As modas e o celibato: educação e normalização social no Rio Grande do Norte na década de 1920

Autores

  • Antonio Basilio Novaes Thomaz de Menezes Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i48.8640016

Palavras-chave:

História. Educação. Higiene. Dispositivo. Normalização

Resumo

Este artigo trata da normalização social na década de 1920, a partir do recorte histórico da produção do discurso educacional no Rio Grande do Norte, tomando por referencia o quadro conceitual de Michel Foucault, especificamente os conceitos de discurso, normalização e dispositivo. Examina a concepção de “educação completa” do professor potiguar Nestor dos Santos Lima, fazendo uma análise de duas publicações: As Modas e a Educação, um artigo publicado na revista Pedagogium em 1921 e O Celibato Pedagógico, libreto da tese apresentada no I Congresso Nacional de Educação em1927. E por fim tal análise procura estabelecer um paralelo entre estas publicações, mostrando como o conteúdo das diferentes temáticas caracteriza um dispositivo de normalização social, a partir da presença dos pressupostos higienistas na concepção educacional do autor, especificamente no que diz respeito à formação e ao exercício profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Basilio Novaes Thomaz de Menezes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Referências

BARATA, Rita Barradas. Epidemiologia e saber científico. In: Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 1, n. 1, 1998, p. 14-27.

CANGUILHEM, Georges. Ideologia e Racionalidade nas Ciências da Vida. Lisboa: Edições 70, 1983.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. Molde Nacional e Forma Cívica: Higiene, Moral, Trabalho no Projeto da Associação Brasileira de Educação. Bragança Paulista: EDUSF, 1998.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. Molde Nacional e Forma Cívica: Higiene, Moral, Trabalho no Projeto da Associação Brasileira de Educação (1924-1931). 1986. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1986. (Apresentação, p.1-27).

CASCUDO, Luis da Câmara. História do Rio Grande do Norte. Rio de Janeiro: Departamento de Imprensa Nacional, 1955.

CASCUDO, Luis da Câmara. O Livro das Velhas Figuras, v.VIII, pesquisas e lembranças na História do Rio Grande do Norte.Natal: EDUFRN, 2002.

CLAPARÈDE, Edouard. Psychologie de l'Enfant et Pédagogie expérimentale. Genève: Libraire Kündig, 1911.

COMPAYRÉ, Gabriel Cours de Pédagogie. Théorique et Pratique. Paris: Paul Delaplane, 1906.

CASCUDO, Luis da Câmara. Psychologie Appliqué à Éducation. Deuxieme Portie. Application. Paris: Paul Delaplane, 1908.

DANTAS, Cristovam. A criança e a eugenia. In: Revista do Centro Polimático do Rio Grande do Norte. Natal, agosto, 1920, p.3-8.

DUFESTEL, L. Hygiène Scolaire. Paris: Octave Doin et Fils, 1909.

FERREIRA, Suzana da Costa. A I Conferencia Nacional de Educação. Contribuição para o estudo das origens da Escola Nova no Brasil. Brasília: INEP, 1993.

FOERSTER, F. L'École et le caractère. Le pédagogie de l'obéissance et la réforme de la discipline scolaire. Trad. Pierre Bovet. Saint-Blaise: Foyer Solidariste, 1910.

FOUCAULT, Michel. Les mots et les choses. Une archeologie des sciences humaines. Paris: Gallimard, 1966.

FOUCAULT, Michel. L’archéologie du savoir. Paris: Gallimard, 1969.

FOUCAULT, Michel. Surveillir et punir. Paris: Gallimard, 1975.

FOUCAULT, Michel. Histoire de la sexualité I. La volonté de savoir. Paris: Gallimard, 1976.

FOUCAULT, Michel. Dits et écrtis, 1954-1988. v. III, 1976-1979. Paris: Gallimard, 1984.

HERSCHMANN, Micael; KROFP, Simone P.; NUNES, Clarice. Missionários do Progresso. Médicos, Engenheiros e Educadores no Rio de Janeiro, 1870-1937. Rio de Janeiro: Diadorim, 1996.

LE BON, Gustave. Psychologie de l'Éducation. Paris: Ernest Flamnarion, 1909.

LASSABLIÈRE, P. Hygiène Infantile. Paris: Jauve et Cie, 1911.

LIMA, Nestor dos Santos. Instrução Moral e Cívica e Economia Doméstica. Métodos e Processos. A República. Coluna Pedagogia, Natal, 23 ago. 1911, p.1-2.

LIMA, Nestor dos Santos. Melhoramentos Técnicos do Ensino Primário e Normal. Natal: Typgraphia do Instituto, 1913a.

LIMA, Nestor dos Santos. O Culto da Pátria e a Missão dos Mestres. Natal: Empreza typographica Natalense, 1913b.

LIMA, Nestor dos Santos. As Modas e a Educação. Pedagogium, Natal, v. 1, n. 2, nov.1921a, p. 15-20.

LIMA, Nestor dos Santos. Síntese do Nosso Movimento Pedagógico. Natal: Empreza typographica Natalense, 1921b.

LIMA, Nestor dos Santos. Métodos Gerais de Ensino, seu valor, regras, requisitos e divisões. A Educação, Órgão do Grêmio Normalista. Natal, v. 4, n. 1, maio 1921c, p. 2-4.

LIMA, Nestor dos Santos. Da Organização do Ensino Normal, Profissional e Primário no Sul do Brasil e no Rio da Prata. Natal: Typographia d’ “A República”, 1923.

LIMA, Nestor dos Santos. O Celibato Pedagógico Feminino. Natal: Typographia Commercial - J. Pinto & L, 1927.

MENEZES, Antonio B. N. T. de. Nestor dos Santos Lima e a Modernidade Educacional: uma história do discurso (1911-1928). 2003. Tese (Doutoramento em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. UFRN, Natal, 2003.

MONARCHA, Carlos. A reinvenção da cidade e da multidão. Dimensões da modernidade brasileira: a Escola Nova. São Paulo: Cortez/Autores Associados,1989.

MONTESSORI, Maria. Manual Prático del Método Montessori. Barcelona: Araluce, 1915.

NAGLE, Jorge. Educação e Sociedade na Primeira República. São Paulo: EPU; Rio de Janeiro: Fundação Nacional do Material Escolar, 1976.

PAULHAN, Fr. Les Caractères. Paris: Felix Alcan, 1909.

PEIXOTO, Julio Afrânio. Elementos de Medicina Legal. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1914.

PETROVICH, Enélio Lima. Nestor dos Santos Lima – aspectos de sua vida e obra. Revista do Instituto Histórico-Geográfico do Rio Grande do Norte, Natal, v. 79-80, 1987 e 1988.

PIZZOLI, Uggo. Pedagogia Scientifica. Mileno: Francesco Vallardi, 1910.

QUAGLIO, Clemente. Compêndio de Pedologia. Guia do professor para execução da folha biográfica nas escolas primárias. São Paulo: Typ. Siqueira, 1911.

RIO GRANDE DO NORTE. Relatório do Diretor da Escola Normal, apresentado ao Dr. Manoel Dantas, Diretor-Geral da Instrução Pública. Natal, set. 1912.

RIO GRANDE DO NORTE. Governo do Rio Grande do Norte. Leis e Decretos (1908-1913). Natal: Typografia A República, 1913.

RIO GRANDE DO NORTE. Relatório do Diretor da Escola Normal, apresentado ao Dr. Manoel Dantas, Diretor-Geral da Instrução Pública. Natal, set. 1914.

RIO GRANDE DO NORTE. A Reforma do Ensino. Texto e comentário da Lei 405 de 29 de Novembro de 1916. Natal: Typographia A República, 1917.

RIO GRANDE DO NORTE. Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Leis e Decretos (1920-1930). Natal: Typographia A República, 1930.

Downloads

Como Citar

MENEZES, A. B. N. T. de. As modas e o celibato: educação e normalização social no Rio Grande do Norte na década de 1920. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 48, p. 184–198, 2013. DOI: 10.20396/rho.v12i48.8640016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640016. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos