DESAFIOS EMPÍRICO-METODOLÓGICOS PARA A PESQUISA EM LETRAMENTOS DIGITAIS

Autores

  • Marcelo El Khouri Buzato

Resumo

O estudo da relação entre contexto e prática social tem sido fundamental para os desenvolvimentos teóricos e metodológicos no campo dos estudos de letramento nas últimas décadas. A introdução das novas tecnologias da informação e da comunicação (TIC) no escopo de interesse desses estudos tem revigorado a necessidade de revisão da relação contexto-letramento sobre a qual se apoiavam pesquisas anteriores, em face das novas possibilidades de interação à distância e da utilização de ‘mundos virtuais’ que caracterizam certos tipos de práticas de leitura e escrita mediadas pelas TIC. O presente trabalho aborda tal revisão do ponto de vista da dupla crise da etnografia, procurando avaliar criticamente certas estratégias empíricas e modelos metodológicos que começam a ser propostos para os estudos qualitativos em letramento digital. Conclui que tais estratégias, embora possam ser úteis para a construção de pressupostos mais adequados sobre a relação prática-contexto, necessitam ser aplicadas à própria prática do pesquisador, como forma de garantir a reflexividade tida como necessária para a legitimação das abordagens etnográficas na contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-10-19

Como Citar

BUZATO, M. E. K. DESAFIOS EMPÍRICO-METODOLÓGICOS PARA A PESQUISA EM LETRAMENTOS DIGITAIS. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 46, n. 1, 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8639442. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos