Banner Portal
Esporte
PDF

Palavras-chave

Inclusão
Educação Física
Esporte

Como Citar

CARVALHO, Camila Lopes; ARAÚJO, Paulo Ferreira de. Esporte: um conteúdo excludente ou inclusivo na educação física escolar?. Conexões, Campinas, SP, v. 13, n. 4, p. 100–118, 2015. DOI: 10.20396/conex.v13i4.8643435. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8643435. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

A inclusão das pessoas com deficiência na rede regular de ensino é um direito legal, e as disciplinas, inclusive a educação física, caminham buscando sua adequação segundo as diferentes realidades. O esporte é um dos conteúdos da educação física escolar e, após um passado no qual teve atuação enfatizando a exclusão, atualmente também está imerso numa nova realidade de busca por uma forma de atuação pedagógica inclusiva. Consciente do relevante prestígio social deste conteúdo e das possibilidades de alcance de seus ideais frente a esse prestígio, o presente trabalho objetiva refletir sobre a participação das pessoas com deficiência no conteúdo do esporte e as possibilidades de contribuição deste à inclusão na educação física escolar, por meio de revisão bibliográfica a respeito do tema educação física escolar, inclusão e esporte. Como conclusão, pode ser observado que, apesar de em grande período histórico esse conteúdo ser explorado como forma de segregação dos menos habilidosos e ainda ser entendido socialmente como busca pela perfeição técnica, no âmbito educacional o esporte tem potencial para estimular a cooperação e a valorização das diferentes potencialidades de cada aluno, possibilitando por meio de seu prestígio e influência a transformação de ideais e a contribuição para a construção da inclusão.

https://doi.org/10.20396/conex.v13i4.8643435
PDF

Referências

CHICON, J. F. Inclusão e exclusão no contexto da educação física escolar. Movimento, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 13-38, jan./abr. 2008.

KOCHE, J. C. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação a pesquisa. 23. ed. Petropolis: Vozes, 2006.

PESSOTI, I. Deficiência mental: da superstição à ciência. São Paulo: T. A. Queiroz, 1984.

MIRANDA, A. A. B. História, deficiência e educação especial. São Paulo: Universidade Federal de Uberlândia, 2003.

STAINBACK, S.; STAINBACK, W. Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed, 1999.

ARAÚJO, P. F. A educação física para pessoas portadoras de deficiências nas instituições especializadas de Campinas. Campinas: Ed. da UNICAMP, 1999.

MENDES, E. G. A. A radicalização do debate sobre inclusão escolar no Brasil. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 33, p. 387-405, set./dez. 2006.

SOLER, R. Educação física inclusiva: em busca de uma escola plural. Rio de Janeiro: Sprint, 2005.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Declaração de Salamanca: sobre princípios, políticas e práticas na área das necessidades educativas especiais. Disponível em: portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf . Acesso em: 25 jun. 2014.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

RAMOS, J. Os exercícios físicos na história e na arte. São Paulo: Ibrasa, 1982.

DARIDO, S. C. Educação física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

CASTELLANI FILHO, L. Educação física no Brasil: a história que não se conta. 2. ed. Campinas: Papirus, 1991.

KRUG, H. N. A inclusão de pessoas portadoras de necessidades educativas especiais na Educação Física escolar. Cadernos de Educação Especial, Santa Maria, n. 19, jan./abr. 2002.

SILVA, R. F.; SEABRA JUNIOR, L.; ARAÚJO, P. F. Educação física adaptada no Brasil: da historia à inclusão educacional. São Paulo: Phorte, 2008.

ARAÚJO, P. F. Desporto adaptado no Brasil. São Paulo: Phorte, 2011.

BRASIL. Senado Federal. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, 1988.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Plano Nacional de Educação. Lei n° 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providencias. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 2001. Disponível em: http://www.portal.mec.gov.br. Acesso em: 15 set. 2013.

GORGATTI, M. G.; COSTA, R. F. da. Atividade física adaptada. Barueri: Manole, 2005.

SILVA, R. F. A ação do professor de ensino superior na educação física adaptada: construção mediada pelos aspectos dos contextos históricos, políticos e sociais. 2004. 184f. Dissertação (Mestrado em Atividade Motora Adaptada) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

VAGO, T. M. Pensar a educação física na escola: para uma formação cultural da infância e da juventude. Cadernos de Formação RBCE, v. 1, n. 1, p. 25/42, ago. 2009.

PRONI, M. W.; LUCENA, R. Esporte, história e sociedade. Campinas: Autores Associados, 2002.

BRACHT, V. Sociologia crítica do esporte: uma introdução. 3. ed. Ijuí: Ed. da Unijuí, 2006.

WINNICK, J. P. Educação física e esportes adaptados. 3. ed. Barueri: Manole, 2004.

BRASIL. Lei Pelé. Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998. Diário oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, 1998. Disponível em:

http://www.planalto.gov.br/ccivil/LEIS/L9615consol.htm. Acesso em: 27 dez. 2012.

MELO FILHO, Á. Nova Lei Pelé: avanços e impactos. Rio de Janeiro: Maquinária, 2011.

FERREIRA, V. Educação física, interdisciplinaridade, aprendizagem e inclusão. Rio de Janeiro: Sprint, 2006.

MONTEIRO, A. A.; ALMEIDA, T. T. O. Educação física no ensino fundamental: com atividades de inclusão. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

PAES, R. R.; BALBINO, H. F. Pedagogia do esporte: contextos e perspectivas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

DIEHL, R. M. Jogando com as diferenças: jogos para crianças e jovens com deficiência em situação de inclusão e em grupos específicos. 2. ed. São Paulo: Phorte, 2008.

FALKENBACH, A. P. Inclusão: perspectivas para as áreas da educação física, saúde e educação. Jundiaí: Fontoura, 2010.

OLIVEIRA, V. M.; DECHICHI, C. Educação especial e educação física: saberes e praticas. Uberlândia: Com-poser, 2009.

ALVES, M. L. T.; MOLLAR, T. H.; DUARTE, E. Educação física escolar: atividades inclusivas. São Paulo: Phorte, 2013. Recebido em: 21 jul. 2014; Aceito em:22 out. 2015

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.