Biblioteca: um caminho para a informação e o conhecimento

  • Francinara da Costa Cândido Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Nivaldo Oliveira Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Bibliotecas. Informação. Conhecimento.

Resumo

Este artigo enfatiza a evolução do uso das bibliotecas em diversas áreas do conhecimento, bem como sua influência na transferência da informação e do conhecimento. Tem como objetivo transformar a biblioteca num centro de convivência para que, os serviços por ela disponibilizados possam ser usufruídos pelos indivíduos que compõem uma sociedade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francinara da Costa Cândido, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Bibliotecária-documentalista graduada pela Escola de Biblioteconomia do Centro Universitário de Formiga, UNIFOR-MG, (2003). Especialização em Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação pelo CEPE/UNIFOR-MG. Diretora da Biblioteca da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais em Arcos, PUC Minas em Arcos (2010-2013).
Nivaldo Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Bibliotecário do Sistema de Bibliotecas da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Graduado e Especializando em Gestão do conhecimento e Tecnologia da Informação pelo UNIFOR/MG.

Referências

BARKER, J. A. Mudanças de paradigmas. In: BARKER, J. A. Contabilidade de ganhos: a nova contabilidade gerencial de acordo com a teoria das restrições. São Paulo: Nobel, 1997.

BURKE, P. Uma história social do conhecimento: de Gutemberg a Diderot. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

CARVALHO, G. M. R.; TAVARES, M. S. Informação & Conhecimento: uma abordagem organizacional. Riod de Janeiro: Qualitymark, 2001.

CARVALHO, S. O facilitador da informação, O Tempo, Belo Horizonte, 2 nov, 2003. Caderno Emprego.

FERRAZ, W. A biblioteca. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1949.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

FONSECA, E. N. A biblioteconomia brasileira no contexto mundial. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1979.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Disponível em: http://www.inep.gov.br/institucional/historia.htm. Acesso: 14 dez. 2004.

INSTITUTO DE RESSEGUROS DO BRASIL. Disponível em: http://www.irb.com.br. Acesso em: 15 dez. 2004.

LARA, M. L. G.; CONTI, V. L. Disseminação da informação e usuários. São Paulo em Perspectiva. São Paulo, v. 17, n. 3-4, p. 26-34 2003.

LER é poder. Veja, São Paulo, v. 32, n. 27, p. 11-15, 1999.

LIVELY, L. Como gerenciar informações. Rio de Janeiro: Campus, 2002. MABEL: melhor impossível. Disponível em: http://www.mabel.com.br/novo/empresa_estrutura.htm. Acesso em: 14 dez. 2004.

MCGARRY, K. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Brasília: Briquet de Lemos, 1999.

MORIN, E. Os setes saberes necessários à educação do futuro. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

NOVAES, W. A quem pertence à informação? 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1996.

O NOME da rosa. [São Paulo]: Videolar Multimídia, 1986. 1 videocassete (130 min.): NTSC/VHS: son., color.

RIBONI, E. A nojenta história do cristianismo : a página negra do cristianismo: 2000 anos de crimes, terror e repressão. SEITA Hell. Disponível em: http://www.seitahell.hpg.ig.com.br/cristianismo.html. Acesso: 15 out. 2004.

VERGER, J. Os livros na idade média. In: VERGER, J. Homens e saber na idade média. Bauru/sp: Edusc, 1999.

WERTHEIN, J. A sociedade da informação e seus desafios. Ciência da Informação. Brasília, v. 29, n. 2, maio./ago. 2000.

Publicado
2008-12-15
Como Citar
Cândido, F. da C., & Oliveira, N. (2008). Biblioteca: um caminho para a informação e o conhecimento. ETD - Educação Temática Digital, 7(1), 1-10. https://doi.org/10.20396/etd.v7i1.591