Contribuições sociológicas para a história da educação: a religião como fio condutor de um diálogo com Pierre Bourdieu e Max Weber

Autores

  • Evelyn de Almeida Orlando Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v13i52.8640249

Palavras-chave:

Max Weber. Pierre Bourdieu. Campo religioso. Educação católica

Resumo

Este artigo põe em relevo as contribuições da Sociologia para a pesquisa em História da Educação na perspectiva da Nova História Cultural, com ênfase nos estudos acerca da religião católica. As leituras de Pierre Bourdieu e Max Weber são os fios condutores que permitem estabelecer um diálogo teórico acerca do funcionamento do campo religioso tentando compreender nessa lógica a produção da coleção de catecismos Álvaro Negromonte pela Igreja Católica em consonância com os ideais de modernidade que circularam no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evelyn de Almeida Orlando, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe; Doutoranda em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Membro no Núcleo de Estudos e Pesquisas em História da Educação (NEPHE) do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Bolsista Nota 10 FAPERJ.

Referências

A BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Sociedade Bíblica Católica Internacional e Paulus, 1980.

BOURDIEU, Pierre. A Economia das Trocas Simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2005.

BOURDIEU, Pierre. Razões Práticas sobre a Teoria da Ação. Campinas: Papirus, 1997.

BURKE, Peter. O que é história cultural? Trad. Sérgio Góes de Paula. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

CHARTIER, Roger. O livro. In: LE GOFF, Jacques; NORA, Pierre. História: novos objetos. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976, p. 99-115.

ELIAS, Norbert. O Processo Civilizador: Uma História dos costumes. Trad. Ruy Jungman. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1990.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de; VIDAL, Diana Gonçalves. As Lentes da História: estudos de história e historiografia da educação no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2005.

JULIÀ, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. In: Revista Brasileira de História da Educação. n. 1. Campinas: Autores Associados/SBHE, Janeiro/Junho. 2001, p. 9-43.

JULIÀ, Dominique. História Religiosa. In: LE GOFF, Jacques; NORA, Pierre. História: novas abordagens. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976, p. 106-131.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1996.

LOPES, Eliane Marta Teixeira; GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. História da educação no Brasil. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio. Baú de Memórias, bastidores de história: o legado pioneiro de Armanda Álvaro Alberto. Bragança Paulista: EDUSF, 2002.

NUNES, Clarice; CARVALHO, Marta Maria Chagas de. Historiografia da educação e Fontes. In: Cadernos Anped, n.5. Caxambu: ANPED, setembro, 1993, p. 13-14.

ROCHE, Daniel e CHARLE, Cristophe. “Pierre Bourdieu e a História”. In: Le Monde. Paris, 05 de fevereiro de 2002.

TOLEDO, Maria Rita de Almeida. Coleção Atualidades Pedagógicas: do projeto político ao editorial (1931-1981). São Paulo: Pontifícia Universidade Católica, 2001 (tese de doutoramento).

WEBER, Max. Sociologia da religião: tipos de relações religiosas. In: WEBER, Max. Economia e Sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Vol.1 Brasília, DF: Editora da Universidade de Brasília, 1994.

WEBER, Max. Ensaios de Sociologia. Tradução Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2002.

Downloads

Publicado

2013-11-19

Como Citar

ORLANDO, E. de A. Contribuições sociológicas para a história da educação: a religião como fio condutor de um diálogo com Pierre Bourdieu e Max Weber. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 52, p. 387–401, 2013. DOI: 10.20396/rho.v13i52.8640249. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640249. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos