O patrimônio cultural no âmbito do porto maravilha

novos usos de “antigos” lugares

Autores

  • Fabio Peixoto Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.20396/urbana.v12i0.8659224

Palavras-chave:

Porto maravilha

Resumo

Esta resenha se propõe a discutir a partir do livro de Leopoldo Guilherme Pio intitulado “Usos e sentidos no Patrimônio Cultural no Projeto Porto Maravilha, Rio de Janeiro”, alguns de seus principais elementos como a “patrimonialização” e o uso da cultura como ferramenta para a promoção do desenvolvimento no contexto do projeto Porto Maravilha. Esta discussão será articulada a partir destes elementos, conectado com o conceito de city marketing para se pensar a implementação deste projeto em uma área degradada da região central carioca, que se estrutura em torno da cultura negra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, Maurício. Sobre a memória das cidades in Revista da Faculdade de Letras – Geografia, 1 ª série, volume XIV, Porto, p.77-97, 1998.

CICOLLELA, Pablo. Las metrópoles latino-americanas en el contexto de la globalizacion: las mutaciones de las áreas centrais in Para Onde – UFRGS, Porto Alegre, 9 (1), p.01-09, janeiro – julho de 2015. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.83819

SANCHEZ, Fernanda. A reinvenção das cidades na virada do século: agentes, estratégias e escalas de ação política in Revista Sociologia e Política, Curitiba, 16, p.31-49, junho de 2001. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-44782001000100004

VAINER, Carlos. Pátria, mercado e mercadorias – notas sobre a estratégia discursivas do planejamento estratégico urbano in Anais dos VIII Encontro Nacional da ANPUR, Natal, 1999.

Downloads

Publicado

2021-03-23

Como Citar

PEIXOTO, F. O patrimônio cultural no âmbito do porto maravilha: novos usos de “antigos” lugares. URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, SP, v. 12, p. e020009, 2021. DOI: 10.20396/urbana.v12i0.8659224. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/article/view/8659224. Acesso em: 6 dez. 2022.