Banner Portal
Autonomia das escolas públicas: limites e possibilidades
PDF

Palavras-chave

Escola pública. Autonomia. Burocratização.

Como Citar

PREVIATTI, Areta Held; CASTANHO, Maria Eugênia. Autonomia das escolas públicas: limites e possibilidades. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 393–409, 2008. DOI: 10.20396/etd.v9i1.754. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/754. Acesso em: 23 jul. 2024.

Resumo

O presente estudo teve como principal problemática o exame da autonomia da escola pública. Procuramos investigar os fatores que influenciam essa autonomia a fim de constatar se existem mais possibilidades ou mais limites. Para isto priorizou-se a pesquisa bibliográfica e, a fim de considerar a prática e ter dados empíricos para análise, foram realizadas duas entrevistas com profissionais da educação de diferentes instituições: um da unidade escolar e outro da Diretoria de Ensino. Os dados mostraram que, apesar da legislação garantir maior autonomia para a escola, esta continua sofrendo um controle exagerado dos órgãos superiores. Conclui-se que a luta por uma escola mais autônoma e igualitária é árdua, porém constitui-se como um processo possível de realização. 

https://doi.org/10.20396/etd.v9i1.754
PDF

Referências

ALVES, G. L. A produção da escola pública contemporânea. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2002.

CISESKI, A. A.; ROMÃO, J. E. Conselhos de escola: coletivos instituintes da escola cidadã. In: GADOTTI, M; ROMÃO, J. E. (Org.). Autonomia da escola: princípios e propostas. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2001. (Guia da escola cidadã – Instituto Paulo Freire).

CUNHA, L. Antonio (coord.). Escola pública, escola particular: e a democratização do ensino. 3. ed. São Paulo: Cortez / Autores Associados, 1989. Coleção Educação Contemporânea.

GADOTTI, M. Escola cidadã. 9.ed. São Paulo: Cortez, 2003. (Coleção Questões da Nossa Época, v. 24).

PARO, V. H. Administração escolar e transformação social. In: PARO, V. H. Administração escolar: introdução e crítica. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1998.

PARO, V. H. Participação da comunidade na gestão democrática da escola pública. In: PARO, V. H. Gestão democrática da escola pública. 8.ed. São Paulo: Editora Ática, 2002. (Série Educação em Ação).

ROMÃO, J. E.; PADILHA, P. R. Diretores escolares e gestão democrática da escola. In: GADOTTI, M.; ROMÃO, J. E. (Org.). Autonomia da escola: princípios e propostas. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2001. (Guia da escola cidadã – Instituto Paulo Freire).

SANFELICE, J. L. A problemática do público e do privado na história da educação no Brasil. In: LOMBARDI, J. C.; JACOMELI, M. R. M.; SILVA, T. M. T. (Org.). O público e o privado na história da educação brasileira: concepções e práticas educativas. Campinas, SP: Autores Associados, 2002. Memória da Educação.

SANTOMÉ, J. T. A educação em tempos de neoliberalismo. Porto Alegre: Artmed, 2003. (Coleção Educação, teoria e crítica).

SAVIANI, D. A nova lei da educação: LDB trajetória, limites e perspectivas. 9.ed. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2004.

SAVIANI, D. O público e o privado na história da educação brasileira. In: LOMBARDI, J. C.; JACOMELI, M. R. M.; SILVA, T. M. T. (Org.). O público e o privado na história da educação brasileira: concepções e práticas educativas. Campinas, SP: Autores Associados, 2002. (Coleção Memória da Educação).

SILVA, J. M. A autonomia da escola pública: a re-humanização da escola. 4.ed. Campinas, SP: Papirus, 1996. (Coleção Práxis).

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.