O trajetória da didática no Brasil e sua (des)articulação com a teoria histórico-cultural

Autores

  • Marta Sueli de Faria Sforni Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i61.8640516

Palavras-chave:

Didática. Teoria Histórico-Cultural. Ensino de conceitos

Resumo

Tendo em vista as relações entre ensino, aprendizagem e desenvolvimento humano, apontadas pela Teoria Histórico-Cultural, consideramos que a articulação entre essa teoria e a Didática permite a produção de conhecimentos que pode instrumentalizar o professor na atividade de ensino. Essa articulação, no entanto,  é ainda incipiente nas pesquisas no campo da Didática Geral. Com o objetivo de compreender as razões da falta de diálogo entre esses dois campos, buscamos reconstruir e analisar as discussões que marcaram a Didática no Brasil, da década de 1970 ao início deste século,  permeando esse histórico com a chegada da Teoria Histórico-Cultural em terras brasileiras. Por meio desta análise, identificamos que nas últimas décadas houve um recuo da Didática nas discussões sobre o ensino e a incorporação de  “novos temas” em sua pauta, influenciada pelas políticas educacionais neoliberais e pela pós-modernidade.  A diminuição do interesse investigativo na organização didática do ensino de conceitos científicos coloca a Didática numa perspectiva que se distancia do repertório teórico que a Psicologia Histórico-Cultural tem a oferecer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Sueli de Faria Sforni, Universidade Estadual de Maringá

Universidade Estadual de Maringá-UEM

Referências

ANDRÉ, Marli. Tendências da pesquisa e do conhecimento didático no início dos anos 2000. In: XIV ENDIPE, 2008, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre 2008, p. 487-499.

AMARAL, Ana Lúcia. As eternas encruzilhadas: de como selecionar caminhos para a formação do professor de ensino superior. In: ROMANOWSKI, Joana Paulin; MARTINS, Pura Lúcia Oliver; JUNQUEIRA, Sérgio R. A. Conhecimento local e conhecimento universal: pesquisa, Didática e ação docente. Curitiba: Champagnat, 2004, p. 139-150.

BALZAN, Newton Cesar. A pesquisa em Didática: realidades e propostas. In. CANDAU, Vera Maria (org.) A Didática em questão. 33. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012. p. 94-118.

BRANDÃO, Zaia. Abordagens alternativas para o ensino da Didática. In. CANDAU, Vera Maria (org.) A Didática em questão. 33 ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012. p. 55-65.

BOGOYAVLENSKY, D. N., MENCHINSKAYA, N. A psicologia da aprendizagem de 1900 a 1960. In: LURIA, A. R. et al. Psicologia e Pedagogia I: bases psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. Lisboa: Estampa, 1977, p. 145-226.

CANDAU, Vera M. A Didática Hoje: uma Agenda de Trabalho. In: Vera M. Candau (org.) Didática, Currículo e Saberes Escolares, Rio de Janeiro, DP& A, 2000, p. 149-160.

CANDAU, V. Ma. Memória(s), diálogos e buscas: aprendendo e ensinando Didática. In: CANDAU, V. Ma. (Org.). Didática. Questões contemporâneas. Rio de Janeiro: Forma & Ação, 2009.

CANDAU, Vera Maria. Da Didática fundamental ao fundamental da Didática. In: ANDRÉ, E. D. A. M.; OLIVEIRA, M. R. N. S. (org.) Alternativas no ensino de Didática. 12. Ed. Campinas, SP: Papirus, 2011.

CANDAU, Vera Maria (org.). Apresentação. In: CANDAU, V. M. (org.) A Didática em questão. 33. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012a. p. 09-10.

CANDAU, Vera Maria (org.). A Didática e a formação de educadores – da exaltação à negação: a busca da relevância. In: CANDAU, V. M. (org.) A Didática em questão. 33. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012b. p. 13-24.

CARVALHO, Elma Júlia. Políticas públicas e gestão da educação no Brasil. Maringá: Eduem, 2012.

CUNHA, Maria Isabel. A docência como ação complexa: o papel da Didática na formação de professores. In: ROMANOWSKI, J. P; MARTINS, P. L. O.; JUNQUEIRA, S. R. A. Conhecimento local e conhecimento universal: pesquisa, Didática e ação docente. Curitiba: Champagnat, 2004. p. 31-42.

DAVINI, Maria Cristina. Conflitos teóricos na evolução da Didática. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 98, p. 24-36, ago. 1996.

DELORS, J. (Org.). Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI.

FARIA, Lenilda Rego Albuquerque de. O diálogo entre a pedagogia e a Didática: da busca contra hegemônica das orientações educativas das décadas de 1980 e 1990 aos rebatimentos pós-modernos nas recentes produções acadêmicas. In: 31a Reunião Anual da ANPEd, 2008. Disponível em http://www.anped.org.br/reunioes/31ra/1trabalho/GT04-4045--Int.pdf

FREITAS, Maria Teresa de Assunção. O pensamento de Vygotsky e Bakhtin no Brasil. Campinas: Papirus, 1994.

GALUCH, Maria Terezinha Bellanda; PALANGANA, Isilda Campaner. Experiência, cultura e formação no contexto das relações de produção capitalistas. InterMeio, Campo Grande, MS, v.14, n.28, p.71-87, jul./dez. 2008.

GALUCH, Maria Terezinha Bellanda; SFORNI, Marta Sueli de Faria. Interfaces entre políticas educacionais, prática pedagógica e formação humana. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v.6, n.1, p. 55-66 , jan.-jun. 2011.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública: a Pedagogia Crítico-Social dos Conteúdos. São Paulo: Loyola, 2008a.

LIBÂNEO, José C. O campo teórico e profissional da Didática hoje: entre Ítaca e o canto das sereias. In: EGGERT, E. et al. Trajetórias e Processos de Ensinar e Aprender: Didática e formação de professores. ENDIPE: Porto Alegre: EDIPUCRS: 2008b, p. 234-252.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática: objeto de estudo, conceitos fundantes e derivações para o campo investigativo e profissional. In: XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, 2012, Campinas. Anais..., Campinas: Junqueira&Marin Editores, p. 34-48.

LUCKESI, Cipriano Carlos. O papel da Didática na formação do educador. In: CANDAU, V. L. A Didática em questão. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012, p. 25-34.

MARCONDES, Maria Inês; LEITE, Miriam Soares; LEITE, Vania Finholdt. A pesquisa contemporânea em Didática: contribuições para a prática pedagógica. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.27, n.03, p.305-334, dez. 2011

MARTINS, Pura Lúcia Oliver; ROMANOWSKI, Joana Paulin. A Didática na formação pedagógica de professores. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 205-212, set./dez. 2010.

MELLO, G. N. de. Magistério de 1° grau: da competência técnica ao compromisso político. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1982.

NOSELLA, Paulo. Compromisso político como horizonte da competência técnica. Educação e Sociedade, n° 14, São Paulo: Cortez, 1983, p. 91-7.

OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. A prática do ensino de Didática no Brasil: introduzindo a temática. In, ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales. Alternativas para o ensino de Didática. 12. ed. Campinas, SP: Papirus, 2011, p. 07-18.

OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales. Desafios na área da Didática. In, ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de; OLIVEIRA, Maria Rita Neto Sales. Alternativas para o ensino de Didática. 12. ed. Campinas, SP: Papirus, 2011, p. 129-143.

PIMENTA, Selma Garrido. Epistemologia da prática ressignificando a Didática. In: XIV ENDIPE, 2008, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, 2008, p. 602-625.

ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da educação no Brasil (1930/1973). 8. ed. São Paulo: Vozes, 1986.

SACRISTÁN, J. Gimeno; GÓMEZ, Pérez. Compreender e transformar o ensino. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SAVIANI, Demerval. História das ideias pedagógicas no Brasil. ed. Campinas: Autores Associados, 2010.

SFORNI, M. S. F. Escolarização, Didática e Inserção Social: algumas reflexões. In: Luís Henrique Sommer; Elisa Maria Quartiero (Org.). Pesquisa, educação e inserção social: olhares da região sul. 1 ed. Canoas: Editora ULBRA, 2008, v. 1, p. 381-390.

SFORNI, Marta Sueli de Faria. A produção científica brasileira sobre a organização do ensino fundamentada na Teoria Histórico-Cultural. In: XI Jornada do HISTEDBR, 2013, Cascavel. Anais...Cascavel, 2013, p. 01-16.

TANURI, Leonor Maria. História da formação de professores. Revista Brasileira de Educação, Campinas-SP, v. 14, p. 61-88, 2000.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. A prática pedagógica do professor de Didática. 13. ed. Campinas, SP: Papirus, 2011.

VIGOTSKII, L. S. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 7. ed. São Paulo: Ícone, 2001. p. 103-119.

Downloads

Como Citar

SFORNI, M. S. de F. O trajetória da didática no Brasil e sua (des)articulação com a teoria histórico-cultural. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 61, p. 87–109, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i61.8640516. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640516. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos