Educação e emancipação humana: uma fundamentação filosófica.

  • Tiago Felipe Ambrosini Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)
Palavras-chave: Educação. Emancipação humana. Humanização

Resumo

O presente estudo aborda o conceito de emancipação humana e sua relação com aeducação. Objetiva-se com tal temática esclarecer o sentido da educação emancipatória apartir da abordagem do conceito de emancipação humana nos filósofos: Immanuel Kant,Karl Marx, Theodor Adorno e Paulo Freire. Esta análise demonstrou que a partir de Kantse estabelece a ideia de esclarecimento ou emancipação enquanto superação da menoridadeatravés do uso público da razão. Em Marx a categoria emancipação passa a ter um sentidopolítico-social, na perspectiva de transformação das estruturas da sociedade através daorganização social do proletariado. Já Adorno aborda a emancipação e sua importânciapara a educação numa concepção crítica da sociedade industrial. Por fim, Freire traz para arealidade latino-americana o significado de emancipação como humanização do oprimido esuperação dos seus condicionamentos históricos. Essa reconstrução filosófica conduz a umsentido coletivo e político da emancipação humana, reafirmando uma concepção deeducação capaz de construir no ser humano a sua humanidade plena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Felipe Ambrosini, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)

Especialista em Educação Profissional Integrada a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA, pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Licenciado em Filosofia pelo Centro Universitário Franciscano (UNIFRA) de Santa Maria/RS. Técnico em Assuntos Educacionais do IFRS - Campus Bento Gonçalves/RS.

Referências

ADORNO, T.W. Educação e Emancipação. In: ADORNO, T.W. Educação e Emancipação. Tradução de Wolfgang Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Fragmentos Filosóficos (1947) (Dialektik der Aufklärung – Philosophische Fragmente). Disponível em: http://kntz.com.br/wp-content/uploads/2009/07/Livro-Dial%C3%A9tica-do-

Esclarecimento-Excursos-I-e-II-Adorno-e-Horkheimer.pdf Acesso em: 25/05/2011.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 41a reimpressão. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

KANT, Immanuel. Resposta à Pergunta: que é o Iluminismo? In: KANT, Immanuel. A paz perpétua e outros opúsculos. (Trad.) Artur Mourão. Lisboa: Edições 70, 2009.

KANT, Immanuel. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. (Trad) Paulo Quintela. Lisboa: Edições 70 LTDA, 2007.

MARX, Karl. A Questão Judaica. In: MARX, Karl. Manuscritos Econômico-Filosóficos. Tradução: Alex Marins. São Paulo: Martin Claret, 2006.

MENEZES, Edmilson. Kant e a Idéia de Educação das Luzes. In: Educação e Filosofia, vol. 14, no 27, 2000. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/viewArticle/737 Acesso em: 27/05/11.

OLIVEIRA, Avelino; OLIVEIRA, Juliana Damasceno. Educação na Crise da Racionalidade: Reflexões a partir de Horkheimer e Freire. In: Revista Eletrônica “Fórum Paulo Freire” Ano 1, no 1, Julho/2005. Disponível em: http://www.ufpel.edu.br/fae/paulofreire/novo/br/pdf/34.pdf Acesso em: 27/05/11.

WOLKMER, Antônio Carlos. Marx, a Questão Judaica e os Direitos Humanos. Revista Seqüência, n.o 48, p. 11-28, jul. de 2004. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/sequencia/article/view/15230 Acesso em: 27/05/2011.

ZATTI, Vicente. Autonomia e Educação em Immanuel Kant e Paulo Freire. Porto Alegre: Edipucrs, 2007.

Como Citar
Ambrosini, T. F. (1). Educação e emancipação humana: uma fundamentação filosófica. Revista HISTEDBR On-Line, 12(47), 378-391. https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640058
Seção
Artigos