A democratização da educação e seu vínculo à consolidação do ideario liberal no país: alguns apontamentos

Autores

  • Celso Hotz Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  • Isaura Monica Souza Zanardini Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i61.8640532

Palavras-chave:

Democratização da Educação. Liberalismo. Ascensão social pela escolarização

Resumo

Neste artigo apresentamos reflexões sobre o processo de democratização da educação no Brasil, analisando seus vínculos para a consolidação do ideário liberal no país. Não obstante a reivindicação da educação por parte de setores progressistas da sociedade brasileira, via de regra a educação tem sido indicada (ou sua falta), como responsável pelas disfunções inerentes ao modo capitalista de produção da existência. Desta forma, a democratização da educação tem se constituído como estratégia ideológica requerida pelos liberais, para o atendimento de seus interesses de classe, na justificativa do acesso ao emprego pela competência e meritocracia, na defesa de um ensino dual e no controle da mão-de-obra, todos, como reforçadores da proposição societária capitalista e de sua concretização no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celso Hotz, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Educação; Política Educacional; História da Educação; Formação de Professores

 

Isaura Monica Souza Zanardini, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

Educação; Política Educacional; História da Educação; Formação de Professores

 

Referências

CUNHA, Luis Antonio. Educação e desenvolvimento no Brasil. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1978.

CUNHA, Luis Antonio. Educação, Estado e democracia no Brasil. São Paulo: Cortez; Niterói, RJ: FLACSO do Brasil, 1991.

CUNHA, Luiz Antônio e GOÉS, Moacyr de. O golpe na educação. 7. ed. Rio de Janeiro: J.Z.E., 1991.

FIGUEIREDO, Ireni Marilene Zago. A construção da “centralidade da educação básica” e a política educacional paranaense. Cascavel: Edunioeste, 2005.

FIORI, José Luís. O vôo da coruja. Para reler o desenvolvimentismo brasileiro. Rio de Janeiro: Record, 2003.

GADOTTI, Moacir. História das Ideias Pedagógicas - Série Educação , Ed. 8, Editora: Ática, 2003.

HAYEK, Friedrich August von. O caminho da servidão . Tradução e revisão Anna Maria Capovilla, José Ítalo Stelle e Liane de Morais Ribeiro. 5. ed. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1990. Disponível em http://ordemlivre.org/posts/o-caminho-da-servidao-f-a-hayek--14> Acesso em 17 dez 2014.

LENIN, Vladimir. O Estado e a Revolução In: Obras Escolhidas. Vol. 2. São Paulo: Alfa-Omega, 1980.

NAGLE, J. Educação e sociedade na primeira república. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

NETTO, José Paulo. Capitalismo monopolista e serviço social. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1996.

NETTO, José Paulo. O materialismo histórico como instrumento de análise das políticas sociais. In: NOGUEIRA, F.M.G; RIZZOTTO, M.L.F.(Orgs.). Estado e políticas sociais: Brasil – Paraná. Cascavel: Edunioeste, 2003.

NEVES, L. M. W. A sociedade civil como espaço estratégico de difusão da nova pedagogia da hegemonia. In: NEVES, L. M. W (org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

NOGUEIRA, Francis Mary Guimarães. As proposições para a educação escolar expressas nos planos de desenvolvimento do regime militar in: NOGUEIRA, F.M.G; RIZZOTTO, M.L.F.(Orgs.) Políticas sociais e desenvolvimento: América Latina e Brasil. São Paulo: Xamã, 2007.

SAES, Décio. Estado e democracia: ensaios teóricos. 2. ed. Campinas: Unicamp, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, 1994 (coleção Trajetória, 1).

SAES, Décio. A evolução do Estado no Brasil (uma interpretação marxista) In: SAES, D. República do capital: capitalismo e processo político no Brasil. São Paulo: Boitempo Editorial, 2001.

SAVIANI, Dermeval. História das Ideias Pedagógicas no Brasil. 2008. Campinas, SP: Autores Associados.

SAVIANI, Dermeval. Política e educação no Brasil: o papel do Congresso Nacional na legislação do ensino. Campinas, SP: Autores Associados, 2006.

TAVARES, Maria da Conceição; FIORI, José Luís. (Des)Ajuste global e modernização conservadora. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

TRAGTENBERG, Mauricio. A escola como organização complexa. In: Revista Espaço Acadêmico. Ano II, volume 12, maio de 2002. Maringá, PR.

XAVIER, Maria Elizabete Sampaio Prado. Educação e desenvolvimento: uma retrospectiva histórica da construção da crença no poder da educação na sociedade brasileira in: NOGUEIRA, F.M.G; RIZZOTTO, M.L.F.(Orgs.) Políticas sociais e desenvolvimento: América Latina e Brasil. São Paulo: Xamã, 2007.

XAVIER, Maria Elizabete Sampaio Prado. Capitalismo e escola no Brasil: a constituição do liberalismo em ideologia educacional e as reformas do ensino (1931 - 1961). Campinas/SP: Papirus, 1990.

Downloads

Publicado

2015-07-21

Como Citar

HOTZ, C.; ZANARDINI, I. M. S. A democratização da educação e seu vínculo à consolidação do ideario liberal no país: alguns apontamentos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 61, p. 355–366, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i61.8640532. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640532. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos