O diferencial da atuação de um licenciado em dança na construção da autonomia dos alunos em diferentes realidades

Autores

  • Paula Caruso Universidade Estadual de Campinas
  • Angélica Duarte Topfstedt Universidade Estadual de Campinas
  • Caroline Gonsalvez Bertho Universidade Estadual de Campinas
  • Igor Manoel Rodrigues Costa Universidade Estadual de Campinas
  • Raíssa Helena Ramos Tomasin Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conce.v7i0.8653848

Palavras-chave:

Dança, Ensino, Autonomia

Resumo

Este manifesto apresenta quatro relatos de experiências de Licenciandos no curso de Dança da Unicamp, que observaram em suas práticas docentes e nas práticas observadas em estágios, o desenvolvimento da autonomia dos alunos através da Dança. A principal das referência bibliográfica utilizada foi o livro “Pedagogia da Autonomia” de Paulo Freire, relacionando-o a outras referências teóricas sobre métodos e abordagens de Educação Somática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Caruso, Universidade Estadual de Campinas

Doutora em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Dança e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da Universidade Estadual de Campinas.

Angélica Duarte Topfstedt, Universidade Estadual de Campinas

Bacharel e Licenciada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas.

Caroline Gonsalvez Bertho, Universidade Estadual de Campinas

Bacharel e Licenciada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas.

Igor Manoel Rodrigues Costa, Universidade Estadual de Campinas

Bacharel e Licenciado em Dança pela Universidade Estadual de Campinas.

Raíssa Helena Ramos Tomasin, Universidade Estadual de Campinas

Bacharel e Licenciada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas.

Referências

ALEXANDER, Gerda. Eutonia caminho para a percepção corporal. 2ª edição brasileira. Tradução de José Luis Mora Fuentes. São Paulo: Martins Fontes Editora, 1991.

BELTRÃO, Bruno. Break dance: Fissão e reação em cadeia. In: Lições de dança 2. Rio de Janeiro: UniverCidade Editora, 2000.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é o método Paulo Freire. 11ª edição. São Paulo: Editora Brasiliense, 1981. Coleção Primeiros Passos, nº 38.

FERRACINI, Renato. A presença não é um atributo do Ator. Capítulo de Livro In: Linguagem, Sociedade, Políticas.1ed.Campinas e Pouso Alegre : RG e Univás, 2014, v.1, p. 227-237.

FORTIN, Sylvie. Educação somática: novo ingrediente da formação pratica em dança. Tradução de Márcia Strazzacappa. In: GREINER, Cristine (Org.). Cadernos do GIPE-CIT, n.2. Salvador: UFBA, 1999. p. 40-55.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. Editora Paz e terra, 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz & Terra, 1996.

FREIRE, Paulo - Pedagogia da esperança: Um reencontro com a Pedagogia do Oprimido – Notas: Ana Maria Araújo Freire Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

FREIRE, Paulo – Pedagogia do Oprimido, 17ª. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra,1987.

GERALDI, Silvia Maria. Representações sobre técnicas para dançar. In: Sigrid Nora (Org.) Húmus 2. Caxias do Sul, RS:Lorigraf, 2007, v.2, p. 75-87.

GERALDI, Silvia Maria. Aprendizagem orgânica: a contribuição do método feldenkrais à educação da dança e do movimento. In: o avesso do avesso do corpo: educação somática como práxis: 97.

MARTINS, Rosana. Hip Hop: o estilo que ninguém segura. Santo André: Prima Linha, 2005.

MILLER, J. A escuta do corpo: sistematização da Técnica Klauss Vianna. São Paulo: Summus, 2007.

MILLER, J. Qual é o corpo que dança?: dança e educação somática para adultos e crianças. São Paulo: Summus, 2012.

VIANNA, K. A dança. São Paulo: Summus, 2008.

MILLER, Jussara – Dança e educação somática: a técnica na cena contemporânea in: O avesso do avesso do corpo - educação somática como práxis /Organizadores: Cristiane Wosniak, Nirvana Marinho– Joinville: Nova Letra, 2011.p. 149-161

NEGRAXA, Thiago. As danças da cultura Hip Hope e Funk Styles. SÃO PAULO: ALL PRINT EDITORA, 2015.

OLIVEIRA, Daniella Machado de; OLIVEIRA, Daniella Machado de. Contribuições para o estudo da adolescência sob a ótica de Winnicott para a Educação. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 16, n. 1, p.64-80, abr. 2010

SILVA, A. C. R. Dança de Rua: do ser competitivo ao artista da cena. 15/12/2014. 297p. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) - Universidade Estadual de Campinas. Campinas, SP - 2014.

Downloads

Publicado

2018-10-31

Como Citar

Caruso, P., Topfstedt, A. D., Bertho, C. G., Costa, I. M. R., & Tomasin, R. H. R. (2018). O diferencial da atuação de um licenciado em dança na construção da autonomia dos alunos em diferentes realidades. Conceição/Conception, 7, 181–228. https://doi.org/10.20396/conce.v7i0.8653848