Banner Portal
Tendências e padrões do uso de biodigestores em estudos brasileiros
PDF

Palavras-chave

Tecnologia social
Compostagem
Educação ambiental
Engenharia ambiental

Como Citar

SANTOS, Nicoly Muniz dos; COSTA, Pedro Miguel Marques da; ROCHA, Marcelo Borges. Tendências e padrões do uso de biodigestores em estudos brasileiros. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 18, n. 00, p. e022019, 2022. DOI: 10.20396/td.v18i00.8668552. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8668552. Acesso em: 16 abr. 2024.

Resumo

É evidente a necessidade de se pensar estratégias alternativas para a gestão dos resíduos orgânicos e diversificação da matriz energética. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo identificar tendências e padrões sobre biodigestores e gestão de resíduos orgânicos em estudos brasileiros. Para tal, realizou-se um levantamento de teses e dissertações na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, entre os anos de 2016 e 2021, acerca do tema “biodigestor”. Foram obtidas 29 publicações, que foram analisadas de forma quali-quantitativa com o auxílio de descritores gerais e específicos. O estudo permite observar que os modelos de biodigestor mais utilizados foram batelada e canadense e que os restos de alimentos e dejetos de animais foram os resíduos mais notáveis. Os resultados alcançados colaboram com a percepção de que deva haver mais investimentos em biodigestores, pois são ótimas fontes de energia renovável e sustentável.

https://doi.org/10.20396/td.v18i00.8668552
PDF

Referências

Bacciotti, A. (2016). Produção de biodigestor e horta orgânica como elemento integrador entre escola e sociedade. Mestrado profissional em docência para a educação básica. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista. (Tese Dout.). URL: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/137994. Acesso 11.05.2022.

Barros, T. D. (2021). Biofertilizantes. Distrito Federal, Brasil. Agência Embrapa de Informação Tecnológica. URL: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/agroenergia/arvore/CONT000fj1gh4ku02wyiv802hvm3jd85f37c.html. Acesso 11.05.2022.

Bezerra, G. P. F. (2016). Avaliação de diferentes modelos de biodigestores para tratamento de resíduos sólidos urbanos gerados no restaurante universitário da UFPB. João Pessoa, PB: Universidade Federal da Paraíba. (Tese Dout.). URL: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9120. Acesso 11.05.2022.

Campaner, V. P., & Luiz-silva, W. (2009). Processos físico-químicos em drenagem ácida de mina em mineração de carvão no sul do Brasil. Química Nova, 32(1), 146-152. URL: http://quimicanova.sbq.org.br/detalhe_artigo.asp?id=408. Acesso 11.05.2022.

Campos, M. L., Almeida, J. A., Silveira, C. B., Gatiboni, L. C., Albuquerque, J. A., Mafra, Á. L., Miquelluti, D. J., Filho, O. K., & Santos, J. C. P. (2010). Impactos no solo provocados pela mineração e depósito de rejeitos de carvão mineral. Revista de Ciências Agroveterinárias, 9(2), 198-205. URL: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5301/3511. Acesso 11.05.2022.

Castanho, D. S.; & Arruda, H. J. (2008). Biodigestores. Embrapa Agricultura Digital, 2(21). URL: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/chines1_000g7gph0mm02wx5ok0wtedt3q5rn9mk.pdf. Acesso 11.05.2022.

De-la-Torre-Ugarte-Guanilo, M. C., Takahashi, R. F., & Bertolozzi, M. R. (2011). Revisão sistemática: noções gerais. Rev. Esc. Enferm. USP, 45(5), 1260-1266. URL: https://www.scielo.br/j/reeusp/a/CRjvBKKvRRGL7vGsZLQ8bQj/?format=pdf&lang=pt. Acesso 11.05.2022.

Deganutti, R., Palhaci, M. C. J. P., Rossi, M., Tavares, R., & Santos, C. (2002). Biodigestores rurais: modelo indiano, chinês e batelada. Embrapa Agricultura Digital. URL: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/Biodigestores_000g76qdzev02wx5ok0wtedt3spdi71p.pdf. Acesso 11.05.2022.

Esgotecnica. (2019). Fossa séptica biodigestora: o que é, para que serve e quanto custa. Esgotecnica. URL: https://www.limpafossa.com.br/fossa-septica-biodigestora-o-que-e-para-que-serve-e-quanto-custa/. Acesso 11.05.2022.

Felema, J., Raiher, A. P., & Ferreira, C. R. (2013). Agropecuária Brasileira: desempenho regional e determinantes de produtividade. Revista de Economia e Sociologia Rural, 51(3), 555-574. doi: 10.1590/S0103-20032013000300008.

Galvão, M. C. B., & Ricarte, I. L. M. (2019). Revisão sistemática da literatura: conceituação, produção e publicação. Logeion: Filosofia da Informação, 6(1), 57-73. URL: https://www.researchgate.net/publication/335831854_REVISAO_SISTEMATICA_DA_LITERATURA_CONCEITUACAO_PRODUCAO_E_PUBLICACAO/link/5d7ede30a6fdcc2f0f713bad/download. Acesso 11.05.2022.

Guerra, S. M., & Carvalho, A. V. d. (1995). Um paralelo entre os impactos das usinas hidrelétricas e termoelétricas. Revista de Administração de Empresas, 35(4), 83-90. doi: 10.1590/S0034-75901995000400010.

Hilu, L., & Gisi, M. L. (2011). Produção científica no Brasil: um comparativo entre as universidades públicas e privadas. Curitiba, PR: Congresso Nacional de Educação (Educere), X, 2011. p. 5664-5672. URL: https://educere.bruc.com.br/CD2011/pdf/5221_3061.pdf. Acesso 11.05.2022.

Mateus, A. L. M. L., Machado, A. H., & Aguiar, P. A. (2019). Tabela de Tempo de Decomposição de Materiais: Contexto para a Abordagem de Química Ambiental no Ensino Profissional de Nível Médio. Revista Química Nova na Escola, 41(3), 259-265. doi: 10.21577/0104-8899.20160165.

Ministério do Meio Ambiente. (2017). Gestão de Resíduos Orgânicos. Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente. URL: https://antigo.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/residuos-solidos/gestão-de-resíduos-orgânicos.html. Acesso 11.05.2022.

Oliver, A. P. M. (2008). Manual de treinamento em biodigestão. (Instituto Winrock, Brasil. URL: https://docplayer.com.br/3948560-Manual-de-treinamento-em-biodigestao.html.

Rabelo, T. O., Santos, N. M., Costa, D., Nascimento, M., & Lima, Z. M. C. (2018). A Contribuição da Geodiversidade na prestação dos Serviços Ecossistêmicos do manguezal. Revista de Geociências do Nordeste, 4, 281-297. doi: 10.21680/2447-3359.2018v4n0ID16110.

Reis, A. D. S. (2012). Tratamento de resíduos sólidos orgânicos em biodigestor anaeróbio. Mestrado profissional em engenharia civil e ambiental. Recife, PE: Universidade Federal de Pernambuco. (Tese Dout.). URL: https://www.ufpe.br/documents/39810/1355139/AlexsandroSantosReis.pdf/fe045cb1-ddc5-4561-b240-047ed112b4c1. Acesso 11.05.2022.

Santos, V. F. D., Massi, L, & Villani, A. (2015). O estado da arte das dissertações do Mestrado Profissional em ensino de ciências da Universidade de Brasília. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (X ENPEC), Águas de Lindóia, SP, nov. 2015. 9p. URL: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R1101-1.PDF. Acesso 11.05.2022.

Siddaway, A., Wood, A. M., & Hedges, L. V. (2019). How to Do a Systematic Review: A Best Practice Guide for Conducting and Reporting Narrative Reviews, Meta-Analyses, and Meta-Syntheses. Annual Review of Psychology, 70(1), 747-770. doi: 10.1146/annurev-psych-010418-102803

Souza, D. (2021). ABREN Aponta para o grande potencial do Rio de Janeiro em geração de energia a partir do lixo (PetroNotícias). Associação Brasileira de Recuperação Energética de Resíduos. URL: https://abren.org.br/2021/06/22/abren-aponta-para-o-grande-potencial-do-rio-de-janeiro-em-geracao-de-energia-a-partir-do-lixo-petronoticias/. Acesso 11.05.2022.

Souza, S. N. M. d., Pereira, W. C., Nogueira, C. E. C., Pavan , A. A., & Sordi, A. (2004). Custo da eletricidade gerada em conjunto motor gerador utilizando biogás da suinocultura. Acta Scientiarum Technology, 26(2), 127-133. doi: 10.4025/actascitechnol.v26i2.1510

Souza, W. A. (2016). Introdução de geociências no ensino médio através de oficinas pedagógicas de mineração. URL: https://www.eng-minas.araxa.cefetmg.br/wp-content/uploads/sites/170/2018/05/Wane_Aparecida_de_Souza.pdf. Acesso 11.05.2022.

Suçuarana, M. d. S. (2021). Biodigestores. InfoEscola. https://www.infoescola.com/energia/biodigestores/. Acesso 11.05.2022.

Turdera, M. V., & Yura, D. (2006). Estudo da viabilidade de um biodigestor no município de Dourados. Anais 6 Encontro de Energia no Meio Rural, 2006. 9p. URL: http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000022006000100062&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso 11.05.2022.

Zanini, A. M., & Rocha, M. B. (2020). Relação de comunidades do entorno com as unidades de conservação: tendências em estudos brasileiros. Terræ Didatica, 16, 1-13, e020037. doi: 10.20396/td.v16i0.8660516.

Zimmer, L. (2006). Qualitative meta-synthesis: a question of dialoguing with texts. Journal of Advanced Nursing, 53(3), 311-318. doi: 10.1111/j.1365-2648.2006.03721.x.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Terrae Didatica

Downloads

Não há dados estatísticos.