Foco e Escopo

A ETD – Educação Temática Digital é uma publicação científica eletrônica da Faculdade de Educação da UNICAMP, criada em 1999, editada com periodicidade trimestral, atendendo a uma política editorial definida.

Missão:
A ETD – Educação Temática Digital é uma publicação eletrônica multidisciplinar, que se dedica à publicação de artigos da comunidade científica nacional e internacional que investiguem questões de interesse do campo educacional e áreas afins, tendo como objetivo a contribuição para a formação do pesquisador da área de Educação por meio da divulgação e disseminação de pesquisas e estudos realizados por educadores, vinculados a instituições nacionais e estrangeiras. Apesar de a revista possuir em seu título a palavra DIGITAL, isso não quer dizer que ela só publica em suas seções trabalhos vinculados a área da TECNOLOGIA EDUCACIONAL. O propósito da revista é possuir um escopo MULTIDISCIPLINAR atendendo todas as áreas que permeiam a EDUCAÇÃO. Por essa, razão ela é TEMÁTICA e funciona somente no ambiente DIGITAL (tipo de suporte), que pode ser traduzido para ELETRÔNICO ou ON-LINE, ou seja, é exclusivamente digital e praticante do acesso aberto.

A ETD – Educação Temática Digital é integrante do OJS/SEER (Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas) desde 2004, software recomendado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), sendo a segunda revista brasileira a utilizar o software.

São publicados artigos de autores selecionados, avaliados por pares. Podem ser publicados artigos, relatos de experiência, comunicações, pesquisas e ensaios e ensaios de autores especialmente convidados pelo Conselho Editorial.


Público-alvo:
Este periódico é dirigido a pesquisadores, professores, bibliotecários, profissionais e estudantes com interesse no campo da educação e áreas afins.


Objetivo:
A ETD – Educação Temática Digital tem como objetivo difundir conhecimento e pesquisas inovadoras para o saber educacional, tornando-se um espaço de incentivo à pesquisa e à produção em diferentes campos do conhecimento.

Idiomas da Publicação:
Podem ser publicados artigos em português, espanhol ou inglês.

Considerações Éticas:
A responsabilidade pelos conteúdos dos artigos publicados é exclusivamente do(s) autor (es), assim como a revisão ortográfica; Todos os artigos recebidos deverão receber pelo menos dois pareceres favoráveis à publicação por parte do Conselho Editorial, consultores ad hoc ou referees. Os autores assinam termo de cessão de direitos autorais (declaração de exclusividade) para publicação dos artigos aprovados.

Recomenda-se fortemente que os artigos oriundos de pesquisa com seres humanos indiquem quando a referida pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética. Caso isso não tenha ocorrido, solicita-se que seja colocada nota de rodapé informando os cuidados éticos que foram considerados pelos autores/pesquisadores.

Consultem: 

Código de boas práticas científicas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) - http://www.fapesp.br/boaspraticas/

E o documento Ética e integridade na prática científica - CNPq

Os autores devem também visitar o website do COPE http://publicationethics.org, que contém informações para autores e editores sobre a ética em pesquisa.

   

Processo de Avaliação pelos Pares

Antes da submissão, os autores devem seguir os seguintes passos:

- artigos que contenham aquisição de dados ou análise e interpretação de dados de outras publicações devem referenciá-las de maneira explícita (evitando que isso implique em identificação de autoria);
- na redação de artigos que contenham uma revisão crítica do conteúdo intelectual de outros autores, estes deverão ser devidamente citados;

Após a avaliação quanto à forma dos manuscritos, será avaliado o conteúdo textual dos artigos, procurando identificar plágio, submissões duplicadas, manuscritos já publicados e possíveis fraudes em pesquisa. Com os resultados, caberá ao editor decidir se o manuscrito será enviado para revisão por pares.

A editoria encaminha o trabalho ao julgamento autônomo de no mínimo dois avaliadores (método de “duplo cego”), cujas áreas de competência e formação acadêmica estejam relacionadas com o tema do texto. Havendo discordância entre os pareceristas, o trabalho deverá ser encaminhado a um terceiro avaliador. Ao final do processo, os autores recebem comunicação relativa aos pareceres emitidos, garantindo-se a confidencialidade dos pareceristas.

Periodicidade

PERIODICIDADE: A partir de 2016, a periodicidade foi alterada para trimestral, publicando-se em jan./março; abril/jun; julho/set.; out/dez.

NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS LEITORES


Devido a problema de cronologia numérica da revista, a edição do volume 13 está sendo lançada apenas como v.13, n.1, 2011, contemplando  também a edição especial do mesmo ano. (duas edições por ano).

Em 2012, a edição foi corrigida para v.14, n.1 (jan./jun.) e v.14, n.2 (jul./dez.).

NOTA DE ESCLARECIMENTO:

Apesar da revista possuir em seu título a palavra DIGITAL, isso não quer dizer que ela só publica em suas seções trabalhos vinculados a área da TECNOLOGIA EDUCACIONAL. O propósito da revista é ser MULTIDISCIPLIANAR atendendo todas as área que permeiam a EDUCAÇÃO, por essa razão é TEMÁTICA e funciona somente no ambiente DIGITAL (tipo de suporte), que pode ser traduzido para ELETRÔNICO ou ON-LINE.

Att.

Os Editores

Critérios para Organização de Dossiê/Dossier criteria for organization

Os dossiês devem ter um caráter interinstitucional e abordar temáticas de relevância para a área de Educação, de forma a ampliar o debate acadêmico, fomentar intercâmbios de pesquisa e/ou adensar as experiências formativas em investigação e/ou ensino.

A avaliação da proposta de dossiê acontece em duas etapas, ambas realizadas via sistema online da revista ETD.

Primeiramente, deve ser inserida na plataforma uma ementa do dossiê, com nome e identificação institucional dos proponentes (três, no máximo, e dois deles com título de doutorado), bem como com os títulos e resumo dos trabalhos, autores e filiação institucional. 

Nesta primeira etapa, os artigos completos não devem ser apresentados.

A proposta do dossiê deve obrigatoriamente conter:

1. Breve ementa do Dossiê.

2. Relevância da temática proposta para o campo da área educacional.

3. Eixo temátido do Dossiê: Deve ser observado o fato de que os trabalhos devem ter como eixo nucleador um tema bem definido proposto por um organizador.

4. Nome e resumo de cada artigo e autores - nomes completos e filiação institucional: os artigos devem ser de autoria de pesquisadores de instituições que não se repitam no mesmo dossiê (instituições diferentes).  O dossiê deve conter entre 5 (mínimo) e 10 (máximo) artigos. 

5. Responsável (is) pelo Dossiê - nome, instituição e e-mail. O dossiê pode ser proposto por até três pessoas, sendo que, no mínimo, duas deles devem ter o título de Doutorado. Cabe ao responsável enviar a proposta do Dossiê também para o e-mail: etd@unicamp.br. 

Após a primeira fase, caso seja aprovada a proposta de dossiê, os artigos completos que compõem o dossiê devem ser inseridos na plataforma online da revista e  entrarão em avaliação por pareceristas, seguindo o procedimento usual da revista, ou seja, duplo-cego, no mínimo.

É condição para a submissão dos artigos do dossiê para avaliação

1. Seguir as normas de publicações e padronização bibliográfica (referências e citações);

2. Que as submissões dos trabalhos que comporão o Dossiê sejam registradas diretamente no sistema, conforme orientações em:"Submissão Online". Não aceitaremos submissão via e-mail. Além de tudo, cada autor deve preencher os termos da "Declaração de Originalidade" constante no link:"Declaração de Originalidade "


A referida declaração deve ser enviada por correio convencional para o endereço que dela consta, ou enviada digitalizada com as respectivas assinaturas, para o e-mail: etd@unicamp.br

Para que o trabalho seja identificado no sistema de submissão, no campo título do metadados, inicialmente ao título coloque a palavra Dossiê seguido (undeline) do primeiro nome do Responsável e o título de cada trabalho.
Exemplo:

Exemplo:

Dossiê_Responsável_Título:

Dossiês_Raquel_As diferenças de cada aluno no seu desenvolvimento acadêmico

Vocabulários Controlados / Controlled Vocabularies

A ETD - Educação Temática Digital adota como padrão para as palavras-chave o Thesaurus Brasileiro da Educação (BRASED) e keywords o Thesaurus da UNESCO. OBRASED "é um vocabulário controlado que reúne termos e conceitos, extraídos de documentos analisados no Centro de Informação e Biblioteca em Educação (CIBEC), relacionados entre si a partir de uma estrutura conceitual da área. Estes termos, chamados descritores, são destinados à indexação e à recuperação de informações”. (CIBEC, 2011). O acesso poderá ser feito em: "BRASED"

Thesaurus da UNESCO é um vocabulário controlado com uma lista cuidadosamente e selecionada  de termos da área de educação e organizado por assuntos nas línguas: portuguesa; espanhola; inglesa; francesa; russa. O acesso poderá ser feito em:"Thesaurus da UNESCO"

Qualis/CAPES (Avaliação)/Evaluation (2013-2016)

 

Licenciamento de Conteúdo/Content License

A revista ETD - Educação Temática Digital, adota a política de licenciamento de seu conteúdo pela política do Creative Commons sob a licença: Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

Taxas para submissão e publicação de textos / Fees for submission and publication of texts

A ETD - Educação Temática Digital não cobra nenhuma taxa por textos publicados e tampouco pelos submetidos para avaliação, revisão, publicação, distribuição ou download. A publicação é totalmente gratuita.

Integridade e Prevenção de Plágio / Integrity and Prevention of Plagiarism

Como parte das ações de valorização da integridade acadêmica e prevenção do plágio nas das publicações credenciadas no Portal, a revista ETD - Educação Temática Digital, adota o serviço de identificação de similaridade de textos utilizando como base, a plataforma Turnitin implantada na Universidade desde novembro de 2016.

Sponsors

Faculdade de Educação/UNICAMP

Histórico do periódico

A ETD – Educação Temática Digital é uma publicação científica eletrônica da Faculdade de Educação da UNICAMP, criada em 1999, editada com periodicidade trimestral, atendendo a uma política editorial definida. ETD – Educação Temática Digital é uma publicação eletrônica multidisciplinar, que se dedica à publicação de artigos da comunidade científica nacional e internacional que investiguem questões de interesse do campo educacional e áreas afins. A ETD – Educação Temática Digital é integrante do OJS/SEER (Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas) desde 2004, software recomendado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), sendo a segunda revista brasileira a utilizar o software.

1999Revista Online da Biblioteca Prof. Joel Martins (ROBJM) lançada pela diretoria da Biblioteca da Faculdade de Educação da UNICAMP, juntamente com outros bibliotecários ingressando como editores técnicos executivos da Revista, e alterando futuramente essa função para editores científicos.

O projeto é demonstrado aos professores e pesquisadores (Grupo de Pesquisa) de como seria o gerenciamento da Revista Online da Biblioteca Prof. Joel Martins, em que o próprio espaço da biblioteca se tornaria o caminho certo para armazenagem, estocagem e disponibilização da informação por meio da Internet.  Muitos professores dos Grupos de Pesquisa aderiram ao projeto. A Biblioteca tornou-se uma temática, caracterizada pelas produções em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Dos 36 Grupos de Pesquisa, 9 deles foram responsáveis pelas temáticas desenvolvidas hoje na Revista por meio de números temáticos, a saber:

  • Cidadania e Movimentos Sociais;
  • Comunicação e Tecnologia;
  • Educação e Arte
  • Educação e Saúde;
  • Educação na América Latina;
  • Escola e Diversidade
  • Estudos Piagetianos e Psicologia Genética
  • Gerontologia;
  • História da Educação

De 2001 a 2011, obteve quatro notas diferentes de estratos Qualis/Capes, na área de Educação:

  • 2001 – Nacional C (antiga avaliação);
  • 2003 – Nacional B (antiga avaliação);
  • 2010 – A2 (nova avaliação)
  • 2012 – A1 (nova avaliação) – mantendo-se nesse estrato até o atual momento.

Histórico de Gestão (1999 - 2019)

Editores científicos
Gildenir Carolino Santos (Fundador: 1999-2014)
Regina Maria de Souza (2008-2014)
Antonio Carlos Amorim (2015-2016)
Wenceslao Machado de Oliveira Junior (2016-2018)
Antonio Carlos Dias Junior (2019-atual)

Editores Técnicos
Rosemary Passos (1999-2019)

Catalogação na Publicação elaborada por: Gildenir Carolino Santos - CRB-8ª/5447