Entre becos: experimentos situacionistas no centro do Recife

Palavras-chave: Internacional situacionista. Deriva. Psicogeografia. Recife.

Resumo

O trabalho discute a experiência a deriva e a psicogeografia, técnicas provenientes do movimento intitulado Internacional Situacionista, no centro expandido da cidade do Recife. Após uma apresentação histórica e fundamentação teórica das práticas situacionistas, o artigo relata parte do processo de experimentação das técnicas, desenvolve uma reflexão acerca das teses situacionistas verificadas nos experimentos e examina a pertinência de uma nova hipótese: os becos da cidade como potencializadores do processo de deriva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Augusto Monte, Universidade Federal de Pernambuco
Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco (2011). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Design da Universidade Federal de Pernambuco (2015). Atua como professor universitário e profissional autônomo. Participa de grupos de pesquisa e eventos nas áreas de Arquitetura, Urbanismo, Arte e Design.
Gentil Alfredo Porto Filho, Universidade Federal de Pernambuco
Arquiteto e Urbanista pela UFPE (1993), com mestrado (1999) e doutorado (2004) em Arquitetura e Urbanismo pela USP e com pós-doutorado (2015) em Artes pelo Royal College of Art. Professor Adjunto do Departamento de Design da UFPE e pesquisador líder do Laboratório de Inteligência Artística - i! (desde 2009).

Referências

CHOAY, Françoise. O urbanismo: utopias e realidades, uma antologia. São Paulo: Perspectiva, 2005.

DEBORD, Guy. Introduction to a Critique of Urban Geography. Les Lèvres Nues, Vol. 6, 1955. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/presitu/geography.html>. Acesso em: 16 mai 2015.

DEBORD, Guy. Report on the Construction of Situations and on the International Situationist Tendency's Conditions of Organization and Action. Cosio d’Arroscia, 1957. Disponível em: http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/report.html. Acesso em: 20 abr 2016.

DEBORD, Guy. Theory of the Dérive. Internationale Situationniste, Vol. 2, 1958. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/theory.html>. Acesso em 20 abr 2016.

DEBORD, Guy. Situationist Theses on Traffic. Internationale Situationniste, Vol. 3, 1959. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/traffic.html>. Acesso em 20 abr 2016.

DEBORD, Guy. Perspectives For Conscious Changes in Everyday Life. Internationale Situationniste, Vol. 6, 1962. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/everyday.html>. Acesso em 20 abr 2016.

DEBORD, Guy. The Situationists and the New Forms of Action in Art and Politics. 1963. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/newforms.html>. Acesso em: 20 abr 2016.

FRAMPTON, Kenneth. História crítica da arquitetura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

INTERNACIONAL SITUACIONISTA. Internationale Situationniste, Vol. 1, 1958. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/is1.html>. Acesso em 20 abr 2016.

INTERNACIONAL SITUACIONISTA. Internationale Situationniste, Vol. 2, 1958. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/is2.html>. Acesso em 20 abr 2016.

JACQUES, Paola Beresntein (org.). Apologia da Deriva: escritos situacionistas sobre a cidade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

KHATIB, Abdelhafid. Attempt at a Psychogeographical Description of Les Halles. Internationale Situationniste, Vol. 2, 1958. Disponível em: <http://www.cddc.vt.edu/sionline/si/leshalles.html>. Acesso em 20 abr 2016.

LAMAS, José M. Ressano Garcia. Morfologia urbana e desenho da cidade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.

LE CORBUSIER, 1887-1965.; JEANNERET-GRIS, Charles Edouard. Por uma arquitetura. São Paulo: Perspectiva, 1994.

MONTE, Luiz. Deriva e psicogeografia na cidade contemporânea: experimento situacionista no centro do Recife. 2015. 180f. Dissertação (Mestrado em Design) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife. 2015.

SADLER, Simon. The Situationist City. Cambridge e Londres: The MIT Press, 1999.

Publicado
2017-08-16
Como Citar
Monte, L. A., & Porto Filho, G. A. (2017). Entre becos: experimentos situacionistas no centro do Recife. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 9(2), 456-468. https://doi.org/10.20396/urbana.v9i2.8648581