A prática pedagógica dos professores de história no uso dos livros didáticos

Autores

  • Eliane Mimesse Universidade Tuiuti do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v9i35.8639616

Palavras-chave:

Livros didáticos. História da educação. Prática pedagógica

Resumo

Analisam-se as práticas pedagógicas dos professores de História nas séries do ensinomédio. Verificou-se como desenvolveram os conteúdos e utilizaram os livros didáticos,possibilitando classificar esses usos como do cotidiano e de pesquisa. Identificou-se comoos professores apropriaram-se das sugestões contidas nos programas oficiais, a partir daanálise dos conteúdos ministrados, relacionando-os aos conteúdos dos livros didáticos.Notou-se a permanência nas listagens, por longos anos, das indicações dos mesmos livros,independentemente, da redução de aulas semanais da disciplina História, fato ocorrido apartir da obrigatoriedade do ensino profissional. O período estudado trata dos anos entre1972 e 1986, por existirem fontes disponíveis para pesquisa e contemplar a implantação edifusão da Reforma do Ensino, que entre outras alterações, incluiu novos conteúdosespecíficos à História. Novas sugestões de trabalho provindas dos órgãos oficiais forampublicadas, decorrendo a publicação de novos livros didáticos. As fontes usadas compõemsedos relatórios de estágios produzidos pelos alunos do curso de Licenciatura em Históriada Universidade de São Paulo, da legislação e dos documentos oficiais. O estudo centrouseapenas nas escolas estaduais localizadas na área metropolitana da cidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Mimesse, Universidade Tuiuti do Paraná

Possui Pós-doutorado em Educação, pela Universidade de São Paulo (2015); Pós-doutorado em História, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2013); Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004); Mestrado em Educação: História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999); Licenciatura em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992); Bacharelado e Licenciatura em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988).

Referências

ARRUDA, José Jobson de Andrade. História moderna e contemporânea. 17. ed. São Paulo: Ática, 1984.

ARRUDA, José Jobson de Andrade. História Antiga e Medieval. 2. ed. São Paulo: Ática, 1976.

BARBEIRO, Heródoto. História Geral. São Paulo: Harper & Row do Brasil, 1984.

BATISTA, Antônio Augusto Gomes. Um objeto variável e instável: textos, impressos e livros didáticos. In: ABREU, Márcia (Org.) Leitura, História e História da Leitura. Campinas/SP: Mercado de Letras: Associação de Leitura do Brasil; São Paulo: Fapesp, 2002.

BRASIL. Guia Metodológico para Cadernos MEC - História. Brasília: MEC: FENAME, 1971.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer n.o 853, aprovado em 12 de novembro de 1971. Fixa o núcleo-comum para os currículos do ensino de 1o e 2o graus.

BURNS, Edward McNall. História da Civilização Ocidental. Trad. Lourival G. Machado, Lourdes S. Machado e Leonel Vallandro. 2. ed., 10. imp. rev. e atual. Porto Alegre: Globo, 1970. (2 vol.; título original, Western Civilizations: their History and their Culture).

CARBONE, Graciela. Libros escolares: una introducción a su análisis y evaluación. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2003.

ESAÚ, Elias & PINTO, Luiz Gonzaga de Oliveira. História do Brasil: estudo dirigido. 2o grau. São Paulo: IBEP, [s.d].

ESAÚ, Elias & PINTO, Luiz Gonzaga de Oliveira. História Geral da Civilização. São Paulo: Saraiva, 1975.

HUBERMAN, Leo. História da riqueza do homem. Trad. Waltensir Dutra. 20. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1984. (título original, Man's Wordly Goods).

KOSHIBA, Luiz & PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil. 6. ed. São Paulo: Atual, 1995.

MAIOR, Armando Souto. História Geral: para o ensino de 2o grau e vestibulares. 23. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1981.

MIMESSE, Eliane. O ensino profissional obrigatório de 2o grau nas décadas de 70 e 80 e as aulas dos professores de História. Revista HISTEDBR On-line, v.26, p.105-113, 2007.

NADAI, Elza & NEVES, Joana. História da América. São Paulo: Saraiva, 1979.

PEDRO, Antonio & CÁCERES, Florival. História Geral. 2. ed. São Paulo: Moderna, 1982.

PEDRO, Antonio. História moderna e contemporânea. São Paulo: F.T.D., [s.d.].

PILETTI, Nelson. História do Brasil. 14. ed. São Paulo: Ática, 1996.

PRADO JÚNIOR, Caio. História econômica do Brasil. 30. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985.

RELATÓRIOS DE ESTÁGIOS de observação e regência, 1972 a 1985. Laboratório de Ensino de História da Faculdade de Educação da USP.

SACRISTÁN, Jose Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Trad. Ernani F. da F. Rosa. 3.ed. Porto Alegre: ArtMed, 2000. (título original, El curriculum: uma reflexión sobre la práctica).

SÃO PAULO. Proposta Curricular de História e Geografia para o 2o grau. São Paulo: SEE: CENP, 1980.

SÃO PAULO. Coletânea de documentos históricos para o 1o grau- 5a a 8a séries. São Paulo: SEE: CENP, 1981.

SÃO PAULO. Coletânea de Documentos de História da América para o 2o Grau- 1a série. São Paulo: SEE: CENP, 1981.

Downloads

Como Citar

MIMESSE, E. A prática pedagógica dos professores de história no uso dos livros didáticos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 35, p. 96–107, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i35.8639616. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639616. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos