Banner Portal
A imprensa periódica na pesquisa em história da educação: um estado de conhecimento
PDF

Palavras-chave

Estado de conhecimento. História da educação. Imprensa. Revista Pedagógica.

Como Citar

ZANLORENZI, Claudia Maria Petchak. A imprensa periódica na pesquisa em história da educação: um estado de conhecimento. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 385–400, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i2.8652374. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652374. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

O trabalho que aqui se apresenta buscou averiguar as teses e dissertações, entre 1970 e 2011, que utilizam a imprensa, especificamente os periódicos educacionais, no período de consolidação dos ideais republicanos na sociedade brasileira. Primeiramente, realizou-se um levantamento preliminar de todas as pesquisas que têm a imprensa como fonte primária, seja jornal ou revista, para em seguida investigar quais utilizam revistas educacionais no recorte teórico proposto, início do século XX. Constatou-se pontos lacunares que possibilitaram o conhecimento sobre o posicionamento teórico nas teses e dissertações que se utilizam da imprensa como objeto de pesquisa para análise da educação, dando indícios da necessidade de trabalhos que utilizem os periódicos educacionais.

 

 

https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8652374
PDF

Referências

CATANI, D. B.; BASTOS, M. H. C. (Org.). Educação em revista: a imprensa pedagógica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 2002.

CATANI, D. B. Educadores à meia – luz: um estudo sobre a Revista Ensino da Associação Beneficente do professorado público de São Paulo (1902-1918). Bragança Paulista: Ed. da EDUSF, 2003.

CATANI, D. B. A imprensa periódica educacional: revistas de ensino e o estudo do campo educacional. Revista Educação e Filosofia, v. 10, n. 20, p. 115-130, jul./dez. 1996.

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Revista Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, ago. 2002.

FERNANDES, A. L. C. A santa causa da instrução e o progredimento da humanidade: Revistas Pedagógicas e construção do conhecimento pedagógico no Brasil e em Portugal no final do século XIX. 2004. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

MARACH, C. B. Inquietações modernas: discurso educacional e civilizacional no periódico A Escola (1906-1910). 2007. 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

MARTINS, A. L. Revistas em revista: imprensa e práticas culturais em tempos de república, São Paulo (1890-1922). São Paulo: Ed. da EDUSP; Ed. da FAPESP; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2001.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã I. Lisboa: Presença, 1979.

MARX, K. Liberdade de imprensa. Porto Alegre: L&P, 2006.

NAGLE, J. Educação e sociedade na Primeira República. In: FAUSTO, B. (Org.). História da civilização brasileira: o Brasil Republicano – Sociedade e Instituições (1889-1930). 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004. v. 2, p. 261-291. t III.

NASCIMENTO, M. I. M. Formação de professores: perspectiva para a pesquisa em educação. In: SCHELBAUER, A. R.; LOMBARDI, J. C.; GOMES, M. C.; NASCIMENTO, M. I. M. (Org.). Educação em debate: perspectiva, abordagens e historiografia. Campinas, SP: Autores Associados, 2006.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.