Lutas na escola

sistematização do conteúdo por meio a teia do conhecimento das lutas em rede

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v15i3.8648512

Palavras-chave:

Luta, Jogo, Educação Física Escolar

Resumo

A Educação Física Escolar apresenta diversos conteúdos, porém alguns sofrem restrições em seu desenvolvimento. No caso das lutas, inúmeras justificativas privam o educando de vivenciar este vasto conteúdo, porque a sociedade o relaciona à violência; educadores julgam-se incapazes de apresentá-lo, por não serem praticantes ou ex-praticantes e devido a práticas descontextualizadas e abordadas de maneira analítica. Surge, pois, a necessidade de desenvolver propostas curriculares para o ensino do conteúdo relacionado a lutas. Esta elaboração pode ser construída por meio de um sistema organizacional de jogos de lutas em forma de rede, conforme suas semelhanças e características, com metodologia respaldada nas tendências atuais da pedagogia do esporte, adotando o jogo como uma estratégia pedagógica. Defende-se que a sistematização pedagógica pautada no jogo proporciona ao educando uma gama de possibilidades positivas, e ao educador, dentro da realidade em que se encontra, a oportunidade de elaborar aulas organizadas e sistematizadas a partir da compreensão da rede dos jogos de lutas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Paulo Vaz de Campos Pereira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina, Licenciado em Educação Física pela Universidade Cruzeiro do Sul (2010), e Bacharel em Educação Física pela Universidade Cruzeiro do Sul (2011). Tem experiência na área de Educação Física Escolar e Lutas, desenvolvendo e auxiliando em estudos, projetos e pesquisas nas áreas da: Educação Física Escolar e Pedagogia do Esporte aplicada as Lutas, com ênfase em metodologia por meio do jogo. Atualmente é Pesquisador do LAPLAF (Laboratório de Pesquisa em Lazer e Atividade Física) e do GEPRAPEF (Grupo de Estudos em Práticas Pedagógicas em Educação Física).

Carolina Cirino, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006), Pós Graduação Latu Sensu em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal de São Paulo (2008). Mestrado em Ciências da Nutrição, Esporte e Metabolismo pela UNICAMP (2016). Apresenta experiência na área de Educação Física, com ênfase em Treinamento Esportivo e Pedagogia do Esporte aplicada às Lutas.

Adriano Oliveira Corrêa, Universidade Cruzeiro do Sul

Universidade Cruzeiro do Sul

Gelcemar Oliveira Farias, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui Graduação em Licenciatura em Educação Física (1996) e Especialização em Educação Física Escolar (1998) pela Universidade Federal de Pelotas. Mestrado em Educacao Fisica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000). Doutorado na área de Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Pós-Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Educação Física do Centro de Desportos da UFSC, na área de concentração "Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física". É professora Adjunta da Universidade do Estado de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física Escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Física, prática pedagógica, didática, atividade física, qualidade de vida, recreação e lazer e docência.

Referências

BARROSO, André Luíz Ruggiero; DARIDO, Suraya Cristina. Pedagogia do Esporte e as dimensões dos conteúdos: conceitual, procedimental e atitudinal. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 20, n. 2, p. 281-289, 2009.

BRACHT, Valter. A educação física no ensino fundamental. In: SEMINÁRIO NACIONAL: CURRÍCULO EM MOVIMENTO, 1., 2010, Belo Horizonte. Anais ... Belo Horizonte, 2010. p. 1-14. v. 1.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: educação física. Brasília, 1997.

BREDA, Mauro et al. Pedagogia do esporte aplicada às lutas. São Paulo: Phorte, 2010.

CIRINO, Carolina; PEREIRA, Marcos Paulo Vaz Campos; SCAGLIA, Alcides José. Sistematização dos conteúdos das lutas para o ensino fundamental: uma proposta de ensino pautada nos jogos. Revista Mineira Educação Física, Viçosa, ed. esp., n. 9, p. 221-227, 2013.

CORREA, Valter Roberto. Educação física escolar e artes marciais entre o combate e o debate. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 337-344, abr./jun. 2015.

CORREIA, Valter Roberto; FRANCHINI, Emerson. Produção acadêmica em lutas, artes marciais e esportes de combate. Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 1, p.1-9, jan./mar. 2010.

FARIAS, Gelcemar Oliveira; SHIGUNOV, Viktor; NASCIMENTO, Juarez Vieira. Prática pedagógica dos professores de Educação Física nos diferentes ciclos de desenvolvimento profissional. In: FOLLE, Alexandra; FARIAS, Gelcemar Oliveira (Org.). Educação física: prática pedagógica e trabalho docente. Florianópolis: Ed. da UDESC, 2012. p. 151-170.

FREIRE, João Batista. O jogo entre o riso e o choro. Campinas: Autores Associados, 2002.

FREIRE, João Batista; SCAGLIA, Alcides José. Educação como prática corporal. São Paulo: Scipione, 2003.

GALATTI, Larissa Rafaela; CIRINO, Carolina; SCAGLIA, Alcides José. Reflexões metodológicas do ensino para o processo de iniciação esportiva das lutas. In: NASCIMENTO, J. V. (Org.). Educação física e esporte: convergindo para novos caminhos... Florianópolis: Ed. da UDESC, 2015. p. 489-511.

GALATTI, Larissa Rafaela et al. Pedagogia do esporte: tensão na ciência e o ensino dos jogos esportivos coletivos. Revista da Educação Física, Maringá, v. 25, n. 1, p. 153-162, jan./mar. 2014.

GALATTI, Larissa Rafaela. A contribuição da pedagogia do jogo para o ensino das lutas da educação física escolar. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE JOGOS DESPORTIVOS, 5., 2015, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte, 2015. p. 362-367.

GOMES, Mariana Simões Pimentel. Procedimentos pedagógicos para o ensino das lutas: contextos e possibilidades. 2008. 139f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

HUIZINGA, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 4. ed. São Paulo: Perspectiva, 1999.

MATOS, José Arlen Beltrão et al. A presença/ausência do conteúdo lutas na educação física escolar: identificando desafios e propondo sugestões. Conexões, Campinas, v. 13, p. 117-135, 2015.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Lisboa: Instituto Piaget, 1991.

NASCIMENTO, Paulo Rogério Barbosa; ALMEIDA, Luciano. A tematização das lutas na educação física escolar: restrições e possibilidades. Movimento, Porto Alegre, v.13, n. 3, p. 91-110, set./dez. 2007.

OLIVIER, Jean Claude. Das brigas aos jogos com regras: enfrentando a indisciplina na escola. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PAES, Roberto Rodrigues. Pedagogia do esporte: contextos, evolução e perspectivas. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 20, p. 171, set. 2006.

PAES, Roberto Rodrigues. Desenvolvimento das aulas de lutas: da compreensão teórica aos procedimentos práticos. São Paulo: Phorte, 2010.

PEREIRA, Marcos Paulo Vaz de Campos et al. O jogo como estratégia pedagógica para o ensino da Educação Física escolar no 5º ano do ensino fundamental I. Corpoconsciência, Cuiabá, v. 20, p. 1-8, 2016.

REID, Howard; CROUCHER, Michael. O caminho do guerreiro: o paradoxo das artes marciais. São Paulo: Cultrix, 1983.

RODRIGUEZ, Cesário López. El entrenamiento en los deportes de lucha. León: Federación Territorial de Lucha, 2000.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto; DARIDO, Suraya Cristina. Pedagogia do esporte e das lutas: em busca de aproximações. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte,, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 283-300, abr./jun. 2012.

SCAGLIA, Alcides José. O futebol e os jogos/brincadeiras de bola com os pés: todos semelhantes, todos diferentes, Campinas: FEF/Unicamp, 2003.

SCAGLIA, Alcides José. Referencial curricular da educação básica das escolas públicas municipais de Franca. Franca: Prefeitura Municipal, 2007.

SCAGLIA, Alcides José; GOMES, Mariana Simões Pimentel. “Projeto de Extensão - Crescendo com as Lutas”. Limeira: FCA/UNICAMP, 2011.

SIEDENTOP, Daryl. Ecological perspectives in teaching research. Journal of Physical Education, v. 21, p. 427-440, 2002.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2017-11-18

Como Citar

Pereira, M. P. V. de C., Cirino, C., Corrêa, A. O., & Farias, G. O. (2017). Lutas na escola: sistematização do conteúdo por meio a teia do conhecimento das lutas em rede. Conexões, 15(3), 338–348. https://doi.org/10.20396/conex.v15i3.8648512

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)