Histórias de identidades num assento rural

  • Mônica Maria Barbosa Leiva de Luca Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Identidades sociais. Constituição. Determinações e diálogo.

Resumo

Este artigo está baseado num estudo desenvolvido junto à comunidade de um assentamento rural, sobre as identidades sociais que foram sendo produzidas na vivência dos processos de constituição desse grupo específico. Procuramos tratar aqui o conceito de identidade pautado em Larrosa (1998), através da relação de alteridade cuja constituição do “eu” acontece em relação com o “outro” mediada pelos valores, pela história e pela cultura. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Maria Barbosa Leiva de Luca, Universidade Estadual de Campinas
Pedagoga, mestranda em Educação, integrante do GEMDEC - Grupo de Estudos Movimentos Sociais, Demandas Educativas e Cidadania – Faculdade de Educação/UNICAMP.

Referências

COSTA, Marisa Vorraber. Sujeitos e subjetividades nas tramas da linguagem e da cultura. In: CANDAU, Vera M. (Org.) Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender. Rio de Janeiro: DP&A, 2000, p. 29-46.

DEBERT, Guita Grin. (org.). Antropologia e Velhice. Coleção Textos Didáticos, Campinas, n.13, 1994.

ELLIOT, Elias. Para haver amanhã. Campinas, SP: [s.n.], 2000.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 4. ed. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Edições Loyola, 1998.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. 15. ed. Trad. e org. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Grahal, 2000.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 9. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação. 4. ed. São Paulo: Moraes, 1980.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. (Coleção Leitura)

GOFFMANN, E. Estigma e Identidade Social. In: Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro, Zahar, 1975 (p.11-50)

GOHN, Maria da Glória M. Educação Não-Formal e cultura política – Impactos sobre o associativismo do terceiro setor. São Paulo: Cortez, 1999 (Col. Questões da Nossa Época, v.71).

GOHN, Maria da Glória M. História dos Movimentos Sociais – A Construção da Cidadania dos Brasileiros. São Paulo: Edições Loyola, 1995.

GOHN, Maria da Glória M. Movimentos Sociais e Educação. 2ª ed., São Paulo: Cortez, 1994 (Col. Questões da Nossa Época, v.5).

GOHN, Maria da Glória M. Teoria dos Movimentos Sociais – Paradigmas Clássicos e Contemporâneos. São Paulo, Edições Loyola, 1997.

GUSMÃO, Neusa Maria Mendes. Socialização e Recalque: a criança negra nº rural. In: Cadernos Cedes, nº 32, Campinas, SP: Papirus, 1993.

GUSMÃO, Neusa Maria Mendes. Linguagem, Cultura e Alteridade: imagens do outro. Cadernos de Pesquisa, nº. 107 S.Paulo, Fundação Carlos Chagas/Editora Autores Associados. Julho de 1999 pp. 41-78

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. Trad.: Tomás Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro – 4ª edição - Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

KOUBI, Pr. Geneviève, Entre sentimentos e ressentimentos – as incertezas de um direito das minorias (Tradução: Celene M. Cruz e Clémence Jouët-Pastré), 2000 - no prelo.

LARROSA, Jorge, e LARA, Núria Perez de. Imagens do Outro. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

LARROSA, Jorge. Tecnologias do Eu e Educação. In: SILVA, Tomaz Tadeu (Org.), O sujeito da Educação – Estudos Foucaultianos. 4ª ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2000.

LENOIR, Remi. Objeto sociológico e problema social. In MERILLIÉ, et al. Iniciação à prática sociológica. Trad.: Guilherme J. de F. Teixeira. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998. (p.59-106)

LLORET, Caterina. As outras idades ou as idades do outro. In LARROSA, Jorge, e LARA, Núria Perez de. Imagens do Outro. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998 (p.13-23).

LÖWY, Michael. Ideologias e Ciência Social – Elementos para uma análise marxista. 11a ed., São Paulo: Cortez, 1996.

MARTINS, José de Souza. Exclusão social e a nova desigualdade. São Paulo: Paulus, 1997. (Coleção Temas da Atualidade)

MELO, Denise Mesquita de. A Construção da Subjetividade de Mulheres Assentadas pelo MST. Dissertação (Mestrado em Educacão) Faculdade de Educacão /UNICAMP, Campinas, SP: 2001.

ORLANDI, Eni P. Análise de Discurso - Princípios e Procedimentos. Campinas, SP: Pontes, 1999.

RODRIGUES, Suzy Lagazzi. Deixar a cidade. Vir para a terra. O discurso urbano em movimento. In: RUA (Revista do NUDECRI-UNICAMP), Campinas, 5:39-46, 1999.

ROY, Lise. O modo de ser mulher trabalhadora na reestruturação produtiva. Campinas: Ed. Alínea, 1999.

SILVA, Tomas Tadeu da. Identidade e Diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. (Col. Educação pós-crítica)

THIOLLENT, Michel. “Uma contribuição à Pesquisa-Ação no campo da comunicação sociopolítica” Educação & Sociedade, ano III, n.9, maio de 1981, p. 49-64.

Publicado
2008-12-05
Como Citar
Luca, M. M. B. L. de. (2008). Histórias de identidades num assento rural. ETD - Educação Temática Digital, 4(1), 10-31. https://doi.org/10.20396/etd.v4i1.611