Grupos escolares e escolas rurais na Paraíba estadonovista (1937-1945)

  • Antonio Carlos Ferreira Pinheiro Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Evelyanne Nathaly Cavalcanti de Araújo Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Luiz Mário Dantas Burity Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Palavras-chave: Grupo escolar. Escola rural. Estado Novo

Resumo

O presente trabalho é resultante do desenvolvimento do projeto de pesquisa intitulado: “Escolarização para a moral, o civismo e o nacionalismo: os grupos escolares e as escolas rurais, espaços para a difusão dos ideais estadonovistas na Paraíba (1937-1945)”. Tem como principal fonte as notícias sobre educação publicadas no Jornal A União. Analisamos o material coletado tomando como referência alguns pressupostos teóricos propugnados por Antonio Gramsci (1995; 2013) e por Eric Hobsbawm (1998). Tem como objetivo compreender as principais ações político-institucionais destinadas à organização do ensino primário na Paraíba. Articuladamente travamos uma discussão acerca das novas relações de poder estabelecidas durante o Estado Novo, a partir das interventorias de Argemiro de Figueiredo e de Ruy Carneiro, considerando a educação formal como parte significativa da organização do Estado e da vida daqueles que frequentaram a escola na cidade e no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos Ferreira Pinheiro, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Doutor em História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), professor do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Evelyanne Nathaly Cavalcanti de Araújo Silva, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Graduada em História e em Pedagogia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da mesma Universidade.

Luiz Mário Dantas Burity, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Graduando em História e bolsista do Programa de Iniciação Científica/CNPq da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Referências

BURITY, Luiz Mário Dantas. As formações humanísticas e profissionais no Estado Novo: a experiência paraibana no Governo de Ruy Carneiro. In: XV Encontro Estadual de História – Paraíba – História e Sociedade: Saberes em diálogo. Cajazeiras, PB: Universitária - UFPB, 2012, paginação irregular.

CITTADINO, Monique; SILVA, Ana Beatriz Ribeiro Barros. Estado Novo na Paraíba: Aspectos iniciais da Interventoria de Ruy Carneiro. In: CITTADINO, Monique e

GONÇAVES, Regina Célia. (Org.). Historiografia em diversidade: ensaios de história e ensino de história. Campina Grande, PB: Universitária - UFCG, 2008. p. 121‐141.

COSTA, Sizenando. A Escola Rural. Rio de Janeiro, DF: Serviço Gráfico do IBGE, 1941.

GOMES, Angela de Castro. A invenção do trabalhismo. 3a ed. Rio de Janeiro, RJ: FGV, 2005.

GOMES, Mário. Descentralização do Professorado. In: Jornal A União, João Pessoa, 13 de maio de 194, paginação irregular.

GOMES, Mário. Rendimento Escolar. In: Jornal A União, João Pessoa, 17 de maio de 194, paginação irregular.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. 9a ed. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro, RJ: Civilização Brasileira, 1995.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere: Introdução ao estudo da filosofia; a filosofia de Benedetto Croce. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Vol. 1, Rio de Janeiro, RJ: Civilização Brasileira, 2013.

GURJÃO, Eliete de Queiróz. Morte e vida das oligarquias - Paraíba (1889-1945). João Pessoa, PB: Universitária- UFPB, 1994.

HOBSBAWM, Eric. Sobre História. Tradução de Cid Knipel Moreira. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 1998.

HORTA, José Silvério Baia. O hino, o sermão e a ordem do dia: regime autoritário e a educação no Brasil. Rio de Janeiro, RJ: Ed. UFRJ, 1994.

KYOTOKU, Virgínia Regis de Barros Correia. A imigração japonesa no Brasil: rastros na Paraíba (1938-1985). João Pessoa, PB: Fundação Francisco Mascarenhas - Faculdades Integradas de Patos (Especialização), 2009.

LEITE, Sérgio Celani. Escola Rural: urbanização e políticas educacionais. São Paulo, SP: Cortez, 1999.

MELLO, José Baptista. Evolução do ensino na Paraíba. 2a ed. João Pessoa, PB: Imprensa Oficial, 1956.

MELLO, José Octávio de Arruda. Os italianos na Paraíba – da capital ao interior. João Pessoa, PB: A União, 2006.

PARAÍBA, Governo da. Realizações do Governo Argemiro de Figueirêdo. João Pessoa, PB: Departamento de Estatística e Publicidade, 1938.

PARAÍBA, Governo da. A Administração paraibana em 1941. João Pessoa, PB: Imprensa Oficial, 1942.

PARAÍBA, Governo da. Serviços e Realizações em 1943. João Pessoa, PB: Imprensa Oficial, 1944.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 20 de Janeiro de 1937.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 30 de Janeiro de 1937.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 02 de Abril de 1937.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 13 de Maio de 1938.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 7 de Outubro de 1938.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 25 de Janeiro de 1939.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 27 de Janeiro de 1939.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 24 de Janeiro de 1940.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 06 de Novembro de 1940.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União, João Pessoa, 6 de julho de 1941.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União, João Pessoa, 11 de julho de 1941.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União, João Pessoa, 19 de setembro de 1941.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 03 de Março de 1942.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 12 de Março de 1942.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 25 de Março de 1942.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 20 de Fevereiro de 1943.

PARAÍBA, Estado da. Jornal A União. João Pessoa, 3 de Outubro de 1943.

PARANHOS, Adalberto. O roubo da fala. 2a ed. São Paulo, SP: Boitempo, 2007.

PEREIRA, Priscilla Leandro. Experiências educacionais na Paraíba para o meio rural (1930-1937). Monografia (Graduação em Educação). Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa: UFPB, 2010.

PINHEIRO, Antonio Carlos Ferreira. Da era das escolas isoladas à era dos grupos escolares na Paraíba. Campinas, SP: Autores Associados e Universidade de São Francisco, 2002.

PINHEIRO, Antonio Carlos Ferreira. A era das escolas rurais primárias na Paraíba (1935 a 1960). In: SCOCUGLIA, Antonio Celso; MACHADO, Charliton José. (Orgs.). Pesquisa e historiografia da educação brasileira. Campinas, SP: Autores Associados, 2006, p.133-159.

PONZI, Alfio. Presença italiana na Paraíba. Rio de Janeiro, RJ: Achiamé, 1988.

ROCHA, Marlos Bessa Mendes da. Educação conformada: a política de educação no Brasil 1930-1945. Juiz de Fora, MG: Ed. UFJF, 2000.

SANTANA, Martha Maria Falcão de Carvalho e Moraes. Poder e Intervenção Estatal – Paraíba: 1930-1940. João Pessoa, PB: Universitária UFPB, 2000.

SAVIANI, Demerval. Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura; SANDANO, Wilson; LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Demerval. (Orgs.). Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas, SP: Autores Associados, 2007. p. 3 - 27.

SCHWARTZMAN, Simon. Estado Novo, um Auto-retrato. Brasília, DF: CPDOC/FGC e Universidade de Brasília, 1983.

SILVA, Jean Patrício da. Poder local e história política: a interventoria Ruy Carneiro no Estado da Paraíba (1940-1945). Monografia (Licenciatura em História). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2009.

THOMPSON, Edward Palmer. A formação da classe operária inglesa. Tradução de Denise Bottman. Vol. 6a ed. São Paulo, SP: Paz e Terra, 2011.

Como Citar
Pinheiro, A. C. F., Silva, E. N. C. de A., & Burity, L. M. D. (1). Grupos escolares e escolas rurais na Paraíba estadonovista (1937-1945). Revista HISTEDBR On-Line, 13(54), 172-188. https://doi.org/10.20396/rho.v13i54.8640176
Seção
Artigos