Memória, educação e trabalho no processo de reprodução da sociedade do capital

Autores

  • José Rubens Mascarenhas de Almeida Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB
  • Ana Elizabeth Santos Alves Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v16i67.8646117

Palavras-chave:

Trabalho e Educação. Memória e Ideologia. Produção/reprodução do capital

Resumo

Este artigo enfoca, como seu próprio título espelha, a relação simbiótica entre memória, educação e trabalho no processo de reprodução da sociedade contemporânea. Assim, para responder a questões que se põem na ordem do dia (como se relacionam trabalho e educação no sistema do capital? Como o saber construído adentra, de fato, o campo da educação formal? Como educação, memória e ideologia se intercalam nesse processo?), seus autores recorrem a um enfoque ontológico do trabalho, relacionando este à educação – esta entendida como instrumento reprodutivo da lógica do capital, mas não só –, entendendo tal relação como mediada pelos instrumentos da memória e da ideologia que permeiam as práticas sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Rubens Mascarenhas de Almeida, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Docente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia; doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), com pós-doutoramento em economia política pela Universidade Nacional autônoma do México (UNAM); coordenador do Grupo de Estudos de Ideologia e Lutas de Classes/Museu Pedagógico/UESB; e pesquisador do Núcleo de Estudos de Ideologia e Lutas Sociais (NEILS/PUCSP).

Ana Elizabeth Santos Alves, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Docente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia; doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia; coordenadora do Grupo de Estudos História, Trabalho e Educação/Museu Pedagógico/UESB.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos de Estado (notas para uma investigação). In: ZIZEK, Slavoj (org). Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

COURTINE, Jean-Jacques. Quelques problèmes théoriques et méthodologiques em analyse du discours: à propos du discours communiste adresse aux chrétiens. In Langages, n. 62, Paris: Larousse, 1981, p.9-127.

LOMBARDI, J.C. Educação e Ensino na obra de Marx e Engels. Campinas, SP: Alínea, 2011.

MANACORDA, Mario Alighiero. Marx e a pedagogia moderna. Tradução de Newton Ramos-de-Oliveira. Campinas, SP: Editora Alínea, 2007.

MARX, Karl. O Capital – Crítica da economia política. Livro Primeiro, Tomo 1. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

MARX, Karl. O Capital – Crítica da economia política. Livro Primeiro, Tomo 2. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

MARX, Karl. O Capital – Crítica da Economia Política. In: Coleção “Os economistas”, v. 1. 2 ed. Tradução de Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Nova Cultural, 1985.

MARX, Karl; ENGELS, F. A ideologia alemã. Tradução de R. Enderle, N. Schneider e L.C. Martorano. São Paulo: Boitempo, 2007.

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. 2a ed. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso – Uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Editora da UNICAMP, 1988.

PÊCHEUX, Michel. Os mecanismos do (des) conhecimento ideológico. In: ZIZEK, S. (Org.) Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro, Contraponto, 1996.

PONCE, Anibal. Educação e luta de classes. 22. ed. Tradução de José Severo de Camargo Pereira. São Paulo: Cortez, 2007.

RICCEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.

SADER, E. Prefácio. In: MÉSZÁROS, István. Para além do capital. Tradução de Paulo César Castanheira e Sérgio Lessa. São Paulo: Boitempo Editorial, 2005. p. 15-18.

SAVIANI, D. Sobre a Natureza e Especificidade da Educação. In: SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 8.ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação. V. 12, n.o 34. São Paulo: ANPED. V., Jan/ Abr. 2007.

SMITH, A. A divisão do trabalho. In: SMITH, A. A riqueza das nações. Coleção os Economistas. Tradução de Luiz João Baraúna. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

Downloads

Publicado

2016-07-05

Como Citar

ALMEIDA, J. R. M. de; ALVES, A. E. S. Memória, educação e trabalho no processo de reprodução da sociedade do capital. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 189–198, 2016. DOI: 10.20396/rho.v16i67.8646117. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8646117. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: X Jorn HISTEDBR-História da Educação: intelectuais, memória e política

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>