O ensino de música no contexto escolar

Autores

  • Eleide Gonçalves Castilho Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v2i2.1079

Palavras-chave:

Música - estudo e ensino. Escola - música.

Resumo

O tema deste Trabalho de Conclusão de Curso refere-se ao ensino de Música no contexto escolar, tendo como objetivo central alertar para a importância da Arte, e mais especificamente da Música, na formação escolar de nossos alunos e alunas. O texto está organizado em quatro capítulos. No primeiro, “A composição da escala”, são expostos os motivos e os interesses que motivaram a realização deste estudo. Em seguida, “Fazendo Arte”, desenvolve-se uma reflexão sobre a trajetória do ensino de Música nas escolas brasileiras, alertando para o fato de que, infelizmente, na nossa tradição escolar, o ensino de Arte é considerado um conhecimento supérfluo, menos importante que o de outros componentes curriculares. No terceiro capítulo, “A Música faz parte”, situa-se brevemente o caminho percorrido pela Música desde as primeiras civilizações, ressaltando-a como uma das formas de expressão significativas da Arte que faz parte há muito tempo da vida dos seres humanos. Discute-se, ainda, a educação musical na escola como uma oportunidade para que os alunos aprendam Arte aprendendo Música. Tomando como referência as múltiplas linguagens do patrimônio musical da humanidade, compreende-se que é na relação dialética entre este e o patrimônio musical dos alunos que o professor deve buscar os caminhos para tematizar o ensino de Música na escola. No “Compasso Final”, conclui-se este estudo ressaltando que o Curso de Pedagogia da UNICAMP deixou a desejar no que diz respeito ao ensino de Arte e de Música na escola. Isso, certamente, colabora para que a Arte continue sendo colocada de lado no nosso sistema escolar ou, ainda, seja inúmeras vezes reduzida a um “verniz de superfície”. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eleide Gonçalves Castilho, Universidade Estadual de Campinas

Graduanda pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Referências

ABROMOVICH, Fanny. As Pseudomudanças na Educação Criativa. In: Fazendo Arte, no. 9, 1986.

BONA, Paschoal. Método Musical. São Paulo: IGAL, 1997.

BRASIL. Secretaria do Ensino Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: arte. Brasília: MEC/SEF, 1997.

EMMANUEL, Maurice [ et.al]. Iniciação à música. 3. Ed. Rio de Janeiro: Globo, 1962.

HOWARD, Walter. A Música e a Criança. São Paulo: Sumus Editorial, 1984.

JEANDOT, Nicole. Explorando o Universo da Música. 3. ed. São Paulo: Scipione, 1990.

LEITE, Maria Izabel Ferraz Pereira. Desenho infantil: questões e práticas polêmicas. In: KRAMER, Sônia,

LEITE, Maria Izabel Ferraz Pereira (Orgs.). Infância e produção cultural. Campinas: Papirus, 1998, p.131-150.

PINTO, Priscila Graner Silva. Musicalização Escolar: vivenciando a música erudita. Campinas: (s.n.) 1998.

SAVIANI, Dermeval. A nova lei da educação: trajetória, limites e pespectivas. Campinas: Autores Associados, 1997.

SILVA, Vânia Marise de Campos e. Educação especializada para deficientes mentais. Goiana: Oriente, 1975.

SNYDERS, Georges. A escola pode ensinar as alegrias da música? 3. ed. São Paulo: Cortez, 1997.

SNYDERS, Georges. A alegria na escola. São Paulo: Manole, 1988.

SQUEFF, Enio, WISNIK, José Miguel. Música. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1983.

Downloads

Publicado

2009-01-08

Como Citar

CASTILHO, E. G. O ensino de música no contexto escolar. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 181–192, 2009. DOI: 10.20396/etd.v2i2.1079. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1079. Acesso em: 27 jan. 2021.