSTA, L., JUNQUEIRA, V., MARTINHO, C, FECURI, J. (coords.). 2003. Redes: Uma introdução às dinâmicas da conectividade e da auto-organização. WWF-Brasil. URL: http://www.wwf.org.br/informacoes/bliblioteca/?3960. Acesso: 09.01.2012.

FERNANDES, P.A. 2004. Semiótica da interatividade: Uma análise semiótica da interatividade. In: Congr. Bras. Ciência da Comunicação, 27, Anais. Porto Alegre. URL: http://galaxy.intercom.org.br:8180/dspace/bitstream/1904/18142/1/R0101-1.pdf. Acesso: 04.09.2012.

GALEMBECK, E., HORNINK, G.G., YOKAICHIYA, D.Y., KIMURA, E.K. 2006. Collaborative Digital Library. In: IOSTE – Intern. Org. for Science and Technology Education, 12, Penang. Proc, 1:34-41. (CD-ROM)

GARCIA, J.M., GRECA, I.M., MENESES, J.A. 2008. Comunidades virtuales de práctica para el desarollo profissional docente em Enseñanza de las Ciências. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 7(2):439-462. URL: http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen7/ART10_Vol7_N2.pdf. Acesso: 08.05.2011.

HORNINK, G.G. 2010. Cartografando online : caminhos da informática na escola com professores que elaboram conhecimentos em formação. Campinas: Inst. Geoc. UNICAMP. 306p. (Tese Doutorado).

JONES, R.H. 2005. Sites of engagement as sites of at- Sites of engagement as sites of attention: time, space and culture in electronic discourse. 141p. In: NORRIS, S., JONES, R.H. eds. 2005. Discourse in Action: introducing mediated discourse analysis, New York: Taylor & Francis Inc. 229p.

JONES, R.H., NORRIS, S. 2005. Introducing mediated action. 49p. In: NORRIS, S., JONES, R.H. eds. 2005.Discourse in Action: introducing mediated discourse analysis, New York: Taylor & Francis Inc. 229p.

LÉVY, P. 1999. Cibercultura. Ed. 34, São Paulo. 264p.

MAGDALENA, B.C., COSTA, I. E. T. 2005. Novas formas de aprender: comunidades de aprendizagem. MEC, Boletim 15. URL: http://www2.ufmg.br/ead/ead/Home/Biblioteca-Digital/Referencias/Novas-formas-de-aprender-comunidades-de--aprendizagem. Acesso: 18.09.2011.

OLIVEIRA, E.S.G.O., CAPELLO, C., REGO, M.L., VILLARDI, R. 2004. Processo de aprendizagem em uma perspectiva sócio – interacionista ... ensinar é necessário, avaliar é possível. In: Congr. Intern. Ensino a Distância, 11, Anais. Rio de Janeiro. URL: http://www.abed.org.br/congresso2004/por/htm/171-TC-D4.htm. Acesso: em: 30.11.2011.

PALLOFF, R., PRATT, K. O Aluno Virtual: um guia para trabalhar com estudantes online. Porto Alegre: Artmed. 2004. 216 p

RHEINGOLD, H. The virtual community: Homestading on the eletronic frontier. Reading, MA: Addison-Wesley. 1993. 325p.

ROGOFF, B. 1993. Aprendices del pensamiento. El de Aprendices del pensamiento. El desarollo cognitivo en el contexto social. Barcelona: Ediciones Paidós. 301p.

TEIXEIRA, W., FAIRCHILD, T.R., TOLEDO, M.C.M., TAIOLLI, F. (Orgs.). 2009. Decifrando a Terra. 2. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional. 624p.

WEBER, M. 2002. Conceitos básicos de sociologia. 5. ed. São Paulo: Centauro. 104p.

Terrae Didatica utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Terrae Didatica, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.