Filosofia e psicanálise: um exercício de pinçar(com)análise a partir de Nietzsche e Freud Philosophy and psychoanalisys: an exercise to pinch(with)analysis from Nietzsche and Freud

Autores

  • Alexandre Filordi de Carvalho Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v11iesp..899

Palavras-chave:

Nietzsche. Freud. Pulsões. Sujeito.

Resumo

O artigo tem por objetivo sustentar que é possível uma aproximação do campo filosófico com a psicanálise. Tomando o pensamento de Nietzsche e de Freud como eixo de interlocução, procura evidenciar que ambos os autores trataram de empreender a destruição das evidências acerca do entendimento do sujeito e do lugar da subjetividade na história da Razão ocidental. A hipótese central é que a análise da teoria das pulsões em Nietzsche foi uma contribuição decisiva para o próprio entendimento de Freud acerca dos instintos e das pulsões em sua segunda tópica. Se a psicanálise dialoga desde o seu início com a filosofia, é possível sustentar que tal empreendimento não pode mais deixar de ocorrer, pois a temática do sujeito e sua constituição tornaram-se cruciais para o avanço do pensamento filosófico e psicanalítico. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Filordi de Carvalho, Universidade Estadual de Campinas

Professor de Filosofia da Educação na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), campus Guarulhos; Doutor em Filosofia (USP) e em Educação (UNICAMP).

Referências

CAMUS, A. O mito de Sísifo. Record: São Paulo, 2009.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, M. Lacan, le “liberateur”de la psychanalyse. In: FOUCAULT, M. Dits et Écrits IV. Paris: Gallimard, 1994.

FREUD, S. Cinco lições de psicanálise. In: FREUD, S. Edição Standard brasileira das obras

psicológicas completas de Sigmund Freud. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Imago, 1990d. (v. 11).

FREUD, S. Conferência XXXI. In: FREUD, S. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Imago, 1990a. (v. 22).

FREUD, S. “O Ego e o Id”. In: FREUD, S. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. 3. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1990b. (v. 19).

FREUD, S. “O instinto e suas vicissitudes”. In: FREUD, S. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. 3.ed. Rio de Janeiro, RJ: Imago, 1990c. (v. 22).

FREUD, S. “O mal-estar na civilização”. In: FREUD, S. Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Imago, 1990. (v. 21).

KLOSSOWSKI, P. Nietzsche e o círculo vicioso. Rio de Janeiro, RJ: Pauzin, 2000.

LACAN, J. O seminário: Livro 17: O avesso da psicanálise. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 1992.

LACAN, J. Outros escritos. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2003.

NIETZSCHE, F. W. Além de bem e mal. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

NIETZSCHE, F. W. Aurora. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

NIETZSCHE, F. W. Crepúsculo dos ídolos. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

NIETZSCHE, F. W. O anticristo. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

NIETZSCHE, F. W. Os pensadores. São Paulo, SP: Abril, 1983.

ROUDINESCO, E. Jacques Lacan: esboço de uma vida, história de um sistema de pensamento. São Paulo, SP: Companhia de Bolso, 2008.

Downloads

Publicado

2010-04-01

Como Citar

Carvalho, A. F. de. (2010). Filosofia e psicanálise: um exercício de pinçar(com)análise a partir de Nietzsche e Freud Philosophy and psychoanalisys: an exercise to pinch(with)analysis from Nietzsche and Freud. ETD - Educação Temática Digital, 11, 60–80. https://doi.org/10.20396/etd.v11iesp.899

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)