Banner Portal
O projeto pedagógico da sociedade de geografia do Rio de Janeiro: o curso superior livre de geografia (1926-1927)
PDF

Palavras-chave

Ensino de Geografia. Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro. Intelectuais brasileiros

Como Citar

CARDOSO, Luciene Pereira Carris. O projeto pedagógico da sociedade de geografia do Rio de Janeiro: o curso superior livre de geografia (1926-1927). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 36, p. 246–256, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i36.8639653. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639653. Acesso em: 19 jun. 2024.

Resumo

Este artigo analisa a trajetória do Curso Superior Livre de Geografia desenvolvido entre osanos de 1926 e 1927 no âmbito da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro, destinado àatualização de professores primários. Organizado por um corpo de especialistas de escol, oprojeto pedagógico elaborado por Everardo Backheuser e Delgado de Carvalho, constituiuum experimento de vanguarda, pois pretendia fornecer uma concepção moderna dadisciplina.
https://doi.org/10.20396/rho.v9i36.8639653
PDF

Referências

BACKEHEUSER, Everardo. “A nova concepção da geografia. Conferência realizada pelo professor dr. Everardo Backheuser, inaugurando as preleções do Curso Superior Livre de Geografia”. Revista da SGRJ, Rio de Janeiro, t. 31, 1926-1927.

BACKEHEUSER, Everardo. A estrutura política do Brasil. Notas Prévias. Rio de Janeiro: Mendonça, Machado & Cia. Editores, 1929.

BACKEHEUSER, Everardo. Problemas do Brasil: Estrutura geopolítica. Rio de Janeiro: Omnia, 1933.

BERNARDES, Nilo Bernardes. “A influência estrangeira no desenvolvimento da geografia no Brasil”. Rio de Janeiro: Revista Brasileira de Geografia, ano. 44, n.3, jul./set. 1982, p. 521.

CARDOSO, Luciene P. Carris. Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro: espelho das tradições progressistas (1910-1945). Tese (Doutorado) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História Política, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

CARDOSO, Luciene P. Carris. Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro: Identidade e Espaço Nacional (1883-1909). Dissertação (Mestrado) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Programa de Pós Graduação em História Política, Rio de Janeiro, 2003.

CARVALHO, Delgado de. “Geografia – Ciência da Natureza”. Revista da SGRJ, Rio de Janeiro, t. 31, 1926-1927.

CELSO, Afonso. “A nova concepção de geografia”. Revista da SGRJ, Rio de Janeiro, t. 31, 1926-1927.

CORRÊA, Mariza. Antropólogas e antropologia. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

CORRÊA. Roberto Lobato Corrêa. Região e organização espacial. São Paulo: Ática, 1991.

FAVERO, Maria de Lourdes de Albuquerque & BRITTO, Jader de Medeiros. Dicionário de Educadores no Brasil. Rio de Janeiro; UFRJ, MEC-INEP-Comped, 2002.

GOMES, Paulo César da Costa. Geografia e Modernidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

GUIMARÃES, Lúcia Maria. Paschoal, Da escola palatina ao silogeu: Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1889-1938), Rio de Janeiro: Museu da República, 2007.

MORAES, Antonio Carlos Robert de. Geografia: pequena história crítica. São Paulo: Hucitec, 1999.

MORAES, Antonio Carlos Robert de. (org.), Ratzel. São Paulo: Ática, 1990.

MOREIRA, Ruy. O Discurso do Avesso (para a crítica da geografia que se ensina). Rio de Janeiro: Dois Pontos, 1987.

MOREIRA, Ruy. O que é geografia. São Paulo: Brasiliense, 1986.

MOTTA, Marly da Silva. “1922: em busca do Brasil moderno”. Rio de Janeiro: CPDOC, 1994.

MYAMOTO, Shiguenoli. Geopolítica e poder no Brasil. São Paulo: Papirus, 1995.

OLIVEIRA, Luiz Caetano de. Rudimentos de cálculo diferencial e de cálculo integral. São Paulo: Melhoramentos, 1939.

RAFFESTIN, Claude. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

SANTOS, Sydney M. G. dos. A cultura opulenta de Everardo Backheuser: os conceitos e as leis básicas de geopolítica. Rio de Janeiro: Carioca Engenharia S. A., 1989.

SEIDL, Roberto Freire. Oceanografia (Formação e desenvolvimento). Rio de Janeiro, Est. Graphico Roland Rohe, 1929.

SGRJ, “Curso superior livre de geografia”. Revista da SGRJ, Rio de Janeiro, t. 31, 1926-27.

SGRJ, “Relatório do Presidente da Sociedade general Moreira Guimarães relativo ao ano social de 1926”. Revista da SGRJ, Rio de Janeiro, t.31, 1926-1927.

SILVESTRE, Honório de Sousa. Notas a fisiografia do Brasil(Separata do Anuário do Colégio Pedro II), Rio de Janeiro, 1922.

VESENTINI, José William. “Controvérsias geográficas: epistemologia e política” Confins, Revue Franco-brésilienne de Geographie, n. 2, 1 semestre, 2008. [En ligne], mis en ligne le 17 février 2008. URL : http://confins.revues.org/document1162.html. Consulté le 17 juillet 2008.

VESENTINI, José William. Para uma geografia crítica da escola. São Paulo: Editora do autor, 2008.

ZUZMAN, Perla Brígida. Sociedades Geográficas na promoção do saber a respeito do território: Estratégias políticas e acadêmicas das instituições geográficas na Argentina (1782-1942) e no Brasil (1838-1945). (Dissertação) Mestrado - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade de São Paulo, São Paulo,1996.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.