Banner Portal
Trabalho fonoaudiológico com gagueira numa perspectiva discursiva: um estudo de caso
PDF

Palavras-chave

Gagueira. Discurso. Linguagem.

Como Citar

VASCONCELOS, Gabriela Valle; SAMPAIO, Maria Janaina Alencar. Trabalho fonoaudiológico com gagueira numa perspectiva discursiva: um estudo de caso. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 361–374, 2008. DOI: 10.20396/etd.v9i1.752. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/752. Acesso em: 16 jun. 2024.

Resumo

Tendo em vista a carência de estudos que contemplem a gagueira do ponto de vista discursivo, faz-se mister dar continuidade às pesquisas relacionadas a essa temática abordada por Azevedo (2000), em seu estudo acerca do funcionamento discursivo do sujeito gago. Sua pesquisa toma como base teórica, à teoria interacionista em aquisição de linguagem e a análise de discurso de linha francesa. A primeira embasa sua concepção a respeito da origem da gagueira e seu funcionamento enquanto linguagem e a segunda é utilizada como instrumento de análise, haja vista que Azevedo compreende a gagueira como atravessada pela ideologia. Neste trabalho nos propomos a fazer uma análise de um caso clínico de gagueira, observando as relações discursivas que se estabelecem entre terapeuta e paciente e como estas podem interferir no deslizamento ou não do discurso do sujeito gago, à luz dos estudos de Nadia Azevedo (2000), mestre em Fonoaudiologia, que se propõe a olhar a gagueira como um problema discursivo, diretamente relacionado às condições de produção.

https://doi.org/10.20396/etd.v9i1.752
PDF

Referências

AZEVEDO, N. P. S. G. Uma análise discursiva da gagueira: da alienação na língua ao silenciamento. 2000. 127f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.

AZEVEDO, N. P. S. G.; FREIRE, R. M. Trajetórias de silenciamento e aprisionamento na língua: o sujeito, a gagueira e o Outro. In: FRIEDMAN, S.; CUNHA, M.C. (Org.). Gagueira e subjetividade: possibilidades de tratamento. Porto Alegre: Artmed, 2003. p. 145-160.

DE LEMOS, C. T. G. Desenvolvimento da linguagem e processo de subjetivação. Campinas: DL-IEL-UNICAMP, 1999. 27p.

DE LEMOS, C. T. G. Língua e discurso na teorização sobre aquisição da linguagem. Letras de hoie. Porto Alegre, v.30, n. 4, p. 9-28. 1995.

DE LEMOS, C. T. G. Los processos metafóricos y metonímicos como mecanismos de cambio. Substratum, n.1, p. 121-135. 1992.

DE LEMOS, C. T. G. Processos metafóricos e metonímicos: seu estatuto descritivo e explicativo na aquisição da língua materna. São Paulo, 1999. (Mimeogr.).

DE LEMOS, C. T. G. Uma abordagem sócio-construtivista da aquisição de linguagem: um percurso e muitas questões. In: ENCONTRO NACIONAL DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM, 1, 1989, Porto Alegre. [Anais...] Porto Alegre:[s.n.], 1989. p.61-76.

DE LEMOS, C. T. G. Sobre aquisição de linguagem e seu dilema (pecado) original. Boletim da Abralin, Recife, n. 3 , p. 11-23. 1982.

DOR, J. Introdução à leitura de Lacan. Porto Alegre: Artes Médicas. 1992.

LlER-DE-VITTO, M. F. Os monólogos da criança: delírios na língua. São Paulo: EDUC, 1998. p. 22.

ORLANDI, E. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Vozes: Rio de Janeiro, 1996. p.22.

SAUSSURE, F. Curso de lingüística geral. Cultrix: São Paulo. 1987.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.