O debate educativo nacional no discurso dos intelectuais do Diário dos Campos (1907-1928)

Autores

  • Eliezer Felix de Souza Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
  • Névio de Campos Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i42.8639869

Palavras-chave:

Educação. História. Intelectuais. Imprensa

Resumo

O presente artigo tem como objetivo a análise da recepção dos debates nacionais sobre educação no discurso dos intelectuais do jornal Diário dos Campos, Jacob Holzmann, Hugo de Borja Reis e José Cadilhe no período estudado e compreendido entre 1907 e 1928. Essa discussão apoiou-se no conceito de intelectual como organizador da cultura gramsciniana e na concepção de discurso do círculo de Bakhtin. Pela análise feita evidencia-se que os intelectuais do referido periódico apresentavam em seus discursos várias temáticas: missão da educação, a tese da educação feminina e formação de professor, bem como a defesa de reformas educativas. Com base na documentação analisada é possível indicar que o grupo estabeleceu interlocução com as discussões educativas promovidas nas principais cidades brasileiras e reafirmou o discurso salvacionista da educação para combater o analfabetismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliezer Felix de Souza, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Mestre em Educação e Especialista em História e Cultura pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Névio de Campos, Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG

Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. (VOLOSHINOV). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Ed. Annablume, 2002.

CARVALHO, Marta Maria Chagas. Molde nacional e fôrma cívica (1924-1931). Bragança Paulista: Edusf, 1998.

CHAVES, Niltonci B. (org.). Visões de Ponta Grossa. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2001.

ELUTÉRIO, Maria Lurdes. Imprensa a serviço do progresso. In: MARTINS, Ana Luíza; LUCA, Tânia Regina de (Org.) História da imprensa no Brasil. São Paulo: Contexto, 2008.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere, vol. 02. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

JÚNIOR, Aurélio Bona; VIEIRA, Carlos Eduardo. O discurso da modernidade nas conferências educacionais na década de 1920 no Paraná. In: VIEIRA, Carlos Eduardo (org.). Intelectuais, educação e modernidade no Paraná (1886-1964). Curitiba: Ed. UFPR, 2007, p. 13-40.

LUCA, Tânia Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2005. p. 111-153.

MACHADO, Maria Cristina Gomes. Rui Barbosa: pensamento e ação. Campinas, SP: Ed. Autores Associados, 2002.

MARTINS, Ana Luisa; LUCA, Tânia Regina de (org.) História da imprensa no Brasil. São Paulo: Contexto 2008.

MONARCHA, Carlos. Escola normal da praça: o lado noturno das luzes. Campinas, SP: Ed. Da Unicamp, 1999.

MORENO, Jean Carlos. Intelectuais na década de 1920: César Prieto Martinez e Lysímaco Ferreira da Costa à frente da instrução pública no Paraná. In: VIEIRA, Carlos Eduardo (Org.). Intelectuais, educação e modernidade no Paraná (1886-1964). Curitiba: Ed. UFPR, 2007, p. 41-64.

NASCIMENTO, Teresinha A. Quaiotti Ribeiro. Pedagogia liberal modernizadora. Campinas, SP: Autores Associados, 1997.

SILVA, Helenice Rodrigues. História Intelectual: horizontes teóricos. In: LOPES, Marco Antonio (Org.). Grandes nomes da história intelectual. São Paulo: Contexto, 2003. p. 15-24.

SOUZA, Rosa Fátima de. Fotografias escolares: a leitura de imagens na história da escola primária. Educar, Curitiba, n. 18, p. 75-101. 2001. Editora da UFPR.

SOUZA, Rosa Fátima de. Templos de civilização: a implantação da escola primária graduada no Estado de São Paulo. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1998.

TANURI, Leonor Maria. História da Formação de Professores. Revista Brasileira de Educação, 2000, p. 61-80.

TRINDADE, Etelvina Maria de Castro. Clotildes ou Marias: mulheres de Curitiba na primeira república. Curitiba: Farol do Saber, 1996.

VIEIRA, Carlos Eduardo. Intelectuais, educação e modernidade no Paraná (1886-1964). Curitiba: Ed. UFPR, 2007.

VIEIRA, Carlos Eduardo. Jornal diário como fonte e como tema para a pesquisa em história da Educação: um estudo da relação entre imprensa, intelectuais e modernidade nos anos de 1920. In: OLIVEIRA, Marcus Taborba de. Cinco estudos em história e historiografia da Educação. 1a ed., Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2007b, v. 1, p. 11-40.

Downloads

Como Citar

SOUZA, E. F. de; CAMPOS, N. de. O debate educativo nacional no discurso dos intelectuais do Diário dos Campos (1907-1928). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 42, p. 113–132, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i42.8639869. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639869. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos