Apontamentos de Matemática de Dom Ireneu Penna: construção de um impresso didático

Palavras-chave: História do livro didático. Movimento da matemática moderna. Dom Ireneu Penna. Papy.

Resumo

O objetivo deste texto é apresentar o processo de constituição do impresso didático Apontamentos de Matemática de Dom Ireneu Penna, destinado ao ginásio do Colégio de São Bento do Rio de Janeiro. Para isso, o texto é guiado pela rede de relações que o historiador Robert Darnton apresenta para a constituição de um livro. Após uma nota biográfica sobre o autor dos impressos, explica-se o contexto educacional da época em que eles surgiram – final da década de 1960, durante o Movimento da Matemática Moderna. Segue-se a análise do nascimento dos impressos, cujo surgimento deve-se à insatisfação do autor quanto aos manuais escolares disponíveis e a uma admiração pela coleção de livros didáticos do matemático belga Papy. A análise documental das fontes encontradas no acervo pessoal de Dom Ireneu, principalmente, leva-nos à conclusão de que a concepção dos Apontamentos é a imbricação de uma conjuntura educacional e política, de um encantamento e de uma influência intelectual de Papy, de uma questão relacionada aos editores e de uma existência de leitores/usuários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Alves Dassie, Universidade Federal Fluminense
Graduação em Matemática pela Universidade Federal Fluminense, Mestrado em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e Doutorado em Educação pela mesma Universidade. Professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense.
Letícia Maria Ferreira da Costa de Morais, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Graduação em Matemática pela Universidade Federal Fluminense. É mestra em Ensino de Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutoranda no programa de Pós Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Referências

Da Costa, L.M.F. (2014). O movimento da Matemática Moderna no Brasil – o caso do Colégio de São Bento do Rio de Janeiro. Dissertação de Mestrado em Ensino de Matemática. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Darnton, R. O beijo de Lamourette. Editora Companhia das Letras, 2010.

Dassie, B.A., & Da Costa, L.M.F. (2014). Dom Ireneu Penna: intelectual, monge, professor e educador matemático. Anais do 2º Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática: fontes, temas, metodologias e teorias: a diversidade na escrita da história da educação matemática no Brasil. (pp.1186-1196). Bauru: Faculdade de Ciências, 2014.

Dassie, B.A., Da Costa, L.M.F. & Carvalho, J.B.P.F. (2016). A trajetória de Dom Ireneu Penna e suas escolhas como educador matemático. Zetetiké, 23(44), 395-410.

De Bock, D. & Vanpaemel, G. (2015). Modern mathematics at the 1959 OEEC Seminar at Royaumont. “Dig where you stand” 3. Proceedings of the Third International Conference on the History of Mathematics Education. (pp.151-168). Uppsala: Uppsala University.

Dolar Comercial Oficial. Informativo sobre o valor do dólar comercial a partir de 1970. Disponível em: <http://www.yahii.com.br/dolar.html>. Retirado em 18 de dezembro, 2018.

Miceli, S. (2001). Intelectuais à brasileira. São Paulo: Companhia das Letras.

Monteiro, P.M., & Schwarz (2016), Uma edição crítica de Raízes do Brasil: o historiador lê a si mesmo, in Holanda, S.B. Raízes do Brasil. Edição Crítica. (pp. 11-26). São Paulo, Companhia das Letras.

Oliveira, F.D. (2010). Análise de textos didáticos de Matemática: um mapeamento e uma proposta metodológica fundada numa perspectiva hermenêutica. Bolema, 23(35B), 477 - 496.

Papy, G. (1967). Mathématique Moderne. (Vol.3). Bruxelas: Ed. Didier.

Papy, G. (1968a). Mathématique Moderne. (4a ed., Vol.1). Bruxelas: Ed. Didier.

Papy, G. (1968b). Mathématique Moderne. (Vol.2). Bruxelas: Ed. Didier.

Santana, V.D. (2001). O tradutor como autor: transformação e sobre-vida do “original”. Dissertação de Mestrado em Linguística Aplicada na Área de Tradução. Campinas, Universidade Estadual de Campinas. Retirado em 20 de janeiro, 2018, de: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/269588.

Soares, F.S. (2001). O movimento da matemática moderna no Brasil: avanço ou retrocesso. 2001. Dissertação de Mestrado em Matemática. Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Valente, W.R. (2008). Osvaldo Sangiorgi e o Movimento da Matemática Moderna no Brasil. Revista Diálogo Educacional, 8(25), 583-613.

Fontes

Penna, I. [1967 - 1970]. Rio de Janeiro. [Circular para] Pais ou responsáveis por alunos da 1ª série ginasial do Colégio de São Bento. 3f. Tem por fim prestar contas e dar alguns esclarecimentos sobre a introdução do novo método de ensino de matemática no colégio.

Penna, I. (1968). Entrevista. Boletim da Associação de Pais e Mestres do Colégio de Aplicação.

Penna, I. (1969). Apresentação da tradução para o português do volume I do livro Mathématique Moderne de Papy. 4f.

Penna, I. (1976). Apontamentos de Matemática. (Vol.1) Rio de Janeiro.

Penna, I. (1975a). Apontamentos de Matemática. (Vol.2). Rio de Janeiro.

Penna, I. (1975b). Apontamentos de Matemática. (Vol.3). Rio de Janeiro.

Penna, I. (1975c). Apontamentos de Matemática. (Vol.4). Rio de Janeiro.

Ao Livro Técnico. (1969). [Carta para] Weimar Penna e José Paulo Quinhões Carneiro. 2f. Tem por fim confirmar o entendimento verbal sobre a tradução e adaptação do livro Mathématique Moderne (I) de Papy.

Publicado
2019-03-31
Como Citar
Dassie, B. A., & Morais, L. M. F. da C. de. (2019). Apontamentos de Matemática de Dom Ireneu Penna: construção de um impresso didático. Zetetike, 27, e019004. https://doi.org/10.20396/zet.v27i0.8654231
Seção
Dossiê - Impressos para o ensino ou textos de referência e História da Educação Matemática: leituras e interpretações

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)