Educação do campo e pedagogia da alternância no Brasil e na Amazônia: bases históricas

Autores

  • Maria Sueli Corrêa dos Prazeres Universidade Federal do Pará (UFPA)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v13i52.8640247

Palavras-chave:

Educação do Campo. Pedagogia da Alternância. Bases Históricas. Amazônia

Resumo

O artigo tem como objetivo refletir sobre a Educação do Campo e a Pedagogia da Alternância no Brasil e na Amazônia. No primeiro momento retrata o contexto histórico da Educação do Campo, enfocando os desafios do Movimento Por Uma Educação do Canpo destacando a necessidade de políticas públicas para o contexto amazônico, apontando as demandas e as perspectivas da educação para o meio rural. No segundo momento contextualiza a Pedagogia da Alternância focalizando sua origem, questões conceituais, situando a mesma no Estado do Pará. O movimento por uma educação do campo constituído por movimentos sociais que se organizam a partir do campo e que têm apoio de educadores, intelectuais, universidades públicas e organizações não-governamentais. Este movimento, desde a década de 1990, vem constituindo uma discussão teórica sobre a educação do campo como estratégia contra hegemônica frente às políticas do Estado brasileiro direcionadas às populações do campo. Em nosso país o desenvolvimento da Pedagogia da Alternância ganha materialidade como estratégia de inúmeros movimentos sociais organizadas nos Centros Familiares de Formação em Alternância (CEFFAS). É importante enfatizar que a proposição tem sido utilizada como estratégia para garantir a participação de amplos segmentos da sociedade nas decisões e encaminhamentos, garantindo assim, a educação aos filhos dos sujeitos do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Sueli Corrêa dos Prazeres, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Pedagoga e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA) Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Docente da Universidade Federal do Pará/UFPA e membro do Grupo de Estudo em Educação do Campo da Região Tocantina (GEPECART). E-mail: suelicorrea@ufpa.br

Referências

ALMADA, Francisco de Assis Carvalho de. A experiência educ ativa de uma Casa Familiar Rural e suas contribuições para o desenvolvimento local. Belém: Dissertação de Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento Socioambiental, UFPA/NAEA, 2005.

ARROYO, Miguel Gonzalez. Educação para as novas relações de trabalho no campo. In: Seminário Educação no meio rural (Anais). Brasília: INEP, 1982a.

ARROYO, Miguel Gonzalez. A educação básica e o movimento social do campo. In: ARROYO, Miguel Gonzalez; FERNANDES, Bernardo Mançano (Orgs). A educação básica e o movimento social do campo. Coleção por uma educação básica do campo. no 2, Brasília, DF. Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 1999.

ASSOCIAÇÃO REGIONAL DAS CASAS FAMILIARES RURAIS DO NORTE E NORDESTE (ARCAFAR). Programa de Educação Rural para o Estado do Pará. Altamira: [S. l.], 2000b.

BRASIL/MEC. Dias Letivos para a aplicação da Alternância nos Centros Familiares de Formação por Alternância. Parecer no 01/2006, 2006, Brasília.

BRASIL/MEC. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei no 9394/96. 1996, Brasília.

BRASIL/MEC. Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas escolas do campo. Resolução no 01/2002, 2002, Brasília.

BRASIL/MEC. GRUPO PERMANENTE DE TRABALHO DE EDUCAÇÃO DO CAMPO. Referências para uma Política Nacional de Educação do Campo (Caderno de Subsídios). Brasília – DF, 2005.

CALDART, Roseli Salete. A Escola do Campo em Movimento. In: BENJAMIN, Cesar;

CALDART, Roseli Salete. (Orgs). Por uma Educação Básica do Campo. Coleção por uma educação básica no campo. no 03, Brasília: DF. Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2000.

CALDART, Roseli Salete. Por uma Educação do campo: Traços de uma identidade. In: Kolling, Edgar Jorge et all (org). Educação do Campo: Identidade e Políticas Públicas. Coleção Por uma educação do campo. no 04, Brasília: DF. Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2002.

COLOSSI, Nelson; ESTEVAM, Dimas de Oliveira. Casas Familiares Rurais: Uma alternativa para a formação de jovens agricultores. Revista de Administração (periódico). Gráfica Editora, 2003.

CRISTO, Ana Cláudia Peixoto de; NETO, Francisco Costa Leite; COUTO, Jeovani de Jesus. Educação Rural Ribeirinha Marajoara: Desafios no contexto das escolas multisseriadas. In: HAGE, Salomão Mufarrej (Org). Educação do Campo na Amazônia: Retratos e realidades das Escolas Multisseriadas no Pará. Belém: Gráfica e Editora Gutemberg Ltda, 2005.

GIMONET, Jean Claude. Nascimento e Desenvolvimento de um movimento educativo: As Casas Familiares Rurais de Educação e de Reorientação. I Seminário Internacional da Pedagogia da Alternância. Salvador, 1999.

HAGE, Salomão Mufarrej. Classes Multisseriadas: desafios da educação rural no Estado do Pará/Região Amazônica. In: HAGE, Salomão Mufarrej (Org). Educação do Campo na Amazônia: Retratos e realidades das Escolas Multisseriadas no Pará. Belém: Gráfica e Editora Gutemberg Ltda, 2005b.

HAGE, Salomão Mufarrej. Educação na Amazônia: Identificando singularidades e suas implicações para a construção de propostas e políticas educativas e curriculares. In: HAGE, Salomão Mufarrej (Org). Educação do Campo na Amazônia: Retratos e realidades das Escolas Multisseriadas no Pará. Belém: Gráfica e Editora Gutemberg Ltda, 2005a.

II Seminário Estadual de Educação do Campo. Caderno de Textos. Contribuições para o debate. Belém: Fórum Paraense de Educação do Campo, 2005.

III Seminário Estadual de Educação do Campo. Caderno de Textos. Contribuições para o debate. Belém: Fórum Paraense de Educação do Campo, 2007.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISA ANÍZIO TEIXEIRA. Panorama de Educação no Campo. Brasília: INEP, Janeiro: Paz e Terra, 2007.

Manifesto do II Seminário Estadual de Educação do Campo, da Floresta e das Águas da Amazônia Paraense. In: III Seminário Estadual de Educação do Campo. Caderno de Textos: Contribuições para o debate. Belém, 2007.

NOSELLA, Paolo. As origens da Pedagogia da Alternância. Brasília: UNEFAB, 2007.

SILVA, Gillys Vieira da; LEÃO, Jacinto Pedro Pinto. Territórios quilombolas do Pará: Os saberes das ciências das comunidades negras. In: HAGE, Salomão Mufarrej (Org). Educação do Campo na Amazônia: Retratos e realidades das Escolas Multisseriadas no Pará. Belém: Gráfica e Editora Gutemberg Ltda, 2005.

SILVA, Lourdes Helena et al. A Educação no Meio Rural do Brasil: Revisão da Literatura. In: BOF, Maria Alvana (Org); SAMPAIO, Carlos Eduardo Moreno et all. A Educação no Brasil Rural. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006.

SILVA, Marizete Fonseca da. Pensar o trabalho é pensar a vida: As dimensões da formação na Pedagogia da Alternância da Escola Família Agrícola de Marabá-PA. Belém: Dissertação de Mestrado em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável. UFPA, 2003.

SOUZA, Orlando Nobre B. de. Contextualizando a Educação do Campo na Amazônia/Pará. In: II Seminário Estadual de Educação do Campo. Por uma Educação do Campo na Amazônia/ Pará. Caderno de textos. Belém, 2005.

SOUZA, Orlando Nobre B. de; OLIVEIRA, Ney Cristina M. de. Cultura, Educação e Participação Social: desafios educativos no contexto amazônico. In: ARAUJO, Ronaldo Marcos de Lima (Org). Pesquisa em Educação no Pará. Belém: EDUFPA, 2003.

I CONFERÊNCIA POR UMA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CAMPO. Texto Base. In: Kolling, Edgar Jorge et all (org). Por uma Educação do Campo: Identidade e Políticas Públicas. Coleção Por Uma Educação do Campo, no 02, Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 1999.

Downloads

Publicado

2013-11-19

Como Citar

PRAZERES, M. S. C. dos. Educação do campo e pedagogia da alternância no Brasil e na Amazônia: bases históricas. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 52, p. 357–371, 2013. DOI: 10.20396/rho.v13i52.8640247. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640247. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos