Pesquisa e informação qualitativa

Autores

  • Carolina Messora Bagnolo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v9i1.755

Palavras-chave:

Metodologia da pesquisa - resenha

Resumo

É contra uma posição neutra e descompromissada e puramente quantitativa de pesquisa social, fruto da perspectiva positivista de ciência, que Pedro Demo, professor titular de sociologia da Universidade de Brasília, desenvolve o livro Pesquisa e informação qualitativa. Todavia, é importante notar ao leitor que Demo não se posiciona contra a pesquisa quantitativa. Seria um erro imaginar que tem esta pretensão. Não a descarta, por ser a outra face do fenômeno qualitativo, entendendo que não existe tal dicotomia. Mas tem sim a pretensão de mostrar que a pesquisa qualitativa pode vir a servir como instrumental metodológico, para que não caiamos no que denomina por “ditadura do método”: adequar o fenômeno ao método, e não o método ao fenômeno. Para tanto, busca algumas diretrizes para uma maior formalização da pesquisa qualitativa, dada a necessidade de conferir-lhe maior credibilidade científica, para que então esta possa ser tão utilizada quanto à pesquisa quantitativa. Buscando esta formalização, estaríamos legitimando a pesquisa de cunho qualitativo...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Messora Bagnolo, Universidade Estadual de Campinas

Graduada em Ciências Sociais (Unicamp), Mestre em Sociologia (Unicamp) e Doutoranda em Educação (Unicamp).

Referências

DEMO, Pedro. Pesquisa e informação qualitativa. 2.ed. Campinas: Papirus, 2001

Downloads

Publicado

2008-11-14

Como Citar

BAGNOLO, C. M. Pesquisa e informação qualitativa. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 410-413, 2008. DOI: 10.20396/etd.v9i1.755. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/755. Acesso em: 31 out. 2020.