A REPRESENTAÇÃO DE PERSONAGENS GAYS NA COLETÂNEA DE CONTOS STUD E EM SUA TRADUÇÃO AS AVENTURAS DE UM GAROTO DE PROGRAMA

Autores

  • Adail Rodrigues Junior

Resumo

Com base na tradição discursiva dos Estudos da Tradução, mais especificamente num modelo hallidayano aplicado a análises textuais, este artigo pretende desvelar como as personagens gays são representadas na coletânea de contos Stud, publicada em 1969 nos Estados Unidos da América, e em sua tradução As Aventuras de um Garoto de Programa, feita em 1998 no Brasil. O sistema de transitividade foi escolhido como recurso lingüístico para revelar como as personagens gays representavam suas experiências de mundo por meio de suas ações, comportamentos, sentimentos, relações e falas. A gramática sistêmicofuncional tem sido utilizada em pesquisas no campo dos Estudos da Tradução interessadas na compreensão da tradução literária sob a ótica do discurso. Com relação à literatura gay, o sistema de transitividade ainda não foi aplicado na investigação da representação de personagens gays em narrativas de primeira pessoa. Para levar a cabo esses propósitos, este estudo utiliza o software WordSmith Tools para quantificar os dados e analisá-los discursivamente. A metodologia adotada foi a seguinte: (i) o corpus foi digitalizado e corrigido; (ii) o corpus foi anotado manualmente, a fim de demonstrar que papel o narrador ou outra personagem gay exercia nas estórias – se eles estavam agindo, se comportando, sentindo, pensando, falando, dentre outros, conforme o processo (verbo) a eles vinculado; (iii) as personagens gays foram investigadas a partir do ponto de vista narrativo, com narrador participativo. As análises demonstraram uma freqüência alta de processos que representam participantes agindo sobre o mundo, bem como sentindo, pensando, dizendo e se comportando quando interagiam com o mundo e entre si.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-10-17

Como Citar

RODRIGUES JUNIOR, A. A REPRESENTAÇÃO DE PERSONAGENS GAYS NA COLETÂNEA DE CONTOS STUD E EM SUA TRADUÇÃO AS AVENTURAS DE UM GAROTO DE PROGRAMA. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 46, n. 2, 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8639455. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos