Tive um sonho estranho

  • Marco Antônio de Araújo Bueno Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Ensaio

Resumo

É curioso como esta expressão precede quase sempre a narrativa de um sonho! Mesmo com pacientes acostumados a sessões de análise onde se procura ,depois de minuciosas explicações introdutórias,”desconstruir”essas engenhosas e intrigantes formações da alma. Não é por falta de espírito científico também,que emprego aqui esta palavra;ela foi eleita pelo Dr.S. Freud para designar o “teatro das operações”(perdoem esta misteriosa analogia bélica...)dos fenômenos psiquicos. Não esperem cientificidade destes meus comentários.É que proponho apenas,enveredarmos juntos pelos fascinantes meandros da cotidiana função de...sonhar...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antônio de Araújo Bueno, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e doutorado inconcluso em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, doutorou-se em Educação também pela Unicamp. Tem experiência na área de Psicologia Clínica, com ênfase em Psicanálise de escola francesa, atuando principalmente nos seguintes temas: psicanálise, semiologia, literatura, história e S. Freud.

Referências

BORGES, Jorge Luís. Libro del sueños. Buenos Aires: Torres Agüero, 1976.

FREUD, Sigmund. Obras completas de Sigmund Freud. Trad. Luis Lopez Ballesteros de Torres. Madrid: Editorial Biblioteca Nueva, 1972. (Titulo original: Die Traumdeutung)

Publicado
2008-12-15
Como Citar
Bueno, M. A. de A. (2008). Tive um sonho estranho. ETD - Educação Temática Digital, 7(1), 142-145. https://doi.org/10.20396/etd.v7i1.600