O papel dos articuladores na configuração da revista “A Escola” (1906-1910)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v20i0.8659799

Palavras-chave:

Revista Escola, Imprensa educacional, Editor-chefe

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar o papel dos articuladores que publicavam na revista “A Escola”. Esse periódico (1906-1910), fonte primária dessa investigação, será analisado na perspectiva da totalidade da história, pois é parte de um projeto maior denominado de Imprensa e Educação. A utilização do vocábulo “articuladores” deve-se ao fato de que não se pretende entrar na história dos intelectuais sobre os quais há diversos estudos.  A revista em foco é um periódico de cunho educacional que apresenta dois arranjos ideológicos: educação e imprensa. É por meio desses arranjos que se pretende concretizar o objetivo do artigo em tela, que é apresentar como se processa a construção da cidadania[i] no contexto do Paraná, por meio dos principais articuladores da revista educacional “A Escola”, na formação do professor. Os exemplares da Revista “A Escola” se encontram, atualmente, na Biblioteca Pública do Paraná (Divisão Estadual) e na Hemeroteca Digital do Rio de Janeiro (disponível em: bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital). A fonte primária é a revista “A Escola”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Isabel Moura Nascimento, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Claudia Maria Petchak Zanlorenzi, Universidade Estadual do Paraná

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Sandra do Rocio Ferreira Leal, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Referências

A ESCOLA: revista do grêmio dos professores públicos do estado. 1906. Curitiba: Acervo Biblioteca Pública do Paraná: divisão estadual.

A ESCOLA: revista do grêmio dos professores públicos do estado. 1909. Curitiba: Acervo Biblioteca Pública do Paraná: divisão estadual.

A ESCOLA: revista do grêmio dos professores públicos do estado. 1910. Curitiba: Acervo Biblioteca Pública do Paraná: divisão estadual.

BASTOS, M. H. C. As revistas pedagógicas e a atualização do professor: a revista do ensino do Rio Grande do Sul 1951-1952. In: CATANI, D.; BASTOS, M. H. C. (Org.). Educação em revista A imprensa periódica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 2002.

BOBBIO, N. Dicionário de política. 11. ed. Brasília: Ed. da UnB, 1998.

BOMENY, H. Quando os números confirmam impressões: desafios na educação brasileira. Rio de Janeiro: CPDOC, 2003.

BRASIL. Directoria Geral de Estatística. Estatística da instrucção – estatística escolar. Rio de Janeiro: Typographia da Estatística, 1916.

CAMBI, F. História da pedagogia. São Paulo: Ed. da UNESP, 1999.

CARVALHO, C. H.; ARAÚJO, J. C. S.; NETO, W. G. Discutindo a história da educação: a imprensa enquanto objeto de análise histórica (Uberlândia-MG, 1930-1950). In: ARAÚJO, J. C. S.; GATTI JÚNIOR, D. (Org.). Novos temas em história da educação brasileira: instituições escolares e educação na imprensa. Campinas: Autores Associados; Uberlândia, MG: EDUFU, 2002. p. 66-89.

CARVALHO, J. M. de. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

CATANI, D. B.; BASTOS, M. H. C. (Org.). Educação em Revista: a Imprensa Periódica e a História da Educação. São Paulo: Escrituras: 2002.

CATANI, D. B. A imprensa periódica educacional: as revistas de ensino e o estudo do campo educacional. Educação e Filosofia, v. 10, n. 20, p. 115-130, jul./dez.1996.

CHAUÍ, M. O que é ideologia. 6. ed. São Paulo: Brasiliense, 2006.

CURY, C. R. J. Ideologia e educação brasileira: católicos e liberais. 4. ed. São Paulo: Cortez, 1989.

ENGELS, F. Origem da família, da propriedade privada e do Estado. São Paulo: Centauro, 2002.

GALVÃO, R. C. S. A Crise da Sociedade e a Função da escola pública no século XIX. Revista Eletrônica de Ciências Sociais, ano 2, v. 3, maio, 2008. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/csonline/article/view/17057. Acesso em: 12 mar. 2020.

GONÇALVES JUNIOR, E. B. A educação pelo livro: uma análise do compêndio de pedagogia de Dario Vellozo (1907). Revista Outros Tempos, v. 7, n. 10, dez. 2010. Disponível em: https://www.outrostempos.uema.br/OJS/index.php/outros_tempos_uema/article/view/105. Acesso em: 12 mar. 2020.

LEAL, S. R. F. Projeto liberal paranaense de civilização nas páginas da revista Clube Curitibano 1890-1898). Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2020.

LEHER, E.M.T. A Revista Brazileira (1879-1881) e os debates sobre ciência, língua, literatura e educação. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

LEONEL, Z. Contribuição à história da escola pública: elementos para a crítica de teoria liberal da educação. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1994.

LOCKE, J. Alguns pensamentos a respeito de leitura e estudo para um cavalheiro. Ensaios políticos. Organizado por Mark Goldie. Tradução Eunice Ostrensky. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

LOCKE, J. Pensamientos sobre la educación. Traducción: La lectura y Rafael Lasaleta. Madrid: Akal, 1986.

LOCKE, J. Segundo tratado sobre o governo: ensaio sobre a verdadeira origem, extensão e objetivo do governo civil. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

MANACORDA, M. A. Marx e a pedagogia moderna. Campinas: Alínea, 2007.

MARACH, C. B. Inquietações modernas: discurso educacional e civilizacional no periódico “A Escola” (1906-1910). Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, 2007.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas (1845-1846). Trad. Rubens Enderle, Nélio Schneider, Luciano Cavini Martorano. São Paulo: Boitempo, 2007.

MÉSZÁROS, I. Educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.

NASCIMENTO, M. I. M. A primeira escola de professores dos campos gerais – PR. 2004. Tese (Doutorado em História e Filosofia da Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

OVERNÉ, C. A. O uso do periódico como impresso pedagógico: uma análise da revista nacional (1921-1923). Escritas, v. 7, n. 1, p. 65-85, 2015. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/escritas/article/download/1633/8318/. Acesso em: 2 jan. 2019.

PERIOTTO, M. R. A imprensa brasileira nos oitocentos e a história da educação: Hipólito da Costa e o Correio Braziliense. Série-Estudos - Periódico do Programa de Pós-Graduação em Educação da UCDB, Campo Grande, MS, n. 36, p. 237-252, jul./dez. 2013. Disponível em: www.serie-estudos.ucdb.br/index.php/serie-estudos/article/download/709/589. Acesso em: 4 jan. 2019.

PERONI, V. Política educacional e papel do estado: no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã, 2003.

PONCE, A. Educação e luta de classes. Trad. José Severo de Camargo Pereira, 18. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

PORTO JÚNIOR, F. G. R. Educação na Primeira República (1889-1930). Aprender - Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação, n. 1, 2003. p. 23-32. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/aprender/article/view/3033. Acesso em: 14 mar. 2020.

ROUSSEAU, J. Do contrato social e ensaio sobre a origem das línguas. V. I. Tradução de Lourdes Santos Machado, Introduções e notas e Paul Arbousse-Bastide e Lourival Gomes Machado, São Paulo: Nova Cultural, 1999.

SAVIANI, D. Educação brasileira: estrutura e sistema. 10. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, D. Ética, educação e cidadania. PhiloS - Revista Brasileira de Filosofia de 1o. Grau, Florianópolis, SC, ano 8, n. 15, p. 19-37, 2001.

SAVIANI, D.; DUARTE, N. A formação humana na perspectiva histórico ontológica. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 15, n. 45, p. 422-433, set./dez. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v15n45/02. Acesso em: 25 fev. 2020

SILVA, A. L. da. M.; BRITO, S. H. A. de. Do ideal norte-americano de democratização da escola até a “escola para todos” de Anísio Teixeira. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS “HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL, 8, Campinas, 2009. Anais [...]. Campinas: HISTEDBR/FE UNICAMP, 2009. p. 1- 23. CD-ROM.

SILVA, D. R. Intelectuais, cultura e escola única no pensamento político-pedagógico de Antonio Gramsci. Dissertação. (Graduação) –Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. p. 100-150. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde. Acesso em: 22 fev. 2020.

SMITH, A. A riqueza das nações: investigação sobre sua natureza e sua causa. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

SOUZA, L. Relatório. A ESCOLA, Revista do Grêmio dos Professores Públicos do Estado. Curitiba: Acervo Biblioteca Pública do Paraná: divisão estadual, n. 4, p. 82, 1906.

VELLOZO, D. Compendio de Pedagogia. In: VELLOZO, D. OBRAS IV. Curitiba: Instituto Neo Pitagórico, 1975.

VIDAL, D. G.; FARIA FILHO, L. M. de. História da Educação no Brasil: a constituição histórica do campo (1880-1970). Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, n. 45, p. 37-70, 2003.

VIEIRA, C. E. Jornal diário como fonte e como tema para a pesquisa em história da educação: um estudo da relação entre imprensa, intelectuais e modernidade nos anos de 1920. In: TABORDA DE OLIVEIRA, M. A. (org.). Cinco estudos em história e historiografia da educação. São Paulo: Autentica, 2007.

XAVIER, E. S. P. Capitalismo e escola no Brasil. Campinas, SP: Papirus, 1990.

ZANLORENZI, C. M. P.. A expressão do liberalismo na revista a escola (1906-1910) no Paraná. Tese (Doutorado em Educação - História e Política Educacional) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2014.

ZANLORENZI, C. M. P.. A imprensa periódica na pesquisa em história da educação: um estado de conhecimento. Revista HISTEDBR On-line, v. 18, p. 385-400, 2018.

ZANLORENZI, C. M. P.; NASCIMENTO, M. I. M. Revista “A Escola”: a expressão do liberalismo. In: JORNADA DO HISTEDBR, 21., 2013, Cascavel, PR. Anais [...]. Cascavel, PR: Edunioeste, 2013.

Downloads

Publicado

2020-12-17

Como Citar

NASCIMENTO, M. I. M.; ZANLORENZI, C. M. P. .; LEAL, S. do R. F. . O papel dos articuladores na configuração da revista “A Escola” (1906-1910). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 20, p. e020056, 2020. DOI: 10.20396/rho.v20i0.8659799. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8659799. Acesso em: 7 dez. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>