A representação visual de mulheres maduras nos pôsteres da série da Netflix “Grace and Frankie”

Autores

Palavras-chave:

Multimodalidade, Grace and Frankie, Gramática do design visual

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar uma análise multimodal de como as duas personagens femininas principais da série da Netflix Grace and Frankie são representadas nos pôsteres de divulgação publicados em sua página oficial do Facebook. Analisamos cinco pôsteres contendo ambas as personagens, sendo um de cada temporada exibida até 2019, com base na Gramática do Design Visual (GDV) (KRESS & VAN LEEUWEN, 1996, 2006), e em estudos sobre a mulher na mídia. Os resultados indicam uma representação adequada das duas personagens em cada um dos pôsteres em relação aos principais acontecimentos de cada temporada, mostrando suas mudanças de conduta e atitude, principalmente em Grace, ao longo da série. Espera-se que o estudo possa contribuir para uma investigação crítica de representação visual de pessoas em diferentes mídias e discussões atuais sobre semiótica social e multimodalidade em relação a práticas sociais contemporâneas.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Lima Terres, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista - Doutoranda da Universidade Federal de Santa Catarina , Brasil.

Marília Camponogar Torres, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrado em Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Viviane Maria Heberle, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do PPGI da Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Referências

ALMEIDA, D. B. L. (2006). Icons of contemporary childhood: a visual and lexicogrammatical investigation of toy advertisements. Doctoral dissertation in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

ABREU, B. B. (2012). Eleven things that girls love: a systemic functional and critical discourse analysis of the representations of femininity in the comic book Turma da Mônica Jovem. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

BALEN, M. G. S. da S. (2016). A multimodal analysis of love/dating texts of two teenage girls´ magazines websites: todateen and Seventeen. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina.

BARBOSA, K. G. (2017). Afetos e velhice feminina em Grace and Frankie. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 25, n. 3, pp. 1437-1447, set./dez.

BERNARDON, M. (2005). Women in business contexts represented in the magazines Secretária Executiva and Mulher Executiva: a lexicogrammatical and visual analysis. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

BEZERRA, F. A. S. (2008). Sex and the city: an investigation of women’s image in Carrie Bradshaw’s discourse as narrator. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

BIELBY, D. D. (2014). Gender inequality in culture industries. In: Carter, C.; Steiner, L.; MClaughlin, L. (ed.) The Routledge Companion to Media and Gender. London and New York: Routledge, pp.137-146.

BÖHLKE, R. de F. (2008), Constructing ideal body appearance for women: a multimodal analysis of a TV advertisement. Doctoral dissertation in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

CALDAS-COULTHARD, C. R. (2010). “Women of a certain age” – Life Styles, the Female Body and Ageism. In: Holmes, J.; Marra, M. (ed.). Femininity, Feminism and Gendered Discourse: A Selected and Edited Collection of Papers from the Fifth International Language and Gender Association Conference (IGALA5). Newcastle, UK: Cambridge Scholars Publishing, pp. 21-39.

DOLAN, J. (2014). Smoothing the wrinkles: Hollywood, “successful aging,” and the new visibility of older female stars. In: Carter, C.; Steiner, L.; MClaughlin, L. (ed.) The Routledge Companion to Media and Gender. London and New York: Routledge, pp.342 - 351.

EDWARDS, T. (2014). Lone wolves: masculinity, cinema, and the man alone. In: Carter, C.; Steiner, L.; MClaughlin, L. (ed.) The Routledge Companion to Media and Gender. London and New York: Routledge, pp.42-50.

FREITAS, V. S.; CALAZANS, F. (2017). Velhice e sexualidade: um estudo sobre a série “Grace and Frankie”. Seja Gênero e Sexualidade no Audiovisual. Goiás: Universidade Estadual de Goiás, 2017. pp. 192-205.

GAUNTLETT, D. (2008). Media, gender and identity – An introduction. London and New York: Routledge.

GRIMM, E.L. (1999). A visual and lexicogrammatical analysis of advertisements in Nova and Cosmopolitan. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade de Santa Catarina, Florianópolis.

GUÉRCIO, N. H. C. (2017). Grace and Frankie e a sexualidade feminina na velhice. In: III Interprogramas - XVI Secomunica, Brasília, DF. Anais do III Interprogramas XVI Secomunica. Brasília: Universidade Católica de Brasília, pp. 111-124.

HEBERLE, V. M. (1997) An investigation of textual and contextual parameters in editorials of women’s magazines. Doctoral Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

HEBERLE, V. M. (2004). Revistas para mulheres no século 21: ainda uma prática discursiva de consolidação ou de renovação de idéias?. Linguagem em (Dis)curso (Impresso), Tubarao, v. Especial, pp. 40-55.

IMDb. (2019). Available at <https://www.imdb.com/>. Accessed: 10 December. 2019.

KRESS, G. & VAN LEEUWEN, T. (1996:2006). Reading images: The grammar of visual design. London: Routledge.

LEMISH, D. (2014). Boys are … girls are …: how children’s media and merchandizing construct gender. In: Carter, C.; Steiner, L.; MClaughlin, L. (ed.) The Routledge Companion to Media and Gender. London and New York: Routledge, pp.179 - 189.

LORENSET, C. C. (2010). Visual and lexicogrammatical analysis of websites of women’s magazines. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

LORENSET, C. C.; TERRES, M. L. (2019). Análise Visual da Personagem Daenerys nos Pôsteres de Game of Thrones. Revista Ecos, v. 26, Ano 16, n. 01, pp. 321-348.

LUSVARGHI, L.; DANTAS, S. G. (2018). A invisibilidade das mulheres idosas: a série Grace and Frankie na Netflix. Revista GEMInIS. São Carlos: UFSCar, v. 9, n. 1, pp. 76-92.

MACEDO, L. B. (2014). Hollywood Romantic Comedies: A Social Semiotic Analysis of the Leading Female Characters in It Happened one Night and The Proposal. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

MEDLEJ, J. (2014). Human Anatomy Fundamentals: Mastering Facial Expressions. Available at <https://design.tutsplus.com/tutorials/human-anatomy-fundamentals-mastering-facial-expressions--cms-21140>, accessed 28 November 2019.

OFFICIAL FACEBOOK PAGE. Available at https://www.facebook.com/. Accessed: 26 November. 2019.

PINHEIRO, R. K. (2007). Éowyn, A Senhora de Rohan: Uma Análise Linguístico-discursiva da personagem de Tolkien em O Senhor dos Anéis. Master Thesis in Languages. Programa de Pós-graduação em Letras. Universidade Católica de Pelotas, Pelotas.

POTTER, W. J. (2012). Media Effects. Los Angeles: Sage Publications.

SOUZA, C. A. W. (2010). Counter strike 1.6 calls to play: A multimodal analysis of the game cover. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

SOUZA, F. (2016). Don’t mess with a witch: Power Relations, gender and subcultural issues on witches’ representation in the media. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

SOUZA, K. A., & CÂMARA, N. S. (2014). As Paixões e as Formas de Vida de Daenerys Targaryen em Game of Thrones. CASA: Cadernos de Semiótica Aplicada, v. 12, n. 2, p. 215-253. doi:10.21709/casa.v12i2.7231.

UNSWORTH, L. (2001). Teaching multiliteracies across the curriculum: changing contexts of text and image in classroom practice. Philadelphia, PA: Open University Press.

VELOSO, F.O. D. (2012). US vs them: A critical analysis of Superman: peace on Earth. Master Thesis in Language Studies. Programa de Pós-graduação em Inglês. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

WIKIPEDIA. Available at <https://en.wikipedia.org/wiki/Main_Page>. Accessed: 10 December. 2019.

Downloads

Publicado

2021-03-09

Como Citar

TERRES, M. L.; TORRES, M. C.; HEBERLE, V. M. A representação visual de mulheres maduras nos pôsteres da série da Netflix “Grace and Frankie”. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 59, n. 3, p. 2309–2329, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8660601. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos