Documentário “História de Pescador”

análise do processo de elaboração participativa com estudantes de gestão ambiental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/td.v18i00.8668044

Palavras-chave:

Pesca na Baía de Guanabara, Pesquisa participativa, Documentários ambientais

Resumo

Pesquisas Participativas alinham-se em projetos de envolvimento de ações nas quais existe a participação de pessoas ao longo do processo. O recurso audiovisual desempenha papel relevante na divulgação de informações, com evidente potencial em Educação Ambiental. Esta pesquisa analisou de que forma a participação na construção de um documentário sobre pesca na Baía de Guanabara contribuiu para a formação de estudantes de Gestão Ambiental. Na produção do material foi utilizada uma sequência metodológica de pesquisa participativa. Na coleta de dados foram feitas gravações e transcrições dos encontros, estudadas à luz da Análise de Conteúdo. Os resultados mostram que a participação incentivou o debate, a pesquisa e mudanças de percepção sobre o tema, além de ter sido produzido um material que transmite com êxito a mensagem pretendida. O estudo enaltece a convicção da essencialidade da pesquisa, da troca e da reflexão crítica na formação de gestores ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Mendes de Almeida, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorando no programa de pós-graduação em Educação em Ciências e Saúde do Instituto Nutes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 

Tayná de Souza Pereira, Universidade Celso Lisboa

Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Celsso Lisboa.

Marcelo Borges Rocha, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

Doutor em Divisão de Editoração pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Foseca. Docente da graduação em Engenharia Ambiental e do programa de pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Educação pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Foseca. Docente da pós-graduação em Educação em Cências e Saúde e do programa de pós-graduação em Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  

Referências

Arroio, A., & Giordan, M. (2006). O vídeo educativo: aspectos da organização do ensino. Química Nova na Escola, (24), 8-11.

Bardin, L. (2006). Análise de conteúdo. Trads. L. A. Rego & A. Pinheiro. Lisboa: Edições 70. (Obra original publicada em 1977).

Borda, O. F. (1999). Aspectos teóricos da pesquisa participante. In: Brandão, C. R. (Org.). (1999). Pesquisa Participante. São Paulo: Brasiliense. p. 42-62.

Brandão, C. R., & Borges, M. C. (2007). A pesquisa participante: um momento da educação popular. Revista de Educação Popular, 6(1). Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/19988.

Cunha, A. S., & Leite, E. (2009). Implicações para a Educação Ambiental. Disponível em: http://www4.pucminas.br/graduacao/cursos/arquivos/ARE_ARQ_REVIS_ELETR20090930145741.pdf.

Demo, P. (1999). Elementos metodológicos da pesquisa participante. In: Brandão, C. R. (Org.) (1999). Repensando a pesquisa participante. São Paulo: Brasiliense. p. 104-130.

Franco, G. (1977). O Vídeo Educativo: subsídios para a leitura crítica de documentários. Revista Tecnologia Educacional, 136(137), 20-23.

Freire, L. A., & Caribé, A. L. (2004). O filme em sala de aula: como usar. Rev. Eletr. O olho da história, 6, 1-12.

Gabarrón, L. R., Landa, L. H. (2006) O que é pesquisa participante? In: Brandão, C.R., Streck, D. R. Pesquisa participante: a partilha do saber. Aparecida, SP: Ideias&Letras. (pp. 113- 125)

Le Boterf, G. (1980). Pesquisa participante: proposta e reflexões metodológicas. In: Brandão, C. R. (Org.). (1980). Repensando a Pesquisa Participante. São Paulo: Brasiliense. p. 51-81.

Marin, A. A. (2008). Pesquisa em educação ambiental e percepção ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental, 3(1), 203-222. DOI: https://doi.org/10.18675/2177-580X.vol3.n1.p203-222

Mello, D. A., Rouquayrol, M. Z., Araújo, D., Amadei, M., Souza, J., Bento, L. F., ... & Nascimento, J. (1998). Promoção à saúde e educação: diagnóstico de saneamento através da pesquisa participante articulada à educação popular (Distrito São João dos Queiroz, Quixadá, Ceará, Brasil). Cadernos de Saúde Pública, 14(3), 583-595. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X1998000300015

Nichols, B. (2005). Introdução ao documentário. Trad. Mônica Saddy Martins.

Oliveira, J. R. S. D., & Queiroz, S. L. (2007). Construção participativa do material didático “Comunicação e linguagem científica: guia para estudantes de Química”. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 6(3), 673-690.

Panagassi, I., Setin, M. F., Assis, N. A., & Malavazzi, A. A. (2017). Produção audiovisual como instrumento de educação ambiental: experiência em Unidade de Conservação. Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA), 12(5), 126-139. DOI: https://doi.org/10.34024/revbea.2017.v12.2399

Pereira, T. S., Monerat, C. A. A., Borim, D. C. D. E., Rocha, M. B., & Almeida, G. M. de. (2021). O documentário como forma de divulgar Ciência: uma análise da obra “Quando éramos macacos”. Campinas, Terrae Didatica, 17(Publ. Contínua), e021024. doi: 10.20396/td.v17i00.8665095.

Rodrigues, F. L. (2010). Uma breve história sobre o cinema documentário brasileiro. CES revista, 24(1), 61-73.

Santo, C. D. E., & Freire, I. M. (2004). "Quissamã somos nós!": construção participativa de hipertexto. Ciência da Informação, 33(1), 155-168. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-19652004000100019

Tripp, D. (2005). Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa 31(3), 443-466. doi: 10.1590/S1517-97022005000300009 DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000300009

Valle, E. R. M. D. (1988). A pesquisa participante como metodologia de pesquisa em enfermagem. Säo Paulo, Enfoque, 16(1), 20-23.

Zaher, C. A., & Junior, E. G. (2012). Múltiplas abordagens da educação não formal em solos: a elaboração de vídeos documentários. Revista Homem, Espaço e Tempo, 6(2). Disponível em: http://rhet.uvanet.br/index.php/rhet/article/view/123. Acesso em: 05.04.2022.

Downloads

Publicado

2022-06-07

Como Citar

ALMEIDA, G. M. de; PEREIRA, T. de S. .; ROCHA, M. B. Documentário “História de Pescador”: análise do processo de elaboração participativa com estudantes de gestão ambiental. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 18, n. 00, p. e022012, 2022. DOI: 10.20396/td.v18i00.8668044. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8668044. Acesso em: 13 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)