A escola pública de instrução primária brasileira. Província da Parahyba do Norte: 1822-1849

  • Cláudia Engler Cury Universidade Federal da Paraíba- UFPB
  • Mauricéia Ananias Universidade Federal da Paraíba- UFPB
Palavras-chave: Província. Paraíba. Escola pública. Instrução primária

Resumo

A narrativa de pesquisa sobre a história da escola pública de instrução primária tem a intenção de apresentar uma abordagem sobre o processo de escolarização ocorrido na Província da Parahyba do Norte entre os anos de 1822 a 1849. Para tanto, terá como mediação a análise acerca das propostas de instrução referenciadas como aulas, cadeiras, escolas de primeiras letras e/ou elementares decretadas pela legislação provincial e, oficialmente, oferecidas para uma parte da população livre. Para tal construção, a análise considerou que as relações de poder estabelecidas entre as ações do governo central, provincial e local foram fundamentais para compreender o processo de escolarização da Província paraibana. Os anos de 1835 a 1849 foram compreendidos como significativos para a organização e normatização da instrução pública primária, em especial com a promulgação das leis e dos dois regulamentos de 15 e 20 de janeiro de 1849. A perspectiva analítica utilizada optou pela compreensão geral de que as tentativas de criação e manutenção de um modelo organizado de instrução acompanharam os percalços da construção do Estado Nacional e das várias tentativas de constituição de uma identidade pátria para a Nação brasileira. Afirmamos, também, a iniciativa do governo provincial em instituir escolas de primeiras letras como parte da defesa de um projeto civilizatório para a redenção dos povos ignorantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Engler Cury, Universidade Federal da Paraíba- UFPB

Professora dos programas de pós-graduação em História e Educação da Universidade Federal da Paraíba- UFPB e líder do Grupo de Pesquisa em História da Educação do Nordeste Oitocentista (GHENO)/CNPq. Endereço eletrônico: claudiacury@terra.com.br

Mauricéia Ananias, Universidade Federal da Paraíba- UFPB

professora da graduação e do programa de pós- graduação da Universidade Federal da Paraíba- UFPB, vice-líder dos Grupos de Pesquisa em História da Educação do Nordeste Oitocentista (GHENO)/CNPq e História da Educação da Paraíba- HISTEDBR/PB / CNPq. Endereço eletrônico: mauricéia.ananias@gmail.com

Referências

BRASIL. Lei de 1o de outubro de 1828. In: Constituições do Brasil de: 1824, 1891, 1934, 1937, 1946 e 1967 e suas alterações. Índice ALENCAR, A. V. N. de; RANGEL, L.C.B. Brasília: Senado Federal, subcretaria de Edições Técnicas, 1986, p.37-46.

BRASIL. Lei no 16, de 12 de agosto de 1834. In: Constituições do Brasil de: 1824, 1891, 1934, 1937, 1946 e 1967 e suas alterações. Índice ALENCAR, A. V. N. de; RANGEL, L.C.B. Brasília: Senado Federal, subcretaria de Edições Técnicas, 1986, p. 49-53.

CURY, C.E. Métodos de ensino e formas de controle sobre o cotidiano escolar na instrução pública da Parahyba do Norte. In: SCOCUGLIA,A.C.; MACHADO, C.J. dos S. (Orgs.). Pesquisa e historiografia da educação brasileira. Campinas, SP: Autores Associados, 2006, p. 41-61.

DOLHNIKOFF, M. O pacto imperial. Origens do federalismo no Brasil do século XIX. São Paulo: Globo, 2005.

MELLO, J.B. de. Evolução do Ensino na Paraíba. João Pessoa- PB: Imprensa Oficial, 1956.

MIRANDA, I.V. Saber e Medo: métodos disciplinares e punitivos na Província da Parahyba do Norte (1822-1864). Monografia de Graduação em História, orientada por Cláudia Engler Cury. João Pessoa: DH/CCHLA/UFPB, 2009.

PARAÍBA. PROVÍNCIA. Discurso com que o prezidente da província da Paraíba do Norte, fez a abertura da sessão ordinária da Assembléa Provincial no mez de janeiro de 1837. Cidade da Paraíba, Typ. Paraibana, 1837. Disponível em: http://www.crl.edu/brazil. Acesso em: 22 de fevereiro de 2012.

PARAÍBA. PROVÍNCIA. Relatório apresentado a Assembléa Legislativa Provincial da Parahyba do Norte pelo excellentissimo presidente da Provincia, o bacharel João Antonio de Vasconcellos, em o 1o de Agosto de 1849. Parahyba, Typ. de José Rodrigues da Costa, 1849. Disponível em: http://www.crl.edu/brazil. Acesso em: 24 de fevereiro de 2012.

PARAÍBA. PROVÍNCIA. Documentos Diversos sobre a instrução. João Pessoa: Arquivo público do estado da Paraíba, 2013.

PARAÍBA. PROVÍNCIA. LEIS E REGULAMENTOS DA INSTRUÇÃO DA

PARAHYBA DO NORTE NO PERÍODO IMPERIAL. PINHEIRO, A. C.F.; CURY, C. E. (Orgs.). Coleção Documentos da educação brasileira [recurso eletrônico] – Dados eletrônicos- Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2004.

PINHEIRO, A. C. F. Da era das cadeiras isoladas à era dos grupos escolares na Paraíba. Campinas, SP: Autores Associados; São Paulo: Universidade São Francisco, 2002.

PINHEIRO, A. C. F. A discussão sobre a obrigatoriedade do ensino no século XIX e a contribuição de Manuel Tavares Cavalcanti nos anos de 1910 a1921. In: VIDAL, D. G.; SÁ, E. F. de;

SILVA, V. L.G. da. Obrigatoriedade Escolar no Brasil. Cuiabá: Editora da Universidade Federal do Mato Grosso, 2013, p.171-188.

SAVIANI, D. História da escola pública no Brasil: questões para a pesquisa. In: LOMBARDI, J.C.; SAVIANI, D.; NASCIMENTOS, M.I. M. A escola pública no Brasil. História e historiografia. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR, 2005, p. 1- 29.

SOUZA, R. F. de. A organização pedagógica da escola primária no Brasil: do modo individual, mútuo, simultâneo, misto à escola graduada (1827-1893). In: Práticas escolares e processos educativos: currículo, disciplinas e instituições escolares (séculos XIX e XX).

GONÇALVES NETO, W.; MIGUEL, M. E.B.; FERREIRA NETO, A. (Orgs.), Vitória, ES: EDUFES, 2011, p. 337- 367.

TEIXEIRA, Mariana Marques, Um olhar sobre a configuração da profissão docente na Parahyba Oitocentista (1822-1864). Monografia de Graduação em História, orientada por Cláudia Engler Cury. João Pessoa: DH/CCHLA/UFPB, 2009.

Como Citar
Cury, C. E., & Ananias, M. (1). A escola pública de instrução primária brasileira. Província da Parahyba do Norte: 1822-1849. Revista HISTEDBR On-Line, 13(54), 115-127. https://doi.org/10.20396/rho.v13i54.8640172
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)